Brasileiro Felipe Efrain responde a provocações de parceiro de McGregor antes do Brave | Nocaute na Rede

Brasileiro Felipe Efrain responde a provocações de parceiro de McGregor antes do Brave

Brasileiro chega com moral para duelo com Frans Mlambo, marcado para o dia 2 de março
O peso galo Felipe Efrain está praticamente a uma luta de disputar o cinturão da categoria no Brave Combat Federation. E o brasileiro chega cheio de moral para o duelo com Frans Mlambo, marcado para o dia 2 de março no Brave 10: The Kingdom Rises, na Jordânia. Recentemente, o lutador ganhou o prêmio de Nocaute do Ano na organização, em votação feita pelos fãs nas redes sociais. Após ouvir que o companheiro de treinos de Conor McGregor garantiu que o venceria, Efrain fez questão de respondê-lo.
O atleta da Chute Boxe Diego Lima disse que o irlandês de origem sul-africana não o impressiona e garantiu estar acostumado com as provocações antes de suas lutas.
“Ele não me impressiona. Tenho treinado com caras altos e que são bons de boxe também. Ele disse que vai me vencer e todo mundo fala a mesma coisa antes de me enfrentar. Todos se deram mal. Não tenho o costume de estudar os adversários, assim como ele também não tem. Trabalho duro para chegar lá e vencer minhas lutas e não será diferente contra ele”, comentou Efrain, que agradeceu os fãs por ter vencido o prêmio de  fim de ano.
“Foi muito legal ter ganhado o prêmio, especialmente porque foi uma decisão dos fãs. Agora eu quero mais”, garantiu.
O premiado nocaute sobre Nawras Abzakh aconteceu no Brave 9, mesmo evento que Stephen Loman se tornou campeão da categoria de Efrain. O brasileiro admitiu que ver o dono do título em ação lhe deixou mais “pilhado” para “passar por cima” do seu adversário.
“O Loman é um lutador completo e poder vê-lo ao vivo me deixou ainda mais pilhado para passar por cima do Mlambo. Quero dar parabéns ao Loman e dizer que seria uma honra enfrentá-lo, daríamos um show para os fãs, com certeza”, declarou Efrain.
O Brave 10: The Kingdom Rises é o primeiro evento da organização na Jordânia, que será o sétimo país a receber um show do Brave Combat Federation. Bahrein, Brasil, Emirados Árabes, Índia, Cazaquistão e México já foram sedes da maior promoção de luta do Oriente Médio.
Veja o card completo do Brave 10: The Kingdom Rises:
Peso pena: (c) Elias Boudegzdame (Argélia) x Jakub Kowalewicz (Polônia) – Pelo título
Peso meio-médio:  Jarrah Al-Selawe (Jordânia) x David Bear (França)
Peso leve: Charlie Leary (Inglaterra) x Abdul-Kareem Al-Selwady (Jordânia)
Peso meio-médio:  Mohammad Fakhreddine (Líbano)  x Tahar Hadbi (França)
Peso meio-médio: Pawel Kielek (Polônia) x Tyler Hill (EUA)
Peso galo: Felipe Efrain (Brasil) x Frans Mlambo (Irlanda)
Peso pena: Dylan Tuke (Irlanda) x Sodiq Yusuff (EUA)
Peso galo: Jalal Al Daaja (Jordânia) x Crisanto Pitpitunge (Filipinas)
Peso casado (74kg): Mohammad Ghorabi (Líbano) x Gadzhimusa Gaziev (Rússia)
Peso médio: Tarek Suleiman (Síria) x Will Fleury (Irlanda)
Peso galo: Nawras Abzakh (Jordânia) x Abdul Hussein (Finlândia)
Peso médio: Chad Hanekom (África do Sul) x Ikram Aliskerov (Rússia)
Categorias
Brave CF
Sem Comentários

Responder

*

*

1 × 1 =

RELACIONADO POR