Peso Galo – (58 a 61 kg) | Nocaute na Rede

Peso Galo – (58 a 61 kg)

Cody Garbrandt

 

Nascido em 3 de setembro de 1991, Garbrandt se tornou o novo campeão peso Galo do UFC em 30 de dezembro de 2016, encerrando bem seu melhor ano no MMA.

INÍCIO

Cody iniciou seus treinamento no boxe com apenas 15 anos de idade. Em seguida começou a treinar Wrestling e competiu amadoramente no boxe e no MMA até 2012 quando se tornou profissional.

Estreando em Canosburg, Pensilvânia, o americano garantiu um nocaute ainda no primeiro round e manteve o feito por mais quatro lutas. Deixando cinco adversários no chão, Garbrandt chamou a atenção do UFC e foi contratado em 2015.

 

UFC

 

Em sua estreia, no UFC 182, Cody voltou a mostrar o que sabe fazer de melhor e nocauteou Marcus Brimage no fim do terceiro round. Em sua segunda luta na franquia, a vitória por decisão começou a mostrar que o caminho não seria fácil. Mas no início de 2016 veio mais um nocaute, dessa vez sobre o brasileiro Augusto Mendes.

Garbrandt já estava sob os holofotes do UFC mas sua luta contra Thomas Almeida o colocou ainda mais em destaque. Eles fizeram a luta principal da edição que levara seus nomes e não decepcionaram. Invictos até então, os dois partiram para a trocação franca logo no início e resultado não poderia ter sido outro, nocaute. Cody saiu com a vitória e com a certeza de que estava ainda mais perto do cinturão de sua categoria.

Foto: (Reprodução/ Belacherreport)

Explosão, boxe e mãos pesadas, a combinação de Cody Garbrandt contra o brasileiro Thominhas. (Foto: Reprodução/ Belacherreport)

Contra Takeya Mizugaki em agosto do ano passado, Cody mostrou o que queria e nocauteou o japonês em menos de um minuto de luta. Era chegada a hora, o momento mais esperado pra Garbrandt, não podia haver outra luta se não a disputa de cinturão e assim foi feito.

CAMPEÃO DO UFC

Lutando no UFC 207, depois de muita polêmica no Trash-Talk contra seu adversário, Cody mostrou muita personalidade e conseguiu desestabilizar Dominick Cruz logo no início da luta. Com um primeiro round bem movimentando, vimos dois lutadores com sede de vitória e dando o máximo de si para saírem com a cinta. No segundo round a história não foi diferente mas Garbrandt já parecia que iria dominar a luta, abusando de esquivas e provocações contra Cruz. Nos três últimos rounds o domínio foi completo do atual campeão, chegando a pagar flexão de braços e debochando em vários momentos de Dominick. No fim do quinto round Cody segurou o ex-campeão contra a grade e garantiu o título.

Promessa é dívida. Em gesto de lealdade, amizade e gratidão, Cody Garbrandt veste Maddux Maple com seu cinturão dos pesos galos do UFC, vencido no UFC 207 após derrotar Dominick Cruz. (Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Promessa é dívida. Em gesto de lealdade, amizade e gratidão, Cody Garbrandt veste Maddux Maple com seu cinturão dos pesos galos do UFC, vencido no UFC 207 após derrotar Dominick Cruz. (Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Depois de derrotar aquele que já procurava uma super luta por não ter mais adversários a sua altura, quem parece buscar novos desafios agora para sua carreira é o novo detentor do cinturão dos Galos. Garbrandt tem um boxe impressionante, grande condicionamento físico e excelente precisão em seus golpes, ainda tem alguém na divisão capaz de para-lo?

 

 

 Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Ton Freitas

Sem Comentários

Responder

*

*