Peso Pena – (61 a 66 kg) | Nocaute na Rede

Peso Pena – (61 a 66 kg)

JOSÉ ALDO

José Aldo campeão peso pena do UFC (Foto: UFC/Divulgação)

José Aldo campeão peso pena do UFC (Foto: UFC/Divulgação)

Nascido em 9 de setembro de 1986, o manauara que atualmente luta pela esquipe Nova União, se tornou campeão do UFC em 2011.

INÍCIO

Aldo iniciou seus treinamentos em Jiu-Jitsu e Muay Thai, fazendo sua estreia profissional no MMA em 2004. Venceu suas cinco primeiras lutas no Brasil e foi tentar pela primeira vez sua carreira internacional no ano de 2005. Venceu Phil Harris e Micky Young na Inglaterra, mas na sua volta para casa acabou perdendo para Luciano Azevedo em Manaus.

José Aldo em sua estreia:

Voltou para o Rio de Janeiro e venceu mais dois combates em 2006 e 2007. Disputou e venceu mais uma luta fora do país na sequência. Japão foi a parada da vez.

WEC

Com dez lutas e apenas uma derrota na carreira, Aldo foi contratado pelo World Extreme Cagefighting (WEC), evento sob diretoria da ZUFFA e com as mesmas regras do UFC. O WEC focava-se mais nas categorias de menor peso e não demorou muito para Aldo se destacar.

O brasileiro venceu em sua estreia em 2008 e conquistou mais quatro vitórias no ano seguinte, terminando com o cinturão da categoria. Defendeu o título por duas vezes no ano de 2010 e foi contratado pelo UFC em 2011.

WEC 51 - Aldo vs. Gamburyan (Foto: Getty Images)

WEC 51 – Aldo vs. Gamburyan (Foto: Getty Images)

UFC

Aldo estreou no UFC na edição de número 129 contra Mark Hominick. O brasileiro venceu por decisão unânime e unificou os títulos do WEC e do UFC. No mesmo ano, defendeu o cinturão e venceu Kenny Florian também por decisão. Em 2012 lutou contra Chad Mendes e nocauteou o americano faltando um segundo para terminar o primeiro round. No ano seguinte as vítimas foram Frankie Edgar e o Zumbi coreano. Em 2014 venceu Ricardo Lamas que estava em franca ascensão e novamente Chad Mendez. Quando tudo parecia estar dominado, eis que surge Conor McGregor.

Com dezessete vitórias e apenas duas derrotas, o irlandês foi cotado para enfrentar o brasileiro no UFC 189, no entanto Aldo se lesionou e Conor enfrentou Chad Mendes conquistando assim o título interino da categoria.

Não havia saída e agora o duelo tinha que acontecer. No dia 12 de dezembro de 2015, Aldo foi rapidamente nocauteado e perdeu seu cinturão.

RETOMADA DO CINTURÃO

Após a derrota, polêmicas surgiram em torno de uma provável revanche contra McGregor, que até então não ocorreu, no entanto o brasileiro se manteve firme na ideia de recuperar seu posto de melhor da categoria e enfrentou Frankie Edgar no histórico UFC 200.

Após vencer o americano, Aldo conquistou o cinturão interino da divisão. Enquanto isso, Conor abandonava a categoria peso pena e buscava um novo cinturão, na categoria dos leves. McGregor alcançou seu objetivo e abriu mão do título da categoria de baixo, assim Aldo se tornou novamente o campeão peso pena do UFC.

Aldo recuperando seu cinturão no UFC 200 (Foto: UFC/Divulgação)

Aldo recuperando seu cinturão no UFC 200 (Foto: UFC/Divulgação)

 

 

Escrito por Ton Freitas

5 Comentários nesta publicação.
  • Maicon f
    30 janeiro 2017at 06:19
    Responder

    O cara é foda tinha que ser mais respeitado pelo público brasileiro

  • roberto euzebio cecilio
    6 janeiro 2017at 23:09
    Responder

    você e meu ídolo sempre será

  • roberto euzebio cecilio
    6 janeiro 2017at 23:09
    Responder

    seu e meu maior ídolo zé

  • roberto euzebio cecilio
    6 janeiro 2017at 23:07
    Responder

    meu herói sempre será você

  • roberto euzebio cecilio
    6 janeiro 2017at 23:06
    Responder

    muito merecido parabéns irmão

  • Responder

    *

    *