Entrevista: Frank Shamrock relembra suas lutas, fala sobre plano de carreira e mais | Nocaute na Rede

Entrevista: Frank Shamrock relembra suas lutas, fala sobre plano de carreira e mais

Recentemente, a equipe do Nocaute na Rede entrevistou mais um grande nome do MMA, desta vez foi o veterano Frank Shamrock, ex-campeão do UFC, WEC & Strikeforce. Confira a...

Recentemente, a equipe do Nocaute na Rede entrevistou mais um grande nome do MMA, desta vez foi o veterano Frank Shamrock, ex-campeão do UFC, WEC & Strikeforce.

Confira a entrevista na íntegra:

Frank Shamrock (Foto: Reprodução)

Frank Shamrock (Foto: Reprodução)

1- Frank, a sua vida sempre foi associada ao mundo das lutas. Quando você fez a escolha definitiva de migrar para o MMA ?

Eu decidí entrar no MMA depois de sair da prisão, na qual passei mais de 3 anos. Eu era uma criança de rua e usava o crime como uma forma de me expressar, até que isso me levou para uma prisão de adolescentes. Durante o tempo que passei preso, decidí mudar minha vida e obter sucesso em alguma área, então, aos 22 anos, comecei a treinar artes marciais com o meu irmão Ken Shamrock. Desde então nunca mais cometí nenhum crime e toda a minha atenção esteve voltada para me tornar um campeão mundial de MMA.

 

2-A sua carreira era um pouco instável no Pancrase e melhorou quando você saiu da organização. Por que ?

Durante o meu tempo no no Pancrase, estava apenas aprendendo as técnicas de luta e não gostava da violência do MMA. Precisei de muito treinamento e experiência para superar esses obstáculos e demorei para ganhar a disciplina necessária de um campeão. Após minha saída do Pancrase, decidí que nunca mais iria perder uma luta e que seria o maior campeão de todos os tempos.

 

3 – Qual a sua melhor lembrança dos tempos do UFC ?

A minha melhor lembrança foi ganhar de Kevin Jackson em 14 segundos já na minha primeira luta. Ele estava invicto e eu era o azarão na casa de apostas, porém eu não acreditava que isso era verdade e que minha técnica prevaleceria.

 

4 – Você tem alguma lembrança de sua luta no UFC Brasil ?

Eu lembro muito bem, já que foi a primeira vez que as pessoas cantavam enquanto eu lutava e me impressionou bastante pois tanto as pessoas quanto as músicas eram muito legais. O público celebrava o nosso esforço de uma maneira única. Eu nunca havia sentido tanto apoio e alegria.

 

5 – Porque você passou a aceitar menos lutas depois que você ganhou do Tito Ortiz ?

Eu me aposentei porque não havia mais ninguém que pudesse ganhar de mim no UFC e eu queria ter o controle do meu futuro. Os contratos do UFC são tão amarrados que eu sabia que precisava sair para criar meu próprio destino.

 

6 – Você lutou no K-1. Você também pensou em lutar no Pride FC ?

Eu pensei e queria lutar contra o Sakuraba, mas o contrato deles era estranho e não ia de acordo com os meus objetivos.

 

7 –  Você teven alguns problemas com o Ken Shamrock e com o Dana White. Você pensou em lutar com o seu irmão ? Como está a relação de vocês ?

Eu pensei em lutar com o Ken e isso chegou perto de acontecer algumas vezes. Ele tem uma personalidade muito forte e não nos demos muito bem por muitos anos. Atualmente, estamos disfrutando de uma amizade bastante saudável para nós.

 

8 – Você tem mais algum plano na sua carreira ? Alguma possibilidade de voltar a lutar ?

Não, não penso em voltar a lutar. Atualmente estou trabalhando como voluntário numa organização que tem o intuito a ajudar os jovens propensos a entrar na vida do crime. Atualmente, essa é a minha paixão. Eu gostaria de ajudar outras crianças que, assim como eu, possam encontrar um futuro longe das prisões. Temos um rancho que receberá o nome de ‘The Shamrock Boys’ em homenagem ao meu pai (já falecido) e ao Ken. Nós vamos inaugurá-lo juntos 🙂

 

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por: Rafael Monteiro; Editado por: Kaue Macedo

 

Categorias
Entrevistas

Bacharelando em Jornalismo, Analista de MMA e boxe no PitacoEsportivo.com e Nocaute na Rede. Contatos: [email protected] (via e-mail) e @kauemcd (via Twitter)
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    17 − dezesseis =

    RELACIONADO POR