Polaris : Conheça o evento de Jiu-Jitsu privado onde a finalização é o foco principal | Nocaute na Rede

Polaris : Conheça o evento de Jiu-Jitsu privado onde a finalização é o foco principal

Polaris 6 acontece dia 17 de fevereiro em Indigo, Greenwich/Londres. 
Polaris 6 (Foto: Divulgação/Polaris)

Polaris é um grande evento internacional que tem crescido exponencialmente. Contando com nomes de peso para os seus eventos, está ficando cada vez mais conhecido perante a comunidade do Jiu-Jitsu brasileiro. Inúmeras estrelas de diversos países compõe a grade de atletas do evento, a edição número 6 acontecerá dia 17 de fevereiro em Indigo, Greenwich/Londres.

Polaris 6, contará nesta edição entre os principais nomes; Gezary Matuda, Tommy Langaker, AJ Agazarm, Jake Shields e Craig Jones. A brasileira Gezary Matuda um dos principais nomes do Jiu-Jitsu, estará em um “contender match” onde quem vencer poderá futuramente disputar com a campeã da categoria (até 55kg).

 

Preliminar Card (Foto: Divulgação/ Polaris)

Gezary Matuda atleta brasileira (Foto: Divulgação/ Polaris)

The Florida boy, AJ Agazarm (Foto: Divulgação/ Polaris)

Disputa pelo título (Foto: Divulgação/ polaris)

Conheça um pouco sobre as regras do evento:

Polaris conta com lutas de duração de 15 minutos (10 para o card preliminar); três juízes controlam a luta, um sendo o principal (centro) e dois avaliam pelo lado de fora. O juiz principal sempre considerará o atacante da disputa de forma mais favorável do que o lutador defensivo. Os juízes baseiam a sua opinião sobre quem está vencendo a disputa em estrofes de cinco minutos (como se separassem por round’s), a luta segue sem parar  e de cinco em cinco minutos os avaliadores marcam em um cartão quem anda vencendo.

Retardamento de luta, falta de combatividade ou qualquer outra forma de “antijogo” é avaliado e pode gerar penalização para o atuante do ato. Se não houver nenhuma submissão, a disputa será decidida pelos juízes. A disputa será “decisão unânime” se os três juízes concederem o mesmo vencedor, ou uma “decisão de maioria” se apenas um avaliador não concordar com o resultado dos dois outros. Empate acontece quando os três juízes avaliam que a disputa foi bem igualitária perante os dois competidores.

Confira as lutas do Polaris 6:

Card preliminar – 10 minutos

Emilia Tuukkanen vs Leoni Munslow (GI)

Jay Butler vs Sean McDonagh (GI)

Santeri Lilius vs Brad Hill (GI)

Tommy Langaker vs Charlie McDonald (GI)

Jake Mckenzie vs Yousuf Nabi (GI)

Ross Nichols vs Tommi Pulkkanen (NO GI)

Card principal – 15 minutos

Chelsea Leah vs Ffion Davies (NO GI)

Ash Grimshaw vs Marco Canha (NO GI)

Chris Fishgold vs Marcin Held (NO GI)

Gezary Matuda vs Serena Gabrielli (NO GI)

Benson Henderson vs AJ Agazarm (NO GI)

Jake Shields vs Craig Jones (NO GI – Disputa de cinturão, peso médio)

Confira um highlight do evento:

IBlackbelt
Categorias
Jiu JitsuLutas

Faixa azul de jiu-jitsu, fã das artes marciais e sempre buscando evoluir de inúmeras maneiras.
Sem Comentários

Responder

*

*

RELACIONADO POR