1ª edição do Union of Fight, em Joinville, brilha com show de nocautes

A cidade de Joinville no norte catarinense, provedora de nomes como Vitor Miranda e Natan Schulte, agora é palco de um dos mais novos eventos nacionais, Union Of Fight....
Union of Fight
Eduardo Macenas vencedor da luta principal (Créditos: Union of Fight)
A cidade de Joinville no norte catarinense, provedora de nomes como Vitor Miranda e Natan Schulte, agora é palco de um dos mais novos eventos nacionais, Union Of Fight. A primeira edição, realizada no último 11 de setembro, Artbol Quadra de Esportes, contou com duelos preliminares de Submission, Muay Thai e MMA. 

Destaque para o anfitrião Thalison “Monstrão” Cruz e para o visitante Vitos “Gadita” Dennis que protagonizaram a melhor luta da noite. Após muito fogo cruzado em pé, o paranaense chegou perto de finalizar na chave de calcanhar, mas Thalison defendeu e colocou a luta na sua zona de confiança. Thalison levantou o público ao desferir uma combinação de joelhadas e socos e nocautear Vitor a poucos segundos do fim. 

João Felipe Borges e Wesley Oliveira, atletas locais mas de equipes diferente, também brindaram a torcida com vitória. João soltou um chute alto, antes de finalização Mauricio “Malvadeza” Silva com um mata-leão no primeiro round. Wesley saiu na mão com Jorge “Baiano” Santos e na hora da luta agarrada aplicou uma queda de gancho, transitou para as costas e apagou o rival. Baiano ficou 4 kg acima na pesagem e mesmo assim Wesley aceitou o combate.



Eduardo Macenas, atleta local, fechou o card com uma performance digna de luta principal. Dudu como é conhecido partiu logo para cima de Lucas Quadros, que respondeu na mesma moeda e a luta esquentou. Macenas conseguiu encontrar a distância e pressionou Quadros nas grades até fazê-lo desabar com a sequência socos, decretando o nocaute com “mísseis teleguiados” sobre Quadros já entregue. 

Os ex-lutadores Alessandro Lenhador e André Negão, organizadores do Union Of Fight, comemoraram o sucesso da estreia do evento, apesar de tantas dificuldades em meio a uma pandemia, e já anunciaram a segunda edição para o dia 4 de dezembro, em Joinville.

 

MMA Profissional 

Eduardo Macenas nocauteou Lucas Quadros (socos) R1
Wesley Oliveira finalizou Jorge Baiano (mata-leão) R1
João Felipe Borges finalizou Maurício Malvadeza (mata-leão) R1
Natan Ziele nocauteou Sandro Oliveira (socos) R1
Jair Jesuino nocauteou Wellerson Miranda (socos) R1

MMA Amador

Thalison Cruz nocauteou Vitor Dennis (socos) R1
Edislan Araújo nocauteou André Luiz (socos) R1
Kelvin Cruz nocauteou Rafael Nogueira (socos/desistência) R2
Pedro Pontes nocauteou Maicon Andrei Liebl (socos) R2
Wallace Silva finalizou Franklin Amorim (mata-leão) R3

Nocaute na Rede, com release produzido e enviado pela organização do evento

 

Acompanhe as principais notícias do MMA por meio dos perfis oficiais do Nocaute na Rede: FacebookInstagram YouTube.



Categorias
LutasMMA NacionalMuay ThaiSubmission

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede, sonha em seguir carreira na área esportiva; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral (principalmente MMA, futebol e basquete); Praticante de MMA e muay thai;
Sem Comentários

Responder

*

*

12 + catorze =

RELACIONADO POR