Minu Fight Team lança equipe de MMA Profissional | Nocaute na Rede

Minu Fight Team lança equipe de MMA Profissional

Equipe é comandada por Thiago "Minu" Meller, primeiro sargento do exército brasileiro e ex-lutador do Bellator
minu-fight-team-thiago-minu-meller
(Foto: Facebook/Thiago Minu)

No início do ano recebi a mensagem que a Minu Fight Team estaria de volta aos campeonatos de Muay Thai e MMA, seja profissional ou amador, porém com muito mais atletas e focada para colocar os atletas nos melhores eventos do Brasil e do mundo. Uma notícia maravilhosa para o desenvolvimento das artes marciais mistas no Brasil, agregando cada vez mais qualidade com atletas de ponta.

A MFT Lutas com este nome surgiu em setembro de 2009 nas modalidades de Jiu Jitsu e Muay Thai, entretanto seu surgimento remoto foi em 2006, quando o líder da equipe, Thiago “Minu”, começou a dar aulas de Muay Thai e formar atletas que estão com ele até hoje.

Em conversa ao Nocaute na Rede, Thiago “Minu” Meller explicou um pouco da sua experiência, trajetória e respondeu algumas perguntas sobre o destino da equipe:

Desde criança sempre treinei Artes Marciais, passando por Karatê, Judô, Muay Thai e Jiu Jitsu, estas duas últimas, que até hoje pratico e dou aulas. Minha carreira no MMA começou em 2003, ano que dei início aos treinos de Jiu Jitsu com o Mestre Fabiano Boxer, na época eu era Faixa Preta de Karatê-de-Contato, Judoca do Exército e tinha mais de 10 lutas de Muay Thai. Comecei a treinar Jiu Jitsu e o Mestre Boxer me incentivou e a treinar no MMA, ano que fiz minha estreia, e de 2003 até os dias atuais, são mais de 30 lutas, sendo quase a metade delas internacionais, lutando em todos os continentes.

O foco da equipe será competir somente em eventos de MMA profissional ou também vai participar de competições de Muay Thai e Jiu Jitsu?

Bom, como mencionei anteriormente, a MFT Lutas surgiu em 2009, e de lá para cá formamos campeões mundiais de Jiu Jitsu, campeões mundiais de Muay Thai pela WMF, além de campeões gaúchos e brasileiros de Jiu Jitsu, Muay Thai e Submission.

O que está surgindo no ano de 2018 é a equipe de MMA Profissional e Amadora da MFT Lutas, pois até então nós éramos uma extensão da Boxer MMA, e formávamos atletas para lutar pela equipe do meu Mestre, no entanto no final de 2017, o mestre achou que deveríamos seguir diferentes caminhos no MMA, então surgiu nossa equipe Profissional, já com atletas de ponta.

minu-fight-team

(Foto: Facebook/Thiago Minu)

Quantos atletas profissionais de MMA a equipe possuí? Destes atletas, quais são os principais destaques?

Nós temos atualmente na MFT Lutas cerca de 25 atletas de MMA, sendo que 15 deles já estrearam profissionalmente e 10 estão se preparando para isso.

Dentre os atletas profissionais temos alguns atletas que já defenderam o nome do Brasil no exterior: Alexandre Hofmann, Cassiano Laureano, Gabriel Baino, Thiago Minu, Dirlei Mão de Pedra, além destes, temos diversos atletas que estão prontos para os grandes eventos internacionais e nacionais.

Quais são os principais treinadores que irão ajudar nos camps dos atletas?

Nosso treinador de Muay Thai é o Prof. Juliano Romiatto, o Jiu Jitsu e a parte de chão sem kimono fica a cargo de Rodrigo Thomé, no Boxe o responsável é o Prof. Wilson Ogata, e no Wrestling fica a cargo da Latham Wrestling, com o Americano Shane Latham. Eu fico como Head Coach de MMA.

Você pretende estar presente no córner dos atletas ou você vai ficar mais na parte administrativa e técnica dos camps?

Com certeza, eu quero estar presente no máximo possível juntamente com nossos atletas, dentro das minhas possibilidades, uma vez que sou militar de carreira do exército e devo dividir meu tempo no MMA com as atividades no exército, além de minha família.

Qual é o objetivo para MFT em 2018?

Nosso principal objetivo é crescer cada vez mais como equipe e ser respeitada como um time forte, e conseguir se colocar dentre aos maiores do estado para conseguir nosso espaço no cenário nacional e internacional.

Queremos que nossos atletas lutem o máximo possível, já temos algumas batalhas internacionais marcadas e vamos com tudo para buscar o nosso espaço.

Desejo todo sucesso do mundo para a nova trajetória da Minu Fight Team e seus atletas. O MMA brasileiro só tem a ganhar com a chegada desta grande equipe.

Categorias
BellatorEntrevistasLutasMMA InternacionalMMA Nacional

Louco por MMA Internacional e Nacional. Owner do Nocaute na Rede e Redator dos sites RSEsporte.com e Torcedores.com."1% de chances SEMPRE confiante"
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    quatro × quatro =

    RELACIONADO POR