Resultados do Arena Fight “In Memorian Meire Cabral” na luta contra o câncer | Nocaute na Rede

Resultados do Arena Fight “In Memorian Meire Cabral” na luta contra o câncer

Evento foi realizado no dia 12 de maio 2018, em Redenção, no Pará
Arena Fight

A edição especial do Arena Fight In Memorian Meire Cabral “Na luta contra o Câncer” deu-se no sábado (12.05.2018) no espaço Villa Country, em Redenção, Pará. Com um total de 11 lutas de mma (mixed martial art´s), o evento reuniu lutadores de vários  estados, e região sul e sudeste paraense. Lutadores renomados no cenário nacional e internacional, como os ex- atletas do UFC Henrique da Silva “Frankstein”, Iliarde Santos e o participante do TUF Brasil 2, Neilson Gomes, combateram seus oponentes no card da noite. O evento  também contou com a presenças Vip dos atletas paraenses do UFC, Iuri Alcântara “Marajó”, e Deiveson Figueiredo “Deus da Guerra”, em nome da causa contra o câncer. A celebridade Sheyla Mell, atual Miss Bumbum México, também eleita a Miss Bumbum Ceará, e capa da revista masculina Sexy, foi atração da noite no evento.

Na luta principal, o confronto entre Pará e Ceará, em que  o lutador Michel Pereira “Demolidor”, da equipe Nocaute Team, paraense da cidade de Tucumã/PA, atleta que vem se destacando no cenário mundial do esporte de MMA, como o novo “show time”, por suas inusitadas cambalhotas e saltos pirotécnicos, como o fez na última luta (28.05), no SBC, evento nacional da Sérvia, onde bicampeão do cinturão na cat. 77kg (libras), tem em seu cartel profissional 18V-08D, encarou no Cage do Arena fight, dura missão de combater o renomado Carlos Alexandre “Índio”, das equipes Nova União/Dragon Fight, com o cartel de 33V-12D, atleta com longa experiência, lutas internacionais em sua carreira, representou o estado do Ceará, ambos no peso ajustado de até 80 Kg.

Resultado da luta, porém, acabou em NC (No Contest), devido a um pequeno ocorrido com o atleta Carlos Índio, ao defender uma pegada de pernas, fizeram isometria de grade, levando-o a enfiar seu pé direito em uma fenda (espaço) que se fez entre o tatame e a borda inferior da grade do octógono, suficiente a impossibilitar seu retorno à luta. Assim a luta foi declarada sem resultado, e a organização do evento assegurou aos atletas e ao público que remarcará o combate entre o dois atletas para uma próxima edição,  a se realizar ainda em 2018.

O Co-Main Event foi um belo duelo entre 02 atletas top´s da categoria meio-pesado no Brasil (93 Kg), o lutador pernambucano  Henrique da Silva “Frankstein” da equipe Minhoca Top Team, com recente passagem pelo maior evento de mma do mundo (UFC), contra o atleta paulista Edvaldo Oliveira “Gameth” das equipes Muzenza/Gameth Team, lutador “queixo duro” afirmou seu oponente “Frank”. Os dois protagonizaram um combate de alto nível, com um grande show ao público presente, pela frenética trocação de golpes nos 3 round´s. Henrique “Frankstein” acabou vitorioso por decisão unânime dos juízes, e Gamethna graça do público por sua raça e empatia.

A identidade e Objetivo do evento

Os organizadores do evento homenagearam Meire Cabral, empresária e grande incentivadora do esporte, em especial o MMA. Ela apoiou o evento Arena Fight desde sua primeira edição em 2006. Montou a primeira academia de MMA (Clube de Luta) da cidade, em 2007. Símbolo de força, garra e luta, enfrentou um câncer por quase dois anos, faleceu há um ano (10.03.2017), deixando a lição de que “devemos sempre lutar por nossos ideais, pensar grande e, nunca desistir”. Os anfitriões do evento doaram 100% da renda de bilheteria ao Hospital de Amor (HA) – antigo hospital do câncer de Barretos – unidade Tocantins, obra em andamento na capital do estado (Palmas), uma das poucas unidades do hospital, fora do estado de SP, este que é o maior centro de referência oncológico (câncer) no Brasil, de suam importância no tratamento e assistência médico-hospitalar gratuito aos portadores da doença, aproximando seus serviços da população desta região do país.

Resultados oficiais das lutas

Arena Fight In Memorian Meire Cabral

Data: 12 de maio de 2018

Local: Espaço de eventos Villa Country-Redenção/PA.

Card (combates de 3 round´s com 5 minutos cada)

01-(61Kg) Paula Cristina “Bittencourt”  venceu Luciana “Lulu Guerreira” por nocaute técnico 01:15 do 1 round

02-(66 Kg) Thalysson Souza venceu x Lucas Martins por finalização (Mata Leão) 03:30 do 1 round

03-(70 Kg) Marco Antônio “Marquinhos”  venceu Denis Renilson “Nil Demolidor” por nocaute 02:20 do 2 round

04-(84 kg) Nyyckson Pimenta venceu Elias Tigre por desistência 2 round (intervalo)

05-(66 Kg) Daniel Jubileu venceu  Wesley Carvalho “Águia” por finalização(Mata Leão) 04:47 do 1 round

06-(61 Kg) Iliarde Santos  venceu Eder Menezes por nocaute técnico 03:50 do 2 round

07-(61 Kg) Antônio Ferreira “Escorpião Rei”  x Kleber Vilar “Bekão” (Empate declarado – decisão recorrida, em análise)

08-(57 Kg) Nildo Nascimento “Katchau” venceu x Rildeci Dias”Escorpião” na decisão unânime dos juizes

09-(77 Kg) Gilberto Pereira “Cachorro Louco” venceu x Neilson Gomes por desistência 3 round (intervalo)

10-(93 Kg) Henrique da Silva “Frankstein” venceu x Edvaldo de Oliveira “Gameth” na decisão unânime dos juizes

11-(80 Kg) Michel Pereira “Demolidor”  x Carlos Alexandre “Índio”- No Contest  03:03 do 1 round

Categorias
LutasMMA Nacional

Louco por MMA Internacional e Nacional. Owner do Nocaute na Rede e Redator dos sites RSEsporte.com e Torcedores.com."1% de chances SEMPRE confiante"
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    20 − 13 =

    RELACIONADO POR