Batalha MMA 12 | Nocaute na Rede

Batalha MMA 12

Entre nocautes, finalizações e vaias, Batalha MMA realiza Maratona de lutas no MMA Paulista
Gustavo Oliveira supera Leonardo Buakaw (foto Edu Rocha)
Batalha MMA 12 foi realizado no ultimo sábado  (24/03) com uma maratona de lutas, 19 no total, com suas lutas terminadas em sua maioria com nocaute ou finalização ainda no primeiro round porém com alguns bons shows.

DESTAQUES

Murilo Trindade aplicando Joelhada Esmagadora em Fernando Capitão (Foto Edu Rocha)

Entre elas o jovem Murilo Trindade que venceu Fernando Capitão praticamente com uma linda joelhada ainda no primeiro round. Eduardo Chaves “Dudu” que criou uma pequena rivalidade com “Tchock” por conta de uma queda de luta entre eles em uma edição passada foi a forra e deu um show a torcida presente vencendo por decisão unânime. Os meios pesados Rodolfo Castelo e Wellinton Claudino também deram seu show, Rodolfo se mostrou dominante após uma embate muito dividido porém foi surpreendido ao tentar nocautear Claudino e que soltou uma sequencia com cruzados que fez o arbitro Eduardo Melo encerrar o combate. O mais interessante nessa luta foi não saber ao final quem tinha sido nocauteado pois Claudino não comemorava o combate e sim pedia para se retirar do cage se indagando “o que eu fiz?”. Outra luta que valeu a pena foi Paulo Pizzo X Joseph Vieira que estava invicto na cerreira, porem a pequena boa trajetória de Joseph não foi párea para a experiencia de Pizzo que nocauteou com um direto que deixou Vieira sem rumo ao tentar se levantar querendo retornar a luta.

Lado esquerdo o potente direto de Paulo Pizzo que o levou á vitória / Lado Direito o golpe de misericórdia de Fabrício “Pit Bul” em cima de Marcio Teles (fotos Edu Rocha)

Não que tenha sido uma luta que empolgou o publico presente pela a luta, mas tirou aplausos de pé de todos, foi o nocaute de Fabricio Almeida “PitBull” em cima do experiente Marcio Teles Lima. PitBull precisou de apenas um soco para nocautear o gigante da cidade de Guarulhos emplacando sua segunda vitória consecutiva.
Na luta mais esperada da noite, o main-event entre Leonardo William “Buakaw” X Gustavo Oliveira era difícil afirmar que era o favorito, eu particularmente supus que a experiencia e maturidade de luta de Buakaw faria a diferença, mas novamente a vontade e ousadia de Gustavo fez a diferença impondo boas sequencias no lutador de São Caetano do Sul assim conseguindo o nocaute no segundo round, deixando Gustavo ainda invicto com um cartel de 06 vitórias.

REAÇÕES

Mas não apenas algumas lutas foram o destaque dessa edição,a torcida presente se expressou fortemente em vaias em duas situações da noite.
A primeira delas foi na luta entre Danilo Espera, de 30 anos, que enfrentou Luiz Rossini que aparentava ser bem, mas bem mais velho. Luiz aparentava apostar todas as suas fichas na arte suave e nem ousou trocar com Espera que defendeu as quedas e aplicava bons ground and pound. Até aí tudo bem oque despertou o desafeto do publico foi o fato de Danilo não ter feito no inicio do primeiro round o Fair Play de costume, fazendo a galera vaia lo a todo bom momento que ele tinha dentro da luta inclusive em  sua vitória. No co main event vimos a mesma cena na luta entre Popeye e um corajoso atleta que assumiu a luta de ultima hora após o adversário de Popeye não aparecer no ginásio. O fato de ver um atleta inexperiente contra um veterano não agradou muito a torcida que vaiou muito após a vitória por nocaute de Alan.

NOVA EDIÇÃO

A organização afirmou que sua próxima edição será na cidade de Osasco em Maio.
Categorias
LutasMMA Nacional
Um Comentário
  • Eduardo Rocha
    25 março 2018 at 15:58
    Responder

    Baita infelicidade a luta co-principal não ter ocorrido conforme a organização tinha planejado, a luta principal tbm poderia ter entregue mais … Muito por conta do Buakaw… Achei ele muito “comedido” mas o Oliveira q não tem nada a ver com isso, fez o q faz sempre e levou merecidamente!

  • Responder

    *

    *

    6 + nove =

    RELACIONADO POR