Ben Henderson volta a vencer, e Hugo Wolverine salva a pátria brasileira

Fechando o calendário de eventos do UFC no mês de Janeiro, o UFC on FOX 10 saboreou os fans com grandes lutas e belos nocautes, os brasileiros não tiveram muito sucesso, e Hugo Wolverine foi o que...

Fechando o calendário de eventos do UFC no mês de Janeiro, o UFC on FOX 10 saboreou os fans com grandes lutas e belos nocautes, os brasileiros não tiveram muito sucesso, e Hugo Wolverine foi o que melhor representou. Já na luta principal da noite, tivemos mais uma decisão apertada a favor de Ben Henderson, acostumado a vencer com uma decisão polêmica. Nas primeiras lutas da noite destaque para Nikita Krilov que com menos de um minuto de luta, acertou um belo chute em Harris  que sentiu, e com o adversário abalado, acertou uma boa sequencia de socos para encerrar  o combate.

Na luta seguinte Rhodes e Sullivan fizeram uma luta fraca, onde Sullivan saiu vencedor e na terceira luta da noite, Cruickshank deu show. Enfrentando Mike Rio, com ponto forte no jiu jitu, Cruickshank não deu chances, acertou vários golpes, e chutes rodados incríveis em Rio, que não aguentou por muito tempo, no segundo round Cruickshank acertou um lindo chute rodado e encerrou a luta com uma sequencia fulminante de golpes. Na quarta luta da noite Hugo Wolverine sofreu para vencer Junior Hernandez, controlando bem o octógono e com seu excelente jogo de boxe, venceu os dois primeiros round, mas no terceiro Hernandez foi pra cima e Wolverine sofreu para defender e não ser nocauteado, mas no fim das contas deu tudo certo em favor de Wolverine, vitória por decisão unanime.



25jan2014---wolverine-golpeia-ramiro-hernandez-no-ufc-on-fox-10-o-brasileiro-venceu-o-combate-por-decisao-unanime-1390699549915_956x500

Hugo Wolverine acertando Hernandez (Foto: Getty Images)

Na sequencia Chico Camus e Yaotzin Meza não fizeram uma grande luta, mas foram guerreiros, em um combate de muitas transições no solo, Camus saiu como vencedor. Já no próximo combate Wineland não deu sopa para o azar e entrou para nocautear Yves Jabouin, conseguiu um bom primeiro round e de forma estratégica foi minando o adversário. No segundo round Wineland conseguiu acertar um belo golpe em Jabouin que caiu, então Wineland pegou as costas, prendeu o canadense e liquidou a fatura.

Encerrando o card preliminar do evento, Alex Caceres e Sergio Pettis protagonizaram simplesmente a melhor luta da noite, foi uma luta que teve de tudo, transições do jiu jitsu e uma trocação a todo vapor, Pettis por muitas vezes chegou a acertar Caceres com incríveis chutes no rosto durante a luta. Já no segundo round Caceres chegou a aplicar um knockdown em Sergio Pettis, que resistiu. E para encerrar com chave de ouro essa incrível luta, no terceiro round, os lutadores se embolaram no chão, Pettis esqueceu de defender o pescoço e Caceres de forma muito inteligente, conseguiu encaixar um lindo mata leão, vencendo a luta. Caceres não só saiu vencedor, como também conquistou o premio de finalização da noite e luta da noite.

mma_e_cacerespettis_600x400

Caceres conectando um belo chute em Sergio Pettis (Foto: Getty Images)

Abrindo card principal Jeremy Stephens e Darren Elkins fizeram outra luta bem equilibrada e movimentada, vindo de uma vitória incrivel sobre Rony Jason, Stephens veio com sangue nos olhos, provando ser de fato o novo Top 10 e quem sabe em pouco tempo o desafiante a titulo da categoria dos penas. Stephens acertou os melhores golpes e frustou Elkins que tem como principal característica o jogo grappler, Elkins não se achou na luta e virou preza fácil para Jeremy Sthepens que se consagrou vencedor por decisão unanime.

Na sequencia o brasileiro Adriano Martins enfrentava o maior desafio da sua carreira, o perigoso cawboy, Donald Cerrone. Adriano Martins pouco fez na luta, parecia um pouco travado e aguardava Cerrone soltar o jogo. Dessa forma não demorou muito para Cerrone achar a distancia, e no finalzinho do round acertar um magnifico chute de direita perfeito no rosto de Adriano Martins que caiu nocauteado. Fim de luta, e ressurgimento de Donald Cerrone aos tops da categoria dos leves.

USATSI_7696054_149008644_lowres-590x392

Donald Cerrone aplicando o nocaute em Adriano Martins (Foto: Getty Images)

No co-main event da noite, Miocic começou estudando mais a luta e controlando o centro do octógono como faz de costume em suas lutas para só depois começar a atacar e desgastar o oponente. Napão começou melhor, acertando bons chutes, e no primeiro round chegou a conseguir acertar bons socos, um belo chute no rosto de Miocic, e derrubando o croata, Miocic também atacou bem, mas não foi tão efetivo quanto o brasileiro que foi um pouco melhor no acirrado primeiro round. 

A partir daí, Napão parecia que já tinha usado todo o seu gás na luta, o brasileiro já estava muito cansado no segundo round. Miocic então cresceu na luta, Napão não conseguiu nem chegar perto do Crota para tenar derruba-lo e ataca com precisão , nem risco de ser contra golpeado. J´ano terceiro round, tivemos mais do mesmo que no segundo round, Miocic dominava a luta e Napão mal podia respirar e ficar em pé, Miocic controlou o round com maestria, Napão chegou a cair desequilibrado e Miocic aproveitou para castiga-lo no ground and pound até o fim do combate. No fim das contas os juízes declararam Stipe Miocic como vencedor por decisão unanime.

20140126013207778808u

Stipe Miocic acertando Gabriel Napão( Foto: Getty Images)

Na luta principal da noite, Ben Henderson precisava mostrar porque já foi campeão e Thomson teria que mostrar porque deveria disputar o título contra Anthony Pettis. Thomson começou melhor na luta, conseguiu uma boa queda e tentou finalizar Henderson, quando conseguiu livrar-se do adversário às suas costas, o ex-campeão foi mantido nas grades, não tendo espaço para lutar. No finalzinho do round, Thomson ainda conseguiu uma belíssima queda. No segundo round, Henderson já encurtou a distância, e pressionou Thomson. Após alguns momentos de trocas de chutes, os dois foram separados pelo árbitro, mas voltaram rapidamente para a grade,  Thomson conseguiu novamente dominar as costas de Henderson e tentou finalizar, novamente sem sucesso. 

No terceiro e quarto round Henderson estava melhor na luta. A luta voltou para o centro do octógono por alguns momentos, antes de Thomson tentar sem sucesso uma derrubada. O combate era muito equilibrado, e Henderson aproveitava sua força física para se impor com bons golpes sobre o adversário e levar a luta para sua zona de conforto. Ben Henderson acertou alguns bons chutes em Josh Thomson durante esses rounds. No quinto round, Henderson voltou lutando de forma mais intensa que Thomson, aplicando uma bela joelhada no corpo do rival, que respondeu com um chute baixo. Henderson usava os chutes altos para manter Thomson à distância, mas Thomson achava espaços para encurtar a distância e tentar pressionar o ex-campeão nas grades, sempre buscando as suas costas. Nos final, ambos tentaram aplicar golpes curtos, mas nenhum foi conectado até o fim da luta. E no fim das contas Ben Henderson levou a melhor, vencendo por decisão dividida.

ben-henderson-josh-thomson

Henderson trocando golpes com Josh Thomson (Foto: Getty Images)

Bônus

Nocaute da Noite: Donald Cerrone

Finalização da noite: Alex Caceres

Luta da noite: Alex Caceres vs Sergio Pettis

Resultados

Ben Henderson venceu Josh Thomson por decisão dividida.

Sipe Miocic venceu Gabriel Napão por decisão unanime.

Donald Cerrone venceu Adriano Martins por nocaute no primeiro round.

Jeremy Stephens venceu Darren Elkins por decisão unanime.

Alex Caceres venceu Sergio Pettis por finalização no terceiro round.

Eddie Wineland venceu Yves Jabouin por nocaute técnico no segundo round.

Chico Camus venceu Yaotzin Meza por decisão unânime.

Hugo Wolverine venceu Ramiro Hernandez por decisão unânime.

Daron Cruickshank venceu Mike Rio por nocaute técnico no segundo round.

George Sullivan venceu Mike Rhodes por decisão unanime.

Nikita Krylov venceu Walt Harris por nocaute técnico no segundo round.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebookhttps://on.fb.me/143Aqek

Siga o Nocaute na Rede no Instagram: https://bit.ly/19p66yi

Curta Nossa Página no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Victor Nunes

Twitter: @vic_nr



Categorias
LutasUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

11 + 2 =

RELACIONADO POR