Anthony Johnson está ‘on’ e faminto pela coroa dos 93kg

'Rumble' já teve duas passagens pelo UFC. A segunda com muito sucesso, disputando o cinturão por duas vezes
Anthony Johnson de volta ao jogo (Foto: MMA Junkie)

Jon Jones anunciou que estava se retirando do posto de campeão dos meio-pesados e ainda que, quando retornar, será para construir uma nova história, dessa vez como peso-pesado. Após anos e anos de especulações, parece que isso finalmente se tornará uma realidade. E Anthony Johnson, um dos grandes lutadores que a categoria 93 teve nos últimos anos, anunciou que está de volta ao jogo.

O lutador se aposentou após a segunda derrota para Daniel Cormier, quando justamente disputou o cinturão pela segunda vez. Por sinal, desde quando retornou ao UFC, em 2014, somente ‘DC’ foi capaz de sobreviver e parar ‘Rumble’. Foram 8 lutas, 6 vitórias (5 nocautes) e apenas duas derrotas para o mesmo lutador. Nesse período, foi indiscutivelmente o dono das mãos com maior poder de nocaute entre todos na Organização . A questão é: ‘Rumble’ conseguirá voltar à elite do esporte? E mais, consegue pegar finalmente o cinturão?



Anthony "Rumble" Johnson joins BKFC as Head of Fighter Relations

Anthony Rumble atuando como embaixador do BKFC (Foto: Reprodução/ My MMA News)

No período de aposentadoria ele estava envolvido com seu empreendimento pessoal e atuando como embaixador do Bare Knucke Fighting Championship, Organização americana que realiza lutas de boxe sem luvas e recentemente contratou Paige Vanzant oferecendo-lhe um contrato milionário. Mas nesse período Johnson não deixou os treinos e mostrou inclusive um ‘shape’ bem legal, principalmente pra quem não tá em treino para competição.

Ele se aposentou aos 33 anos, bem jovem para o esporte, e erapouco provável que em algum momento não retornasse. O próprio lutador disse em uma coletiva de imprensa do BKFC que estava com saudades das lutas, algo que é muito comum de vermos. Não é a toa que nomes como BJ Penn, Georges St. Pierre, Chuck Liddell, Tito Ortiz, Royce Gracie e muitos outros voltaram em algum momento. Lógico que há uma compensação financeira alta pra esses caras, mas a nostalgia, a vontade ver o público novamente enlouquecido diante de suas performances, os nomes na “boca do povo”, tudo isso forma um pacote muito atraente e que influencia na decisão de “back to the game”.

‘Rumble’ está com 36 anos. São 3 anos sem lutar e ainda vai ficar mais um pouco. Precisa antes passar 6 meses sendo testado pela USADA, não testar positivo no antidoping nesse período e só aí estará liberado para pisar novamente no ‘cage’. Pode ser que ele precise de um tempo para se readaptar, afinal são 3 anos nos quais está treinando muito, mas uma coisa é treino e a outra é a luta. E a idade não deve ser um grande problema, pelo menos não a princípio.

Anthony 'Rumble' Johnson on Jon Jones: He's a dominant force but I ...

Anthony Johnson parece ter focado não só nos treinos de artes marciais, mas também também de musculação (Foto: Reprodução/ MMA Índia)

Hoje, no top 5 da categoria, Dominick Reyes é o mais novo, já com 30 anos. Anthony Smith tem 32, Marreta tem os mesmos 36, Jan Blachowicz tem 37 e “Glovão” já chegou na casa dos 40. E se estendermos as contas para o top 10, somente 3 tem abaixo dos 30: Nikita Krylov, Aleksandar Rakic e Jiri Prochazka. Essa faixa etária nivelada tende a deixar as coisas mais equilibradas, sendo uma dificuldade a menos.

Por outro lado, se Johnson consegue chegar no gás, com adaptação fácil e com performances iguais ou pelo menos próximas as que ele fazia 3 anos atrás, entra outra pergunta: quem tem poder suficiente pra conseguir parar esse tanque de guerra? Nesse período em que esteve no UFC, de 2014 a 2017, somente um wrestler olímpico conseguiu derrubar ‘Rumble’ e consequentemente saiu vitorioso. Nem mesmo o habilidoso wrestler Phil Davis foi capaz de fazer o mesmo. Dentro do top 10 da categoria, hoje, ninguém é conhecido pela alta capacidade de wrestling ofensivo. Sobraria então sair na mão.

Aí é preciso ter muito culhão pra trocar socos com ‘AJ’. Em sua última passagem pelo Ultimate, todos que tentaram isso acabaram sucumbindo. Até mesmo Cormier, antes de conseguir vencer por finalização, sofreu com a poderosa mão direita no primeiro confronto entre eles. Até hoje muitos se perguntam como ‘DC’ conseguiu sobreviver a tamanha brutalidade. 

anthony johnson daniel cormier gif | WiffleGif

‘DC’ sobreviveu à brutal mão direita de Anthony Johnson (Reprodução/ Wiffle Gif)

Fato é que se Johnson retornar, principalmente lutando bem, quem ganha é o público, que sempre gosta de ver um nocauteador brutal que deixa adversários estatelados no chão. Mas e você, caro apreciador das artes marciais, acha que Anthony Johnson vai retornar bem? Tem capacidade de fazer frente aos outros nomes que estão no topo da divisão neste momento? Vai conquistar finalmente o cinturão? Deixa aí seu comentário.

Texto e edição: Kaio Lima

 

Siga nas redes sociais:

Instagram do Nocaute na Rede: https://www.instagram.com/redenocaute/?hl=pt-br
Instagram de Kaio Lima: https://www.instagram.com/kaiotlima.mma/
Canal no youtube: https://www.youtube.com/channel/UCJyqMrz4n0oY5rUx3CsvhWg



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede,; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral; MMA é uma paixão absurda; Praticante de MMA e muay thai; Crítico Social
Sem Comentários

Responder

*

*

4 × três =

RELACIONADO POR