UFC pretende eliminar pesagem matinal | Nocaute na Rede

UFC pretende eliminar pesagem matinal

Confira todos os detalhes sobre a decisão; e você é a favor ou contra a pesagem na parte da manhã?
johny-hendricks-hands-ufc-207-official-weigh-ins
(Foto: Esther Lin, MMA Fighting)

Dana White, presidente do UFC, anunciou em entrevista concedida ao UFC Unfiltered que a organização de MMA pretende acabar com o formato atual de pesagem dupla e retornar ao formato antigo. Atualmente, são realizadas duas pesagens: uma delas, que é a oficial, é realizada na manhã do dia anterior aos eventos do card, enquanto a outra, que acontece à tarde durante o evento das encaradas, é meramente cerimonial.

O que causou a mudança

Implantado em 2016 no UFC 199, as pesagens matinais tinham como objetivo dar mais tempo para que os atletas se reidratassem, evitando problemas físicos e de saúde entre o dia da aferição e o momento da luta, que ocorria cerca de 24 horas após a pesagem. O chefe da organização disse em entrevista: “no começo foi tudo perfeito e os atletas estavam batendo o peso de maneira consistente. Mas os lutadores começaram a cortar peso cada vez mais perto do dia da pesagem, isso para conseguir recuperar mais peso antes da luta, uma vez que o período de recuperação seria maior. E isso acabou prejudicando o sistema.”

Acontecimentos recentes mostram que White está certo quanto a indisciplina de alguns lutadores. No UFC Rio, Mackenzie Dern estava 3,2 kg acima do limite de 55kg de sua categoria. Já no UFC Liverpool, ainda em maio, Darren Till foi quem ultrapassou o limite de 77 kg da categoria dos meio-médios registrando 78,6 kg. Yoel Romero foi outro lutador que não conseguiu bater o peso em duas lutas importantes, a primeira era na disputa do título interino dos médios contra Luke Rockhold, em fevereiro deste ano. A segunda falha na balança aconteceu no último dia 9, quando o título definitivo estaria em jogo em uma revanche contra o atual campeão Robert Whittaker.

Dana White

Os eventos recentes têm mostrado que lutadores acima do peso levam, de fato, uma vantagem injusta. Isto pode ser afirmado pois os atletas que falharam na balança venceram as quatro das últimas cinco lutas em que tais situações foram registradas. Essas constatações afetam também o mundo das apostas pois, se os resultados podem ser influenciados por tais situações, então pessoas que apostam em sites como, por exemplo, no 1XBET, terão mais dificuldade em determinar em quem depositar suas fichas.

Outra possível consequência de falhas nas pesagens é o cancelamento das lutas. Embora tal fato ainda não tenha ocorrido, é possível que um lutador ou a organização desistam da luta nesses casos. O motivo pelo qual tal situação raramente ocorre são as perdas em vendas de pay per view e o fato de que os fãs que já compraram os ingressos ficariam extremamente descontentes.

Lutadores se mostraram insatisfeitos com a decisão

Vários lutadores utilizaram as redes sociais para se posicionar quanto às possíveis mudanças. Eddie Alvarez, ex-campeão dos pesos-leves, postou uma série de mensagens no Twitter onde ele afirma que os culpados são os lutadores que não atingem o peso definido. Ele inclusive diz em uma de suas postagens: “Por favor chefe, não acabe com as seções de pesagem matinal, pois isto não resolverá o problema. Você estará punindo os também lutadores que são responsáveis”.

Outros lutadores apontaram que eles deveriam, pelo menos, ser consultados, foi o caso da brasileira Cris Cyborg, atual detentora do Cinturão Peso-Pena Feminino, que tuitou “Eu acho que os lutadores deveriam participar nas decisões dos processos que serão padronizados”. Vários outros lutadores apontaram para os riscos de saúde envolvidos nas pesagens que ocorrem no período da tarde, sendo que alguns apontaram o fato de que é mais difícil para o lutador se reidratar enquanto outros citaram que não poderiam realizar uma refeição completa durante todo o dia até o fim do evento de pesagem que tem início às 16h.

No fim das contas, a decisão final não será tomada somente pelo UFC, a organização também depende da aprovação das comissões atléticas estaduais. Além disso, as reações negativas dos lutadores quanto às mudanças podem fazer com que o UFC volte atrás e pense em maneiras diferentes de garantir que atletas atinjam o peso antes das lutas.

Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Louco por MMA Internacional e Nacional. Owner do Nocaute na Rede e Redator dos sites RSEsporte.com e Torcedores.com."1% de chances SEMPRE confiante"
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    1 × dois =

    RELACIONADO POR