Amazonenses Sassarito e Mayana vencem no “Rei da Selva”, mas roraimense Aranha tira o cinturão de Renilson

A quinta edição do Rei da Selva Combat foi marcada pelas vitórias dos amazonenses Michel Sassarito e Mayana Kellem e pelo triunfo do roraimense Adail Aranha sobre Renilson Carvalho...

A quinta edição do Rei da Selva Combat foi marcada pelas vitórias dos amazonenses Michel Sassarito e Mayana Kellem e pelo triunfo do roraimense Adail Aranha sobre Renilson Carvalho na luta principal que rendeu ao visitante o cinturão dos meio-médios. Os combates aconteceram na noite deste sábado, 20 de junho, com casa cheia e uma megaestrutura na quadra da escola de samba Aparecida, em Manaus. A família do saudoso mestre Ajuricaba Mascarenhas, representada pelos irmãos Cristiano e Iran, foi homenageada pelos organizadores do Rei da Selva, Sammy Dias e Diogo Dutra.

SASSARITO DOMINA CHÃO



O gigante Michel Sassarito (SD System/Checkmat-AM) usou bem sua estatura (1,91m) para manter a distância e dominar a luta contra Ary Marcel “Chocolate”, da Paraíba. O manauara provou que tem um melhor jogo de jiu-jítsu e levou ao adversário ao chão, vencendo a peleja com um nocaute técnico obtido no ground and pound aos 3 minutos do primeiro round.

Michel Sassarito vence Chocolate (Foto: Emanuel Mendes Siqueira)

Michel Sassarito vence Chocolate (Foto: Emanuel Mendes Siqueira)

 

MAYANA NO CORAÇÃO

Na única luta feminina da noite, a visitante Juh Moura (Paraíba) começou impondo seu jogo no primeiro round, mas no coração e na trocação, a amazonense Mayana minou a resistência da oponente nos dois rounds seguintes com jabs e chutes, vencendo por decisão dividida dos juízes e manteve o cinturão dos galos.

“Antes da luta falei que esse título ia ficar aqui. O que é da selva fica na selva”, comemorou a atleta da equipe Show Time/Top Life.

Mayana Kellem vence Juh Moura e mantém o cinturão dos galos femininos (Foto: Emanuel Mendes Siqueira)

Mayana Kellem vence Juh Moura e mantém o cinturão dos galos femininos (Foto: Emanuel Mendes Siqueira)

 

RORAIMENSE QUEIXO DURO

No combate principal, um choque de gigantes dos meio-médios. O amazonense Renilson Carvalho (MPBJJ/Nova União) colocou seu cinturão em jogo contra o roraimense Adail Aranha (Extremo Norte) e o adversário mostrou que tem um queixo duro e uma mão pesadíssima. Renilson começou bem, trocando socos e acertado joelhadas que fizeram o adversário ir ao chão. No entanto, Adail se recuperou e contra-atacou como um “tanque de guerra” e acabou com o reinado do manauara com um nocaute técnico aos 2 minutos e 15 segundos do primeiro round.

 “O evento foi excelente, agradeço a organização e a minha equipe. Foi uma honra lutar aqui em Manaus, que é uma terra de grandes atletas do UFC, e voltar para casa com esse cinturão”, comentou o novo campeão dos meio médios do Rei da Selva.

Adailson Aranha derrotou Renilson e se tornou o novo campeão meio médio (Foto: Emanuel Mendes Siqueira)

Adailson Aranha derrotou Renilson e se tornou o novo campeão meio médio (Foto: Emanuel Mendes Siqueira)

 

DESAFIO INTERNACIONAL

Ainda pelo card principal, o Rei da Selva 5 também proporcionou o desafio internacional entre Brasil e Moldávia. Heliton dos Santos (SD System/Checkmat) se comportou como um anfitrião indigesto ao vencer Serghei Morari (Moldávia/Mascarenhas Team) por nocaute técnico aos 3 minutos do primeiro round.

 

RESULTADOS DO REI DA SELVA COMBAT 5

 

CARD PRINCIPAL

 Até 77,600 kg (meio-médio) – Adail Aranha (Extremo Norte/Boa Vista-RR) venceu Renilson Carvalho (MPBJJ/Nova União-AM) por nocaute técnico aos 2min15seg do primeiro round;

Até 61,200 kg (galo) – Mayana Kellem (Show Time/Top Life-AM) venceu Juh Moura (Team Nova União/PB) por decisão dividida dos juízes;

Até 70,300 kg (leve) – Michel Sassarito (SD System/Checkmat/AM) venceu Ary Marcel “Chocolate” (Team Nova União/PB) por nocaute técnico aos 3min do primeiro round;

Até 70,300 kg (leve) – Rafael Ceará (MPBJJ/Nova União-AM) x Filipe Santos (Kratos Top Team-AM) – LUTA CANCELA, Rafael Ceará passou mal antes do evento;

Até 61,200 kg (galo) – Heliton dos Santos (SD System/Checkmat/AM) venceu Serghei Morari (Mascarenhas Team-AM/Moldávia) por nocaute técnico aos 3min do primeiro round;

 

CARD PRELIMINAR

Até 65,800 kg (pena) – Joaquim Polônia (Team Mascarenhas-AM) venceu Felipe Rego (Império CT/SD System-AM) por decisão dividida dos juízes;

Até 65,800 kg (pena) – Kenny de Araújo (Osvaldo Alves/ABLE-AM) venceu Victor Castro (Kratos Top Team-AM) por finalização em triângulo de mão aos 4min;

Até 77,600 kg (meio-médio) – Josiel Costa (Team Cardoso-AM) venceu Wilgson Jamaica (CTL-AM) por decisão unânime dos juízes;

Até 65,800 kg (pena) – Marcos Marajó (SD System/Checkmat-AM) venceu Helrison Leite (Academia de MMA Mestre Fran-AM) por finalização em triângulo a 1min51seg do primeiro round;

Até 56,700 kg (mosca) – Júnior Rodrigues (Eulen Viana Tigers Legion Team-AM) venceu Paulo André Costa (OCS Monteiro-AM) por decisão unânime dos juízes.

 

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
LutasMMA Nacional

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede, sonha em seguir carreira na área esportiva; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral (principalmente MMA, futebol e basquete); Praticante de MMA e muay thai;
Um Comentário
  • Calendário MMA | Nocaute na Rede
    13 julho 2015 at 13:27
    Responder

    […] Championship 28 (Guangzhou/China) 20/06 – Resultados:  Jungle Fight 78 20/06 – Resultados:  Rei da Selva 5 (Manaus) 26/06 – Resultados:  Bellator 139 : Kongo vs Volkov 26/06 – Aspera FC 21 (São […]

  • Responder

    *

    *

    três × cinco =

    RELACIONADO POR