Bethe Correia revela que toparia encarar a soberana Cris Cyborg

Com uma dificuldade extrema para conseguir adversárias no UFC, Cyborg recebeu um desafio da “falastrona” Bethe Correia, em que a brasileira já tem confronto marcado com a norte americana, Jessica...

Com uma dificuldade extrema para conseguir adversárias no UFC, Cyborg recebeu um desafio da “falastrona” Bethe Correia, em que a brasileira já tem confronto marcado com a norte americana, Jessica Eye, no UFC 203. Vale salientar que Bethe conseguiu uma disputa de cinturão graças ao seu “trash talk”, e ao falar da soberana do MMA femino, “pitbull” afirma que não enxerga nenhuma desvantagem.

“É claro que tenho interesse em enfrentá-la. Eu não vejo nenhuma desvantagem, ela não é esse ‘alien’ todo para ter medo e sair correndo assustada. Eu aceitaria e ficaria feliz de lutar com ela. Se o UFC me chamar após o UFC 203, eu com certeza iria. Eu não gosto de enfrentar brasileiras, mas eu ficaria orgulhosa de encará-la. Eu sei que sou capaz de vencê-la, eu não a vejo como invencível. Eu vejo as lutas dele e consigo enxergar maneiras de vencer”, declarou ao site ‘MMA Fighting’ (EUA).

Quando questionaram o peso em que ocorreria o combate entre as brasileiras Bethe declarou:

“Eu peso um pouco mais de 145 libras (65 kg). Eu faria um catchweight (peso combinado) como ela está fazendo no UFC, em 140 libras (63 kg). Eu faria isso, não há problema.”

Sabe-se que Cyborg tem luta marcada para o UFC Brasilia, mas a uma grande possibilidade das compatriotas se enfrentarem é extremamente grande, e o combate seria de alto nível.



Categorias
UFC
Sem Comentários

Responder

*

*

18 − sete =

RELACIONADO POR