Após ano glorioso, XFC anuncia planos de expansão para 2015

O ano de 2014 trouxe um marco na história do MMA brasileiro. Com a chegada do XFC, pela primeira vez uma organização internacional desembarcou no país com transmissão ao...

O ano de 2014 trouxe um marco na história do MMA brasileiro. Com a chegada do XFC, pela primeira vez uma organização internacional desembarcou no país com transmissão ao vivo de todas as suas edições em TV aberta, em parceria com a RedeTV!, e um programa semanal na grade da emissora. Nas oito edições realizadas e transmitidas para mais de 120 milhões de casas, novos atletas foram alçados ao estrelato e terão, em 2015, a oportunidade de mostrar seu talento ao mundo inteiro. A organização administrada pelo norte-americano Myron Molotky tem previstas para 2015 entre duas e quatro edições nos Estados Unidos e até duas na Europa.

(Foto: Marcelo Franco/ Fusion Photography)

(Foto: Marcelo Franco/ Fusion Photography)

No calendário brasileiro do XFC, serão entre oito e dez eventos, a começar pelo XFCi 9, em março, quando será disputada a final do torneio peso-mosca feminino (até 56,7kg), entre Poliana Botelho e Silvaneide “Marretinha” Pereira. No mesmo dia, acontecem as semifinais peso-palha feminino (até 52,2kg) e peso-galo masculino (até 61,2kg), com duelos internacionais. Os demais GPs serão definidos nos próximos dois eventos, encerrando assim a segunda temporada de competição. Para a terceira, estão em planejamento eventos na cidade de Belo Horizonte (MG), onde foi realizado neste mês um treino aberto para observação de talentos, e em outras cidades do Brasil e países da América Latina, como México, Argentina e Costa Rica.

“Era hora de tirarmos vantagem das oportunidades apresentadas. O XFC tem muito mais do que grandes lutas para oferecer”, analisa o presidente, Myron Molotky. “Como é notório, o MMA é gigantesco no Brasil e em outros lugares do mundo, e muitos fãs têm pedido pela presença dos eventos do XFC em suas regiões. Uma de nossas metas para 2014 foi trazer reconhecimento a alguns dos principais atletas do mundo e representar o máximo de nações possíveis. Agora, com nossos parceiros de transmissão, estamos prontos para nos mostrarmos ao mundo. O próximo passo é expandir para novos mercados”.

A expansão do XFC foi brindada com um acordo com o Portal Terra, o maior da América Latina, que terá no “Terra TV” um programa semanal dedicado à franquia, levado a uma audiência de 60 milhões de pessoas por mês. O número de novos fãs da nova geração de campeões do MMA é crescente: na RedeTV!, o “XFC Show”, veiculado na sua grade todos os sábados à noite, tem tido excelentes resultados de audiência, exibindo reportagens especiais e momentos marcantes dos oito eventos já realizados no Brasil. O conteúdo é retransmitido pelo Portal UOL, ranqueado entre os 100 sites mais visitados do mundo pelo Alexa (um dos mensuradores de acesso de maior prestígio do mundo), e também pela HBO Latin America, que tem um acervo de vídeos do XFC.

“Nosso conteúdo e programação são distribuídos seis vezes mais do que quando estávamos apenas nos Estados Unidos”, relata o CEO do XFC Edward Jung. Hoje, o XFC pode ser visto em mais de 230 milhões de residências, número bem superior a muitos outros grandes eventos de MMA. Isso, sem contar nossa transmissão pelo site, que possibilita ao mundo inteiro acompanhar os eventos no Brasil, e alcance de redes sociais. Em 2015, vamos anunciar novas parcerias que vão colocar o XFC em mais de 400 milhões de casas nos Estados Unidos, Europa e América Latina. Seremos a segunda organização de MMA mais vista do mundo, um grande feito em apenas um ano”.

Talento de nível mundial no plantel do XFC

Em 2014, o XFC vivenciou um grande aumento de qualidade em seu plantel. Novos lutadores foram contratados, como o veterano Junior Assunção (15v5d) e os promissores Allan Nascimento (14v2d), Fernando Vieira (11v2d), Alberto Uda (7v0d), Natan Schulte (9v2d) e Will Galvão (4v1d), além do americano Farkhad Sharipov (14v6d). Entre as mulheres, as novas aquisições do XFC revelaram grande talento: Vanessa Guimarães (4v2d), Julie Werner (8v4d), a argentina Silvana Gomez (5v0d), a venezuelana Mayerlin Rivas (5v0d) e a ucraniana Maryna Moroz (5v0d).

Lutadores desligados da franquia

Com isso, foi preciso realizar a dispensa de uma série de lutadores que não atendiam ao nível de exigência do XFC, seja técnico ou de comprometimento. Entre as dispensas, estão os ex-campeões Deivison “Dragon” Ribeiro, que deixa vago o cinturão peso-pena (até 66,1kg), e Pearl González, do peso-mosca (até 56,7kg). Ambos recusaram inúmeras oportunidades de defesa de título e não fazem mais parte do plantel do evento.

Para o ano de 2015, o XFC conta com um plantel de 125 lutadores contratados sob regime de exclusividade, representando 27 países diferentes. Para mais informações, acesse www.XFCMMA.com.

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek



Categorias
LutasMMA InternacionalXFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

14 + nove =

RELACIONADO POR