Luana Pinheiro não bate o peso e luta principal do BH Sparta 12 é cancelada

Durante a pesagem do maior evento de artes marciais de Minas Gerais, aconteceu uma baixa significativa para o espetáculo. A luta principal do evento caiu por que a detentora...

Durante a pesagem do maior evento de artes marciais de Minas Gerais, aconteceu uma baixa significativa para o espetáculo. A luta principal do evento caiu por que a detentora do cinturão do BH Sparta passou por problemas de saúde e não conseguiu bater o peso.

Luana Pinheiro e Natália Silva compareceram a pesagem e pesaram, no entanto a atleta da BH Rhinos não atingiu os 52kg e a luta foi cancelada. A desafiante, Natália Silva, viajou de Pingo D’gua até Belo Horizonte, bateu o peso e acabou frustrada pelo acontecimento.

Bom, primeiramente eu queria dizer que estou muito frustrada com a situação. Me preparei muito para esse evento. Todos os dias saio de moto da minha cidade, Pingo D’água para ir treinar em Timóteo, que fica uns 140 km de ida e volta. Enfrentando frio e muitas dificuldades. E não só isso. Passei muitas dificuldades para baixar o peso, mas fui profissional e mantive meu compromisso com a atleta e com evento.

Natália comentou sobre a expectativa de sua torcida e da sua cidade em torno da luta que não irá acontecer.

Várias pessoas estavam na torcida e me ajudaram. Era uma luta importantíssima. Faltou profissionalismo por parte dela. Saiba que estávamos liderando um dos eventos mais tradicionais de BH. Viajei 5 horas para nada. Voltar sem lutar é frustrante. No mais, agradeço a organização do evento pela recepção. Ao Vagner e ao Wilson Peterson que nos tratou muito bem. Obrigada Belo Horizonte, espero poder voltar.

Luana Pinheiro é a campeã do BH Sparta 12 e nunca teve problemas com o peso, a atleta da BH Rhinos fez questão de se posicionar e comentou sobre o cancelamento da luta.

Eu adoeci semana passada, não treinei. Na semana retrasada minha lesão estava muito pior. Então não treinei. Estava focando só na parte física. Eu não estava no meu melhor estado, mas mesmo assim fiz o que pude. Estou muito chateada. Peso para mim nunca foi problema. Mas creio que Deus sabe o que faz, e escreve certo por linhas tortas. Eu queria muito lutar, dei o meu máximo, e fiz o que pude! Peço desculpas a todos, inclusive a minha adversaria que na hora que fomos conversar com ela, ficou com cara de deboche. Como se fosse tudo mentira. Só eu sei o que passei essas semanas, e principalmente esses dias. Meus colegas e meus técnicos estão de prova do estado que me encontrava. Se eu não quisesse lutar, eu já teria falado a muito tempo. Mas fiz de tudo pra que a luta ocorresse.

O treinador da campeã, Tite também conversou com nossa equipe e contou detalhes do problema de Luana Pinhero.

A Luana teve uma contusão no maxilar na sua última luta. Tomou uma injeção de corticóide há uns 15 dias atrás, que acredito ter sido a responsável pela retenção de líquido. Tentamos perder o peso ontem e hoje. Estive com ela o tempo todo e vi a luta e o sacrifício que foi. A Luana chegou a desmaiar e eu assumo a responsabilidade de não ter tentado tirar mais o peso, porque a saúde dela está em primeiro lugar pra mim. Erramos, ela está muito chateada, mas de toda forma, ofereci a bolsa toda para Natália lutar. A Luana lutaria de graça, eu ofereci um limite de 58 kg até amanhã 2 horas antes da luta, 5 kg acima do peso e ela não aceitou. A Natália fez a parte dela, nos que não fizemos, mas tentamos de tudo, dentro da possibilidade, para que a luta não caísse. Pedimos desculpas ao evento e a adversária, mas a integridade física da Luana está em 1 lugar e se a Natália resolver mudar de ideia até amanhã, as propostas estão de pé, lutamos de graça.

Categorias
BH SpartaLutasMMAMMA femininoMMA NacionalNotícias
Sem Comentários

Responder

*

*

RELACIONADO POR