Após derrota para Ngannou, Cain Velasquez leva suspensão médica de seis meses

Além de Cain, mais 8 atletas receberam gancho de 180 dias
Cain Velasquez / Foto: UFC / Tatame

Ex-campeão peso pesado do Ultimate, Cain Velasquez só deverá retornar no segundo semestre de 2019. Tudo por que nesta quarta-feira, foi divulgada a lista de suspensões médicas do UFC Phoenix, onde o lutador da AKA está no topo.

De acordo com a lista, Cain ficará fora dos octógonos por 180 dias (6 meses), devido a lesão que sofreu no joelho, na luta contra Francis Ngannou. Além do ex-campeão peso pesado, mais 8 atletas pegaram um gancho de 180 dias: Cynthia Calvillo, Cortney Casey, Vicente Luque, Bryan Barberena, Jimmie Rivera, Luke Sanders, Nik Lentz e Ashlee Evans-Smith.

Mas o caso mais grave, é o de Paul Felder. Apesar de ter derrotado James Vick, o lutador sofreu um colapso pulmonar durante a luta, que de acordo com os médicos, foi causado graças a um chute que Felder recebeu na costela no final do 3º round, que acabou perfurando o pulmão do norte americano. Devido a essa grave lesão, ele está suspenso por tempo indeterminado.

Veja a lista completa:

Paul Felder: Suspenso indefinidamente
Cain Velasquez: Suspenso 180 dias
Cynthia Calvillo: Suspensa 180 dias
Cortney Casey: Suspensa 180 dias
Vicente Luque: Suspenso 180 dias
Bryan Barberena: Suspenso 180 dias
Jimmie Rivera: Suspenso 180 dias
Luke Sanders: Suspenso 180 dias
Nik Lentz: Suspenso 180 dias
Ashlee Evans-Smith: Suspenso 180 dias
Renan Barao: Suspenso 60 dias
James Vick: Suspenso 30 dias
Myles Jury: Suspenso 30 dias
Aljamain Sterling: Suspenso 30 dias
Scott Holtzman: Suspenso 30 dias
Andrea Lee: Suspensa 30 dias



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Douglas Barcellos, gaúcho de Guaiba/RS.
Sem Comentários

Responder

*

*

1 + dezesseis =

RELACIONADO POR