B.J. Penn, 37 anos hoje!

Nascido em Kailua, Havaí, em 13 de dezembro de 1978, Jay Deen Penn completa hoje 37 anos de idade. Muito mais conhecido como B.J. Penn, o havaiano que hoje...

Nascido em Kailua, Havaí, em 13 de dezembro de 1978, Jay Deen Penn completa hoje 37 anos de idade.

Muito mais conhecido como B.J. Penn, o havaiano que hoje está ficando mais velho, é um ícone do MMA mundial. Ao lado de Randy Couture, são os únicos lutadores a se tornaram campeões do UFC em duas categorias diferentes. No caso de B.J., foi na categoria dos Leves e Meio-Médios. Além disso também se tornou o primeiro atleta não-brasileiro campeão mundial de Jiu-Jitsu na faixa preta.



B.J. Penn vs Matt Hughes UFC 123 (Foto: UFC/Divulgação)

B.J. Penn vs Matt Hughes UFC 123 (Foto: UFC/Divulgação)

Com um cartel de dezesseis vitórias, dez derrotas e dois empates, Penn fez muito mais que história no MMA. Começou sua carreira profissional nas artes marciais mistas em maio de 2001, depois de ser convencido por Dana White a ingressar no UFC. “O Prodígio” havia acabado de ganhar o campeonato mundial de Jiu-Jitsu e assim como o título, o apelido veio junto. Faixa preta de André Pederneiras, B.J. não decepcionou e emplacou três vitórias logo de cara, chegando a disputar o cinturão dos Leves em menos de um ano. Acabou perdendo a disputa, e em seguida, após mais duas vitórias, veio uma nova chance pelo cinturão e mais uma decepção. B.J. Penn empatou com o mesmo Caol Uno que já havia vencido há dois anos. Na sequência mais uma vitória, dessa vez em um evento diferente, contra Takanori Gomi em outubro de 2003. Na sua volta ao UFC, B.J. disputou e ganhou o cinturão dos Meio-Médios de Matt Hughes. Começava ali uma nova era.

Após conquistar o título, Penn deixou o UFC por dois anos e entre vitórias e derrotas, inclusive uma para um Lyoto Machida com mais de cem quilos, “O Prodígio” retornou para buscar novamente seu cinturão. Em sua volta, B.J. perdeu para George Saint Pierre e na sequência, novamente para Matt Hughes em mais uma disputa de cinturão em setembro de 2006.

Em 2008 conquistou o cinturão dos Leves após vencer Joe Stevenson e em 2009 perdeu novamente para George St. Pierre, em disputa pelo cinturão dos Meio-Médios. Depois de mais duas defesas de seu cinturão Peso Leve, “O Prodígio” o perdeu para Frank Edgar por duas vezes seguidas em 2010. No mesmo ano, retornou aos Meio-Médios em sua terceira luta contra Matt Hughes, vencendo-o por nocaute. Já em 2011 perdeu para Nick Diaz e anunciou sua aposentadoria, voltando da mesma, no ano seguinte e sendo derrotado por Rory MacDonald. Ano passado foi técnico do TUF 19 vindo a lutar com Frank Edgar ao final do Reality. B.J. Penn saiu derrotado e se aposentou de vez.

B.J. Penn (Foto: UFC/Divulgação)

B.J. Penn (Foto: UFC/Divulgação)

Como pode-se perceber a história do UFC e do MMA se confundem com a própria história deste havaiano que só acrescenta fãs pelo mundo. Muitos dos quais querem sua volta ao esporte, e quem sabe tal desejo não se torne realidade? Parabéns B.J. Penn!

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Ton Freitas.

 

 

 



Categorias
Lutas

Mineiro de Ubá, praticante de caratê, e formado em Produção Multimídia. Fã de MMA desde 2005, editor da galeria dos Campeões do UFC e redator de MMA Internacional.
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    cinco × dois =

    RELACIONADO POR