Curiosidades, coincidências ou apenas superstição, saiba um pouco mais das coisas intrigantes do MMA. | Nocaute na Rede

Curiosidades, coincidências ou apenas superstição, saiba um pouco mais das coisas intrigantes do MMA.

Curiosidades do MMA? Coincidências? Ou não? Muitas coisas que talvez os fãs não saibam, mas que torna o MMA ainda mais intrigante por certos acontecimentos. Traremos aqui hoje algumas...

Curiosidades do MMA? Coincidências? Ou não? Muitas coisas que talvez os fãs não saibam, mas que torna o MMA ainda mais intrigante por certos acontecimentos.

k9dGRmO

Foto: MinecraftGames

Traremos aqui hoje algumas teses, fatos e até mesmo misticidade para alguns. Um dos principais fatos é que todas as lutas que tiveram revanches imediatas o lutador que perdeu a primeira luta ou empatou não obteve sucesso na revanche, aqui temos alguns exemplos:

Anderson Silva quando encarou o Chris Weidman, amargou sua primeira derrota no ultimate, logo fez a sua revanche, e acabou perdendo sua luta.

Mudando de evento, tivemos a luta entre o ex-campeão Michael Chandler do Bellator perdeu a chance de conquistar o título interino contra Will Brooks, logo após isso foi dada a revanche para o americano com a saída de Eddie Alvarez e o mesmo não teve sucesso, e dessa vez foi nocauteado.

BJ Penn, um mito quando se trata de MMA, porém outro lutador que não teve sucesso ao fazer uma revanche imediata, ao perder o título dos pesos leves para o ex-campeão Frankie Edgar, a lenda havaiana teve uma revanche concedida, mas acabou sendo dominado por Frankie Edgar.

Seria apenas coincidência? Outro fato ainda mais curioso no MMA, foi do lutador ex-campeão do WEC e ex-UFC, Brian Bowles, curiosamente no extinto WEC, Brian Bowles finalizou Damacio Page com 1:30 de luta com uma guilhotina, tempos depois no UFC, a revanche foi concedida para Damacio, e da mesma forma que perdeu na primeira luta também perdeu na segunda, com uma guilhotina e com exatos  1:30 de luta. Seria carma? Essa serve para quem acha que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar.

Antes da derrota de sábado, Urijah Faber e seus dois parceiros de treino Joseph Benavidez e Chad Mendes, acumulavam apenas derrotas por lutas válidas por cinturão. Chad Mendes só amarga duas derrotas na carreira, sendo elas para Jose Aldo, as duas pelo cinturão. Joseph Benavidez amarga quatro derrotas na carreira, sendo três delas válidas para cinturão, uma para Dominick Cruz no WEC e outras duas para Demetrious Johnson no UFC. Entretanto o líder da Alpha Male amarga derrotas por cinturão desde o WEC, duas para Mike Brown, Dominick Cruz, e duas vezes para Renan Barão. Isso seria psicológico, azar ou superstição? Eu consideraria azar mesmo.

Um dos boxeadores mais conhecidos dentro do UFC e conhecido por seu carisma, Fabio Maldonado, curiosamente é um lutador canhoto, porém o mesmo trabalha na base de destro (ortodoxo), porém ele não alterna sua base durante a luta. Segundo o lutador quando iniciou nos treinos, em uma das aulas o professor estava passando alguns fundamentos, porém na base de destro, e aprendeu daquela forma, então não se enganem, não é à toa que muitos lutadores acabam sucumbindo aos jabs do Maldonado, pois são diretos de esquerda entrando limpo e com muita força.

Joe Lauzon foi um dos lutadores que mais finalizou dentro do UFC sendo um faixa roxa na época, conseguiu fazer frente a lutadores que eram faixa preta condecorados até mesmo pelos Gracie.

Kenny Florian um ícone do primeiro The Ultimate Fighter e hoje comentarista da FOX, o aposentado lutador brilhou na organização, mas não só por possuir um jiu jitsu top de linha e uma ótima trocação, mas por passar por quatro categorias diferentes, sendo elas: Pesos Médios, Pesos Meio-Médios, Pesos Leves e Pesos Penas. O lutador ainda conseguiu disputar cinturão duas vezes pelos leves e uma pelos penas.

Apesar de a lenda Randy Couture ter se aposentado aos 48 anos e um dos únicos lutadores que obteve cinturão tanto dos pesados quanto dos meio-pesados, John Johnston é o lutador mais velhos em atividade, e ainda é dono do cinturão dos pesos pesados do CESMMA, tudo isso aos 44 anos.

Umas das artes marciais mais notadas até hoje, devido a Bruce Lee, Jackie Chan e Jet Li, o Kung Fu sempre foi muito aclamado, mas nunca tão envolvido no MMA, porém ainda existe uma safra de lutadores que acreditam que o estilo da luta pode ajudar no octógono, e entre esses lutadores se encontram: Roy Nelson, Ian McCall, Lorenz Larkin e Alex Caceres que é um fã assumido de Bruce Lee.

Conhecidos mundialmente e sendo ídolos ainda mais no Brasil, os irmãos gêmeos Antônio Rodrigo Minotauro Nogueira e Antônio Rogério Minotouro Nogueira, não são os únicos irmãos gêmeos no UFC, integrante do TOP 10 do UFC, Jake Ellenberger tem um irmão gêmeo também, o recém-contratado pela organização do UFC, Joe Ellenberger. O lendário wrestler e atualmente aposentado, dono de um posto no hall da fama do UFC, Matt Hughes também tem um irmão gêmeo que teve uma passagem pelo UFC no ano 2000, porém teve uma carreira mais curta totalizando três lutas, Mark Hughes, que sempre estava presente no corner do irmão, porém o mesmo decidiu não seguir a vida mais lutando.

Um dos integrantes do The Ultimate Fighter 5, e conhecido por sofrer uma lesão semelhante a de Anderson Silva, Core Hill participou do reality show, só que teve apenas um problema sua participação, o programa cobra um mínimo de lutas para a participação e Corey tinha apenas uma luta em 2006 profissional, com isso foi vetado de ter sua chance após o fim do reality, lutador conseguiu apenas uma vitória na casa contra Rob Emerson, logo após isso perdeu para Nate Diaz. Porém conseguiu sua tão sonhada estréia no UFC em 2008

O que vocês acham disso de tudo? Curiosidades? Mitos? Coincidências? Dissertem sobre expondo opiniões de vocês ou argumentando mais sobre as curiosidades ou coincidências que intriga ainda mais o MMA.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Gabriel Coelho Pinho

IBlackbelt
Categorias
BellatorUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

RELACIONADO POR