Peso Pesado – (93 a 120 kg) | Nocaute na Rede

Peso Pesado – (93 a 120 kg)

Stipe Miocic

Nascido em 19 de agosto de 1982, na cidade de Independence, Ohio, o bombeiro e ex-jogador de baseball e futebol americano, se tornou há pouco, campeão peso pesado do UFC.

Stipe Miocic (Foto: UFC/Divulgação)

Stipe Miocic (Foto: UFC/Divulgação)

Miocic se tornou campeão do Golden Gloves em 2009, competição esta que premia lutadores amadores americanos, já revelou nomes como Muhammad Ali e Joe Frazier. Na sequência fez sua estreia no MMA.

INÍCIO

Em 20 de fevereiro de 2010, o atual campeão dos pesados iniciou sua carreira no MMA lutando em Cleveland, Ohio, onde hoje o americano atua também como bombeiro.

Em sua estreia, Miocic nocauteou seu oponente em 17 segundos. Até sua quinta luta profissional, o resultado não foi diferente. Com nocautes entre o primeiro e segundo rounds, Stipe avançava cada vez mais no mundo do MMA.

Em junho de 2011, Miocic ganhou o título do NAAFS, evento norte-americano de MMA, e dias após tal conquista, foi anunciado que o mesmo lutaria no UFC.

UFC

Em outubro de 2011, no UFC 136, o nocauteador nato estreou na maior franquia de MMA do planeta com vitória, derrotando o seu compatriota Joey Beltran por decisão unânime, subindo os primeiros degraus rumo ao cinturão dos pesos pesados

Em 2012, vieram mais duas vitórias e a primeira derrota. Em setembro do mesmo ano, o americano conquistou seu primeiro prêmio de luta da noite. Entretanto, o prêmio veio com sabor amargo, já que Miocic foi nocauteado por Stefan Struve.

Lutando contra uma das maiores pedreiras da categoria, Miocic venceu Roy Nelson por decisão unânime no UFC 161, em 2013. E no ano de 2014 derrotou em sequência dois dos nossos compatriotas, Gabriel Gonzaga e Fábio Maldonado, sendo este último derrota em São Paulo, no UFC Fight Night: Miocic vs. Maldonado

O algoz brasileiro perdeu força ao encontrar em seu caminho Júnior Cigano. Em dezembro de 2014, Miocic mais uma vez conquistou o prêmio de luta da noite com derrota. O brasileiro deu fim a sequência de vitórias do atual campeão ao vencê-lo por decisão unânime dos juízes.

Miocic em luta com Maldonado (UFC/Divulgação)

Miocic em luta com Maldonado (UFC/Divulgação)

Após a última derrota, Miocic parece ter voltado mais fortalecido e ao encarar um dos maiores peso pesados da história, Mark Hunt, quebrou o record de golpes desferidos e nocauteou o neozelandês.

No início deste ano, Stipe enfrentou e venceu rapidamente Andrei Arlovski, em duelo válido pelo UFC 195, conquistando assim, posteriormente, sua chance de disputar o cinturão.

CINTURÃO

Com luta marcada para fevereiro, Cain Velasquez teria sua revanche e nova oportunidade de conquista do cinturão dos pesados. No entanto, uma lesão o tirou de combate e Miocic entrou em seu lugar para lutar em maio contra o brasileiro.

Em 14 de maio de 2016, Miocic conquistou o tão sonhado título. O UFC 198, disputado em Curitiba, foi o maior evento do UFC já realizado no Brasil e um dos maiores da história do UFC. Apesar da grande torcida para Werdum, o americano encarou com tranquilidade a pressão vinda das arquibancadas da Arena da Baixada, local do evento. Werdum sempre carismático conseguiu motivar ainda mais os espectadores ao homenagear um dos maiores atletas da história em sua entrada, Ayrton Senna. Mas quando a grade se fechou, a história foi outra. Em uma saída afobada após boa troca de golpes, o brasileiro acabou por ser nocauteado e perdeu o título na primeira defesa como campeão linear. Enfim Miocic era campeão do UFC na categoria dos pesos pesados.

Miocic com o cinturão (Foto: Getty Images)

Miocic com o cinturão (Foto: Getty Images)

Em sua primeira defesa de cinturão no UFC 203, o americano resistiu fortemente aos golpes de Alistair Overeem e após alguns nockdown’s sofridos, conseguiu derrubar e nocautear o holandês, mantendo assim, a cinta em Ohio.

Em 13 de maio deste ano, Miocic defendeu seu cinturão pela segunda vez. E o adversário era um velho conhecido: Junior dos Santos, o Cigano, em luta válida pelo UFC 211. Cigano foi o último adversário a derrotar Miocic em 2014, no UFC on Fox: dos Santos vs. Miocic. Mas dessa vez o croata-americano não deu chance para o brasileiro e venceu por nocaute ainda no primeiro round.

A terceira defesa do título de Miocic aconteceu no UFC 220. O atual campeão enfrentou a sensação dos pesados, Francis Ngannou e manteve o seu título ao vencer por decisão unânime. Próxima luta marcada é a super luta contra o atual campeãp dos meio-pesados, Daniel Cormier, em confronto válido pelo UFC 226, valendo o título dos Pesados.

 

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Jefferson Oliva.

Sem Comentários

Responder

*

*

cinco + dezoito =