Após vitória sobre Mousasi, treinador só quer Jacaré lutando pelo cinturão

Preparador físico e um dos mentores de Ronaldo Jacaré há quase uma década, Rogério Camões acredita que chegou o momento de seu pupilo disputar o cinturão dos pesos-médios (até...

Preparador físico e um dos mentores de Ronaldo Jacaré há quase uma década, Rogério Camões acredita que chegou o momento de seu pupilo disputar o cinturão dos pesos-médios (até 83,9kg) do UFC. A vitória por finalização sobre Gegard Mousasi, no dia 5 de setembro, colocou o brasileiro na segunda posição do ranking da categoria, atrás apenas de Anderson Silva e do detentor do cinturão, Chris Weidman. Após mais um desafio superado e a sétima vitória seguida na carreira – quatro no UFC – Camões espera que a organização o credencie como desafiante ao título.

235851_442360_jaca_e_camoes

Camões esteve ao lado de Jacaré nas últimas vitórias consecutivas no UFC (Divulgação / UFC)

Ronaldo Jacaré é apontado como um dos favoritos a enfrentar o vencedor do duelo entre Vitor Belfort e Weidman. O duelo entre o fenômeno e o atual campeão aconteceria em dezembro, mas foi adiado para fevereiro de 2015 devido a uma lesão do norte-americano.



“O Jacaré não precisa de mais desafios. Ele está preparado, pronto e evoluído em todos os sentidos no MMA. Sem dúvidas, vai encarar o vencedor dessa luta. Não tem mais porque colocá-lo para enfrentar outro rival da categoria. Todos já tiveram a chance, menos o Ronaldo. Tenho certeza que a organização entende isso e ele vai disputar o cinturão no ano que vem”, comenta Camões.

Após a excelente vitória sobre Mousasi, comentou-se que Jacaré, antes de disputar o cinturão, poderia ter um confronto com o compatriota Lyoto Machida, que inverteu a posição no ranking com o próprio Ronaldo, ficando em quarto. Para Camões, esse duelo dificilmente irá acontecer.

“O Lyoto já teve a chance dele e perdeu para o Weidman. Acho que não tem por que colocar uma luta dessas. Vai ser um desgaste grande e desnecessário. O Anderson Silva está voltando de lesão e vai lutar no ano que vem. Vitor e o Chris (Weidman) vão se enfrentar em fevereiro e uma luta contra o Luke Rockhold não tem necessidade. Quem for dono do cinturão dos médios, vai ter que se deparar com o Ronaldo Jacaré”, opina.

Das sete vitórias consecutivas, Jacaré alcançou quatro por finalização, duas por nocaute e uma por decisão unânime dos juízes Ronaldo Jacaré carrega consigo o impressionante cartel de 21 vitórias e apenas três derrotas no MMA, a última delas em setembro de 2011, para o norte-americano Luke Rockhold, numa controversa decisão dos árbitros. Pelo UFC, não foi superado desde sua estreia, em maio de 2013.

Aproveitando o período de descanso, Ronaldo Jacaré irá passar por uma pequena intervenção cirúrgica na próxima semana. O lutador vai retirar pequenos fragmentos de ossos alocados em seu cotovelo. Esta será a segunda operação do peso-médio neste ano.

“Ele tem sentido um pouco de dor. Fez exames e constatou que ele estava com uma pequena compreensão no nervo ulnar (localizado na parte medial do cotovelo) Estava sentindo alguns dedos dormentes e os médicos constataram que era preciso aliviar essa pressão neste nervo. Nada que preocupe. Após um mês ele já vai estar treinando, de uma forma mais leve, e depois retoma o ritmo normal. Correndo tudo bem, em janeiro ou fevereiro terá condições de lutar e esperamos que o anúncio seja contra o vencedor de Weidman e Belfort. O Jacaré tem que disputar o cinturão e vai estar pronto para isso”, conta Camões.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Sem título



Categorias
LutasUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

1 × um =

RELACIONADO POR