Análise, Resultados e Bônus: A Leitura do UFC 201: Lawler vs. Woodley

O Ultimate Fighting Championship foi até a Philips Arena, casa do Atlanta Hawks, da NBA, em Atlanta, Georgia, EUA, para a edição de número 201. A luta principal contou...

O Ultimate Fighting Championship foi até a Philips Arena, casa do Atlanta Hawks, da NBA, em Atlanta, Georgia, EUA, para a edição de número 201. A luta principal contou com a disputa de cinturão peso meio-médio entre Robbie Lawler e Tyron Woodley, e o card ainda contou com grandes lutas como Karolina Kowalkiewicz x Rose Namajunas e Jake Ellenberger x Matt Brown.

Deixando a introdução para trás, segue a minha breve leitura do UFC 201 (análises mais detalhadas das lutas saem no decorrer da semana no PitacoEsportivo.com)



 

Robbie Lawler x Tyron Woodley Lawler

Na luta principal da noite, o até então campeão mais brutal do plantel do UFC, Robbie Lawler colocava seu cinturão em jogo contra o desafiante Tyron Woodley, que roubou a cena.

Robbie Lawler começou controlando o centro do octógono logo cedo, graças a uma recuada proposital de Tyron Woodley, que provavelmente procurava espaço para encaixar o mesmo cruzado de direta que nocauteou Josh Koscheck. Passados alguns segundos, Lawler perdeu o controle do cage e Woodley começou a pressionar, até forçar o clinch e colocar o campeão de costas para a grade, mas as ações não agradaram o juiz, que logo separou a luta.

Woodley conseguiu o controle do octógono novamente e, assim que viu espaço, entrou com o seu famoso direto de direita com passada (ele foi minuciosamente detalhada na minha prévia aqui, clique para entender melhor) de forma rápida e explosiva, mandando Lawler a knockdown.

T-Wood terminou a luta massacrando Robbie no ground and pound e conseguiu a maior vitória de sua carreira, se tornando o décimo primeiro campeão meio-médio do UFC. Agora, que venha Stephen Thompson (ou Georges St. Pierre, a esperança nunca acaba).

 

Karolina Kowalkiewicz x Rose Namajunas

Na co-luta principal, duas das melhores pesos palhas do planeta se enfrentaram numa das melhores e mais movimentadas lutas da noite.

Kowalkiewicz começou lutando na média distância, enquanto Namajunas tentava jogar na longa, mas quando encurtava, era mais contundente no pocket utilizado sequencias de cruzados abertos. Kowalkiewicz ia tentando pressionar e ser mais agressiva, além de utilizar muito bem os low kicks. Namajunas ia trabalhando bem os contragolpes com cruzados por cima dos golpes da adversária. No minuto final do primeiro round, a luta foi para o clinch, onde Kowalkiewicz acertou ótimas joelhadas e socos em sequência, mas Namajunas conseguiu o controle e caiu por cima, após quase dar as costas, na meia guarda. Marquei 10-9 Namajunas.

No segundo round, Kowalkiewicz conseguiu chegar no clinch de novo, onde usou mais uma sequencia de fortes joelhadas. Namajunas esgrimou e colocou a adversária de costas pra grade, onde teve total controle posicional, mas Kowalkiewicz foi muito mais efetiva e contundente com suas joelhadas e cotoveladas. Quando a luta voltou a trocação, Rose dava bons sinais da média pra longa distância, mas foi ofuscada por mais clinchs e joelhadas da polonesa. Marquei 10-9 Kowalkiewicz.

No terceiro round, Kowalkiewicz voltou tentando colocar mais pressão, enquanto Namajunas ia tentando trabalhar a manutenção de distância. Além das joelhadas, Rose teve de lidar com chutes no corpo desferidos pela polonesa, que se encontrou na luta exatamente com isso, golpes no corpo. Namajunas era bem contundente no pocket com seus socos mais abertos, mas foi pouco do que ela pode oferecer. Kowalkiewicz ainda defendia as tentativas de queda e conseguiu chegar novamente no clinch, onde acertou mais boas joelhadas e caiu por cima. Namajunas tentou pegar uma chave de braço pouco tempo depois, mas foi anulada pela polonesa. Kowalkiewicz controlou a luta durante um bom tempo no solo, Rose ainda tentou mais finalizações, como triangulo e omoplata, mas não encaixou nenhuma. Marquei 10-9 Kowalkiewicz no terceiro round e 29-28 Kowalkiewicz na luta toda.

 

Jake Ellenberger x Matt Brown

Quando dois dos meio-médios mais violentos do mundo se encontram, tudo é possível. Até mesmo um massacre do veterano Ellenberger em cima do segundo maior favorito da noite.

Jake abriu a luta com um knockdown relâmpago utilizando um diretaço de direita por cima nos segundos iniciais, quase conseguindo o nocaute com seu ground and pound. Matt Brown foi duro e conseguiu voltar a luta, se levantando e começando a colocar pressão e a controlar o centro do cage, mas Ellenberger acertou um chute de esquerda no corpo de Brown, que foi novamente a knockdown. Dessa vez, o Juggernaut encerrou a luta usando o ground and pound num Matt Brown que nem se quer conseguiu se protegeu no chão.

 

Erik Perez x Francisco Rivera

Francisco Rivera foi colocando pressão desde o primeiro segundo de luta, controlando o centro do octógono e sendo mais contundente nos golpes. Erik Perez jogava na longa distância, tentando bater e sair e utilizando clinch na grade. Com o passar do tempo, Perez começou a variar na trocação e foi lutar na média distancia também, além de usar bons inside leg kicks.

Rivera, quando viu que estava levando um atraso, começou a ficar mais agressivo, mas estava apenas tentando achar espaço para entrar com um cruzado de esquerda ou direto de direita para encerrar a luta com um nocaute.

No terceiro round, Perez mandou sua inteligência pra outro planeta e começou a trocar brutalmente no pocket com Rivera, a pior coisa possível que ele podia fazer. Os dois sentiram os golpes e quase foram a knockdown, mas logo Perez buscou uma queda e caiu por cima, onde controlou a luta por um bom tempo e garantiu mais um round a seu favor. Marquei 30-27 Perez.  

 

Confira todos os resultados do evento:

Tyron Woodley derrotou Robbie Lawler por nocaute aos 2:12 do 1º round

Karolina Kowalkiewicz derrotou Rose Namajunas por decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28)

Jake Ellenberger derrotou Matt Brown por nocaute técnico a 1:49 do 1º round

Erik Perez derrotou Francisco Rivera por decisão unânime (30-26, 30-26, 29-28)

Ryan Benoit derrotou Fredy Serrano por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Nikita Krylov derrotou Ed Herman por nocaute aos 40 segundos do 2º round

Jorge Masvidal derrotou Ross Pearson por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27)

Anthony Hamilton derrotou Damian Grabowski por nocaute técnico aos 0:14 do 1º round

Wilson Reis derrotou Hector Sandoval por finalização a 1:49 do 1º round

Michael Graves empatou com Bojan Velickovic por decisão majoritária (30-27, 28-28, 28-28)

Damien Brown derrotou Cesar Arzamendia por nocaute aos 2:27 do 1º round

 

E os bônus também:

Luta da noite: Karolina Kowalkiewicz x Rose Namajunas

Performance da noite: Tyron Woodley e Jake Ellenberger



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Bacharelando em Jornalismo, Analista de MMA e boxe no PitacoEsportivo.com e Nocaute na Rede. Contatos: [email protected] (via e-mail) e @kauemcd (via Twitter)
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    7 + 15 =

    RELACIONADO POR