A WBA E A CATEGORIA DOS PESADOS NOS ANOS 90

A Associação Mundial de Boxe, denotado AMB (em inglês: World Boxing Association, denotado WBA), é a principal organização de boxe do mundo. Aprova lutas oficiais e premiações aos vencedores do título de campeão do mundo da WBA,...

Tyson x Holyfield I
Foto: Sky Sports

Associação Mundial de Boxe, denotado AMB (em inglês: World Boxing Association, denotado WBA), é a principal organização de boxe do mundo. Aprova lutas oficiais e premiações aos vencedores do título de campeão do mundo da WBA, na categoria profissional.

A Associação surgiu em 1921, com o nome de National Boxing Association (NBA), em Rhode Island, nos Estados Unidos. Foi formada por representantes de treze estados norte-americanos. O primeiro combate reconhecido pela organização ocorreu entre o norte-americano Jack Dempsey e o francês Georges Carpentier, na categoria de pesos-pesados, em 2 de julho de 1921, no Boyle’s Thirty Acres, em Jersey City. Esta foi também a primeira luta transmitida pelo rádio.



Com o crescimento da popularidade do boxe no mundo todo, a National Boxing Association (NBA) alterou seu nome para o atual, Associação Mundial de Boxe (AMB), em 23 de agosto de 1962.

 

Houve períodos em que determinadas categorias tem a peculiaridade de ter um campeão unificado, mas via de regra, o mais comum é que cada entidade tenha o seu próprio campeão. No final dos anos 80, a categoria dos Pesados conheceu um campeão unificado na figura de Mike Tyson. Tyson se tornou campeão da WBC, IBF e WBA. (A WBO ainda era uma organização recém-criada e portanto, não tinha muito prestígio ainda).

Nos anos 90 porém, essa unificação deixou de ocorrer, e tivemos vários campeões nesse período, o que pode deixar algumas pessoas confusas sobre a existência de campeões simultâneos. Essa postagem serve para tentar esclarecer um pouco, e falaremos sobre os detentores do cinturão da WBA nesse período.

Em fevereiro de 1990,Tyson ao ser derrotado por Buster Douglas perde seus cinturões da WBC, IBF e WBA. Logo em sua primeira defesa de cinturão, meses depois Buster é derrotado por Evander Holyfield.

Como campeão unificado, Holyfield reinou de outubro de 90 até novembro de 92. Realizou 3 defesas de cinturão nesse período. Perde os cinturões em sua quarta defesa, contra Riddick Bowe.

E foi com Bowe que a categoria deixa de ter um campeão unificado.

Um mês após se tornar campeão, Bowe se recusa a enfrentar o desafiante número 1 da WBC, Lennox Lewis. E numa coletiva de imprensa, choca a todos ao abdicar do cinturão da entidade jogando-o no lixo. Bowe continua como campeão da WBA e da IBF. Os cinturões da WBA e IBF continuariam juntos durante um determinado período na década de 90.

Lewis se torna o mais novo campeão da WBC sem precisar subir ao ringue. Isso ocorre em dezembro de 92.

Bowe defende o cinturão de maneira bem-sucedida 2 vezes, contra Michael Dokes e Jesse Ferguson. Em 6 de novembro de 1993 sofre sua primeira derrota na carreira e a consequente perda dos cinturões para Evander Holyfield. Evander se sagra bicampeão dos pesados.

Porém, o segundo reinado de Evander teve curta duração. Logo em sua primeira defesa, ele perde por pontos para o canhoto Michael Moorer, em abril de 1994.

A exemplo de Evander, Moorer também reinou somente por alguns meses. Em 5 de novembro do mesmo ano, ele foi nocauteado pelo veteraníssimo “Big” George Foreman no décimo round. Foreman entrava para a história como o mais velho campeão dos Pesados.

Em seguida, Foreman se recusou a enfrentar o desafiante número 1 da WBA, Tony Tucker. E em 5 de março de 1995 o cinturão da entidade ficou vago. Foreman permaneceu como campeão somente pela IBF.

Em 8 de abril de 1995 foi realizada uma disputa pelo cinturão, entre o desafiante número 1, Tucker, e o número 2, Bruce Seldon.

Seldon vence a luta por interrupção médica no sétimo assalto e se torna o improvável campeão. Ele realiza uma defesa de cinturão bem-sucedida, vencendo Joe Hipp por nocaute técnico em agosto de 1995.

Em setembro de 1996, Mike Tyson o derrota em poucos segundos no primeiro round. Tyson já havia conquistado também o cinturão da WBC meses antes ao derrotar Frank Bruno. Mas acabou não acumulando os dois títulos, uma vez que o desafiante número 1 da WBC era Lennox Lewis, Tyson abdica ficando apenas com o título da WBA.

Apenas 2 meses depois, em novembro de 1996, Mike faz sua primeira defesa de cinturão. Seria o tão aguardado combate com Evander Holyfield, que deveria ter ocorrido no início da década. Apesar de ser considerado o azarão, Holyfield vence Tyson por nocaute técnico no décimo primeiro assalto. Evander realiza a façanha de se tornar tricampeão dos pesados.

Meses depois, houve a revanche entre eles, onde ocorre o infame episódio das mordidas de Tyson nas orelhas de Holyfield. Tyson é desqualificado e Evander segue em seu reinado.

A próxima luta seria uma unificação entre WBA e IBF. E também a revanche entre Holyfield e Michael Moorer. Numa exibição de gala, Evander vence Moorer sem maiores dificuldades, em 8 de novembro de 1997.

Evander é bem-sucedido em mais uma defesa, dessa vez contra Vaughn Bean, vencendo-o por pontos numa decisão unânime.

O que viria a seguir seria a oportunidade da categoria ter um campeão unificado desde o episódio Bowe x Lixeira. Holyfield enfrentaria Lennox Lewis, tendo em jogo o cinturão das 3 entidades. O combate ocorreu no dia 13 de março de 1999. Porém, para frustração de todos, a luta terminou empatada na visão dos jurados.

Um novo encontro entre eles foi marcado, para o dia 13 de novembro do mesmo ano. Dessa vez, vitória de Lewis por pontos numa decisão unânime. Enfim, a categoria voltava a contar com um campeão unificado no final da década. Lewis seria o campeão unificado até abril de 2000. Mas isso é assunto para uma outra postagem.

 

Siga o Mndo MMA no FAcebook: https://www.facebook.com/search/top/?q=mundomma%20[oficial]&epa=SEARCH_BOX

Curta Nocaute na Rede no Facebook:  https://www.facebook.com/NocautenaRede/



Categorias
Boxe Nacional e InternacionalLutas
Sem Comentários

Responder

*

*

20 − 7 =

RELACIONADO POR