Após má performance, Derrick Lewis faz críticas a si próprio: “Não mereço disputar o cinturão”

Após má performance, Derrick Lewis faz críticas a si próprio: “Não mereço disputar o cinturão”

Lutador que sempre faz boas lutas, com nocautes que levantam o público, dessa vez teve atuação muito abaixo do esperado
Apesar da vitória, Lewis não escondeu a decepção por conta da má performance (Foto: Reprodução)

No último sábado, 7, aconteceu o UFC 226: Miocic vs Cormier. No ‘co-main event’ da noite, dois pesos pesados estiveram frente a frente, Francis Ngannou x Derrick Lewis. Antes da luta o clima esquentou bastante – quase totalmente devido a Lewis. Na pesagem os dois fizeram encarada tensa e ‘The Black Beast’ chegou inclusive a empurrar o oponente camaronês.

Na hora da luta, no entanto, o clima entre os dois foi pra lá de morno, com os dois quase não se tocando e sendo muito criticados por suas posturas dentro do octógono. Na coletiva pós-evento, Lewis lamentou sua atuação e chegou a dizer inclusive que não merece disputar o cinturão da categoria no momento.

“Foi uma performance horrível, foi constrangedor, mas é o que é. Eu sei que disse muita coisa, mas realmente foi uma performance muito ruim. Eu tenho certeza que eu não mereço uma chance pelo título. Acho que isso me prejudicou mais do que me ajudou, mesmo tendo saído com a vitória. Acho que me fez voltar dois passos na divisão”, declarou Lewis.

Os dois lutadores foram enquadrados por Herb Dean devido a falta de combatividade (Foto: Reprodução)

O combate foi tão pouco movimentando que a torcida vaiou os dois lutadores quase que o tempo todo. O árbitro Herb Dean chegou inclusive a parar o combate para chamar a atenção dos dois atletas devido a falta de combatividade. Derrick disse que não queria dar desculpas pela má performance, mas muito disso se devia à dores em suas costas, algo que já não é nenhuma novidade para quem acompanha o atleta.

“Minhas costas estavam me matando. Tudo que eu queria era sentar e ficar naquele banco. Eu tenho que cuidar das minhas costas antes de qualquer coisa. O médico já falou comigo, tenho que cuida mais das minhas costas e vou tentar ajeitar isso. Sou muito vulnerável quando estou sem minha mão direita boa. Eu tentei fazer meu jogo, mas foi muito difícil. Eu não mereço falar nada depois de uma atuação como essa. Eu tenho que lutar novamente logo. Eu acredito que tudo foi minha culpa, porque não puxei a luta e ele é muito perigoso”, concluiu o lutador.

Lewis tem atualmente 8 vitórias nas últimas 9 lutas. A única derrota nesse meio tempo para Mark Hunt, por nocaute, quando chegou inclusive a anunciar aposentadoria após o confronto. No entanto, após 8 meses, saiu da aposentadoria e já soma duas vitórias consecutivas.

Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Pai do Marco Antônio, Praticante de muay thai e MMA, Graduando em radialismo, Editor chefe do Nocaute na Rede, Redator nas seções de MMA nacional e internacional, Instrutor de Trânsito.
Sem Comentários

Responder

*

*

12 + dezesseis =

RELACIONADO POR