Benson Henderson inicia caminhada rumo a um feito inédito

Lutador quer recuperar a boa fase, o alto prestígio, e retornar ao topo do esporte
(Foto: Reprodução/ Bleacherreport)

Nesta sexta feira, 26, acontece o Bellator 160: Henderson vs Pitbull. O americano Benson Henderson volta a categoria peso leve e enfrenta o brasileiro Patrício Pitbull, ex campeão peso pena do Bellator e que agora fará sua primeira luta no peso leve da Organização.

Benson x Patricio fazem a encarada pós pesagem do Bellator 160 (Foto: Reprodução)

Benson x Patricio fazem a encarada pós pesagem do Bellator 160 (Foto: Reprodução)

Benson Henderson pode-se dizer que é um dos lutadores mais completos que o mundo do MMA já teve e ainda tem. Um bom jogo de wrestling, jiu jitsu campeão em muitas competições americanas e até medalha de bronze no campeonato mundial da faixa marrom em 2011 e uma boa trocação. Um peso leve muito grande, muito forte para a categoria, e um preparo físico excelente. Todas essas qualidades fizeram de ‘smooth’ um campeão peso leve do extinto WEC e também do UFC. Rendeu-lhe também algumas várias premiações, tanto por parte dos eventos onde atuou quanto por sites especializados em MMA.



Em 2013, a carreira de Benson sofreu uma mudança. No UFC 164, o lutador fora derrotado pela segunda vez por Anthony Pettis. O ‘showtime’ já havia tomado o cinturão de Henderson no WEC, e voltou a tomar no UFC. Desde então, as performances do ex campeão passaram a não ser mais as mesmas, com tanta dominância sobre seus adversários. 

Venceu Josh Thomson e Jorge Masvidal por decisões divididas bastante contestadas. A vitória sobre Josh Thomson é considerada pelos fãs de MMA como um dos maiores “garfos” da história do esporte. Contra Rustam Khabilov e Brandon Thatch, passou um sufoco danado, conseguindo a vitória somente por volta do 4º round, quando seu excelente preparo físico fez a diferença perante os oponentes, finalizando ambos com um mata leão. Em lutas contra Donald Cerrone e Rafael dos Anjos acabou sendo derrotado. A derrota para Dos Anjos inclusive foi o primeiro e único nocaute sofrido por Benson.

Após a luta em que venceu Masvidal por decisão dividida, acabou não aceitando a proposta feita pelo UFC para a renovação de contrato e acabou indo rumo ao Bellator. Por ter um grande prestígio, já chegou disputando o cinturão contra Andrey Koreshkov, o campeão meio médio da Organização. Acabou sendo dominado pelo russo, chegando a sua 4ª derrota em 8 lutas.

Agora, ‘smooth’ ganha uma excelente oportunidade. Volta a sua categoria original, contra um oponente que vem do peso pena e faz a estreia nos leves, em um combate onde o vencedor será o próximo desafiante ao cinturão da categoria, que hoje encontra-se em posse de Michael Chandler

Bendo inclusive pode fazer a história caso venha a conquistar o cinturão dos leves, sendo o primeiro a conseguir o cinturão em 3 grandes Organizações como o WEC, UFC e Bellator, superando então Eddie Alvarez, único lutador da história a ser campeão das duas maiores Organizações de MMA do mundo, UFC e Bellator.

Benson ‘smooth’ Henderson tem 32 anos e um cartel com 29 lutas, 23 vitórias (2 nocautes, 10 finalizações e 11 por decisão) e 6 derrotas (1 nocaute, 2 finalizações e 3 por decisão).



IBlackbelt
Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede,; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral; MMA é uma paixão absurda; Praticante de MMA e muay thai; Crítico Social
Sem Comentários

Responder

*

*

um × três =

RELACIONADO POR