Joanna cutuca Namajunas: "Está apenas limpando meu cinturão"

Joanna cutuca Namajunas: “Está apenas limpando meu cinturão”

Joanna afirma ainda que construiu a divisão e assim continuará
Joanna Jedrzejczyk diz que ainda é a verdadeira campeã da divisão (Foto: Getty Images)

No UFC 217, evento realizado no início deste mês de novembro, Joanna Jedrzejczyk perdeu seu cinturão peso-palha para Rose Namajunas. A campeã poderia entrar para a história se tornando a lutadora com maior número de defesas de cinturão na história do UFC – ao lado de Ronda Rousey – mas acabou sendo nocauteada ainda no 1º round.

Antes do combate com Namajunas, a polonesa provocou bastante a adversária e muitos críticos chegaram a declarar que isso foi o que acabou derrubando-a. No entanto, Joanna parece não se importar muito com isso, já tendo declarado inclusive que voltará mais incisiva nesse jogo mental e até deu um cutucada na atual campeã.

“Não se preocupem, caras. Minha primeira luta (de volta) será pelo cinturão e eu prometo para vocês que eu serei campeã. Ela está apenas tomando cuidado do meu cinturão, limpando meu cinturão e eu sou a campeã de verdade”, declarou em conversa com fãs no UFC Xangai, onde estava como convidada do Ultimate.

A lutadora afirmou ainda que fisicamente está pronta para iniciar o ‘camp‘ para a revanche, mas antes passará um período em terras polonesas para descansar um pouco ao lado da família.

“Estou mais do que pronta para começar meu camp, mas agora eu trabalhei muito antes da minha última luta. Foram 13 semanas na Flórida, então depois da China eu vou viajar para a Polônia no domingo. Preciso ficar com a minha família por um ou dois meses e aí começo (o camp)”, declarou a ex-campeã.

Para não fugir ao seu estilo sempre provocador, Jedrzejczyk encerrou mandou um recado – e de certa forma mais uma cutucada em ‘Thug Rose’.

“Eu construí essa divisão e vou continuar isso”, concluiu.

Em março de 2015, no UFC 185: Pettis vs Dos Anjos, Joanna nocauteou a então campeã peso-palha, Carla Esparza, e se tornou a nova campeã. Depois disso, enfileirou 5 defesas consecutivas bem sucedidas, até cair perante Rose Namajunas. Antes da perda do título, a polonesa tinha um cartel perfeito, com 14 vitórias em 14 lutas.

Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Pai do Marco Antônio, Praticante de muay thai e MMA, Graduando em radialismo, Editor chefe do Nocaute na Rede, Redator nas seções de MMA nacional e internacional, Instrutor de Trânsito.
Sem Comentários

Responder

*

*

13 − sete =

RELACIONADO POR