Antônio ‘Cara de Sapato’ rebate acusações de espionagem feitas por Brad Tavares

Brasileiro se defendeu de acusações de espionagem feitas por seu oponente no UFC 257
Cara de Sapato responde acusações de B. Tavares sobre suposta espionagem. (Foto: Reprodução/Instagram UFC)

Os ânimos de Antônio ‘Cara de Sapato’ e Brad Tavares estão acirrados. Com luta marcada para o UFC 257, neste sábado (23), na Ilha da Luta, em Abu Dhabi, os lutadores tem trocado acusações nos meses que antecedem o combate. Agora foi a vez do brasileiro rebater as acusações de espionagem feitas por seu oponente.

Em entrevista ao Ag. Fight, ‘Cara de Sapato’ em negou as acusações de Brad Tavares, que declarou ao site ‘MMA Junkie’ que o rival enviou pessoas para espionar seus treinos e tirar informações privilegiadas. “Não sei de onde ele tirou ou quem inventou isso, porque não liguei para ninguém para perguntar isso. As lutas dele estão aí e estudei tudo. Isso daí faz parte do camp de treino, estudar, saber o ponto forte, as brechas. E ele vai vir com o jogo dele de sempre, pode vir com um ajuste ou outro, mas de uma forma geral vai ser parecido. Até imagino quem foi, mas desconheço do caráter dele, mas quem passa esse tipo de informação é um mau caráter. Se eu tivesse até um amigo que tivesse treinado com ele, até poderia. Nunca com alguém que está agora para colocá-lo em uma situação dessas. Não sou mau caráter. Mas se foi alguém que já trabalhou com ele, perguntaria porque quero colher o máximo de informação para saber por onde eu posso ir”, disse o atleta, antes de completar”, se defendeu.



O brasileiro ainda levantou a tese que as acusações seriam uma tentativa de desestabilizá-lo. “Quero achar o caminho mais fácil para vencê-lo, impondo meu jogo. Não sei se foi invenção dele ou algum louco que falou isso. Pode ser até uma fraqueza dele mesmo. Não vem de um momento bom e jogou essa para tentar desestabilizar, mas nada me afeta agora não. Consigo ver fraqueza nesse tipo de atitude dele”, completou.

Parado desde 2019, ‘Cara de Sapato’ retorna ao Ultimate neste sábado para tentar reverter o momento que vive na organização. Tanto o brasileiro quanto Brad Tavares vem de uma sequência de duas derrotas seguidas no UFC.

 



Categorias
Lutas
Sem Comentários

Responder

*

*

18 − nove =

RELACIONADO POR