BOMBA: Georges St. Pierre encerra seu contrato com o UFC.

GSP conversou com Ariel Helwani no podcast The MMA Hour e confirmou que seu advogado optou pelo encerramento de seu contrato devido a falta de cumprimento de prazos, propostas, cachê e oponente por parte do UFC.
(Foto: MMA Weekly)

Uma bomba abalou o mundo do MMA na data de hoje. Durante transmissão do “The MMA Hour”, podcast apresentado por Ariel Helwani, Georges St. Pierre anunciou que ENCERROU seu contrato com o UFC. Enquanto fãs aguardavam um possível retorno do canadense pelo UFC 206 em Toronto, Dana White tratou de matar os rumores e descartar GSP no card de 10 de Dezembro. Ouça o podcast clicando aqui.

Georges citou problemas com a negociação de seu contrato, falta de comprometimento do Ultimate e problemas antigos que não eram solucionados e nenhum consenso era obtido entre lutador e UFC. O advogado do atleta optou por encerrar o contrato do canadense após o UFC falhar em atender prazos para negociação de cachês, valores e um possível oponente. GSP disse a Ariel que seu staff deu um prazo ao UFC, que expiraria hoje, 17 de Outubro, para que o UFC formalizasse uma proposta, mas não houve retorno nenhum do Ultimate. Georges desabafou e contou à Helwani o que esta mudança representa em sua carreira:

“Foi um grande choque, porque pensamos que estávamos fazendo progressos. Estávamos quase lá, tudo estava quase pronto.

Eu queria voltar. A razão pela qual eu nutri intenção de retornar é porque ainda sinto que estou na minha melhor forma. Eu estou certo de que poderei vencer todos os campeões e ex-campeões da categoria no UFC. Estou muito confiante nisso. Mas agora eu sou um homem livre. Analisarei outras opções. Não tem mais nenhum contrato me prendendo a nada. Sou livre.

[…]

Eu estava empolgado. Há algumas semanas atrás, estávamos conversando e tudo ia bem. Eu estava muito empolgado… Agora, não sinto mais esta empolgação… Foram semanas exaustivas, emocionalmente desgastantes… Mas agora entrarei em novos ares, novos territórios, vamos ver o que vai acontecer…”

(Georges St. Pierre ao podcast The MMA Hour)

"Agora eu sou um atleta livre", diz Georges St. Pierre sobre sua situação com o UFC (Foto: BJPenn.com)

“Agora eu sou um atleta livre”, diz Georges St. Pierre sobre sua situação com o UFC (Foto: BJPenn.com)

Georges contou a Ariel que na última hora, após o horário estipulado, o UFC o ofereceu Robbie Lawler, mas Lawler pediu afastamento do MMA após seus dois recentes combates para recuperar-se de lesões e do castigo sofrido contra Tyron Woodley, que culminou na perda de seu título. Segundo o canadense, as conversas para seu retorno começaram a se perder quando o UFC foi vendido para o grupo WME-IMG em Julho deste ano.

GSP lutou pela última vez em 2013 e venceu Johny Hendricks por decisão dividida pelo UFC 167 em Novembro. Um post do filho de Anderson Silva sugeria que GSP retornaria contra Anderson pelo UFC 206 em Toronto.



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Paulistano, São Paulino, baterista, perito em TI, fanático por lutas e viciado em games. Colunista e redator Nocaute Na Rede.
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    2 × 1 =

    RELACIONADO POR