Brian Ortega supera ‘Zumbi Coreano’. Jéssica ‘Bate-Estaca’ fez história

Ortega agora deve enfrentar o campeão peso-pena Alexander Volkanovski; brasileira se torna primeira lutadora a atuar em 3 categorias de peso diferentes
Brian Ortega tem bela atuação e supera 'Zumbi Coreano' (Créditos: Reprodução via ESPN)

Neste último sábado, 17, foi realizado o UFC Fight Night 180 (UFC Fight Island 6) em Abu Dhabi. Na luta principal, o americano Brian ‘T-City’ Ortega finalmente ficou frente a frente com o ‘Zumbi Coreano’ Chang Sung Jung. O combate teve 5 rounds e terminou decidido pelos juízes laterais.

Os dois lutadores trocaram socos praticamente durante todo o duelo. O americano tentou partir para o jogo agarrada algumas vezes, mas o sul-coreano se preparou bem e conseguiu evitar. E na trocação, área em que teoricamente ‘Zumbi’ levava vantagem, Ortega foi superior, conseguindo pelo menos uns 2 knockdowns. No fim, os 3 juízes marcaram vitória de ‘T-City’ em todos os rounds (quíntuplo 50-45).



BRASILEIROS

O evento teve 4 brasileiros em ação: Jéssica Andrade, Cláudio ‘Hannibal’, Thomas Almeida e Poliana Botelho. Infelizmente tivemos apenas um resultado positivo, justamente de ‘Bate-Estaca’, que fez o co-main event e nocauteou  a #1 da divisão peso-mosca, Katlyn Chookagian, aos 4:57 do 1º round. Ela se tornou a primeira lutadora da história a entrar em ação em 3 divisões de peso diferentes (galos, palhas e, agora, moscas).

Cláudio ‘Hannibal’ esteve no card principal, enfrentando o americano James Krause. Ele não conseguiu agarrar o oponente para trabalhar sua especialidade, o grappling. Acertou até alguns duros golpes que fizeram o oponente respeitar sua potente canhota, mas no fim foi vencido por decisão unânime (triplo 30-27). O lutador não sofria uma derrota desde sua estreia, em 2007. De lá pra cá eram 14 vitórias em 14 lutas.

Cláudio ‘Hannibal’ foi superado por James Krause via decisão (Credits: Getty Images)

Na abertura do card principal, Thomas Almeida retornou aos combates após mais de dois anos e meio parado. Claramente sentiu o ritmo, estava bem mais lento que de costume e sem tanta confiança. Nos raros momentos em que acelerou e pressionou o adversário, conseguiu acertar bons golpes. Mas tudo normal para quem estava tanto tempo em inatividade. Vitória do americano Jonathan Matinez por decisão unânime (triplo 30-27).

Jonathan Martinez levou a melhor sobre Thomas Almeida (Credits: Getty Images)

A primeira brasileira a pisar no octógono foi Poliana Botelho, que enfrentou Gillian Robertson. O combate praticamente todo foi realizado no grappling. A canadense conseguiu impor seu jogo no solo, sempre ficando por cima e castigando a representante do Brasil com socos e cotoveladas no ground and pound e não sendo ameaçada em nenhum momento. O resultado foi a vitória da gringa por decisão unânime (29-28/29-27/29-27).

Chookagian não suportou a mão pesada de Jéssica Bate-Estaca (Credits: Getty Images)

RESULTADOS COMPLETOS

Card Principal:

Penas: Brian Ortega venceu Zumbi Coreano por decisão unânime (quíntuplo 50-45);
Moscas-Femininos: Jéssica Andrade nocauteou Katlyn Chookagian aos 4:55 do 1º round;
Meio-Pesados: Jimmy Crute nocauteou Modestas Bukauskas aos 2:01 do 1º round;
Meio-Médios: James Krause venceu Cláudio Hannibal por decisão unânime (triplo 30-27);
Penas: Jonathan Martinez venceu Thomas Ameida por decisão unânime (triplo 30-27):

Card Preliminar:

Leves: Guram Kutateladze venceu Mateusz Gamrot por decisão dividida (29-28/28-29/29-28);
Moscas-Femininos: Gillian Robertson venceu Poliana Botelho (29-28/29-27/29-27);
Médios: Jun Yong Park venceu John Philips por decisão unânime (triplo 30-25);
Leves: Fares Ziam venceu James Mullarkey por decisão unânime (triplo 29-28);
Meio-Pesados: Maxim Grishin nocauteou Gadzhimurad Antigulov aos 4:58 do 2º round;
Galos: Said Nurmagomedov nocauteou Mark Strieglaos 0:51 do 1º round

Texto e edição: Kaio Lima

 

Instagram do Nocaute na Redehttps://www.instagram.com/redenocaute/?hl=pt-br
Instagram de Kaio Limahttps://www.instagram.com/kaiotlima.mma/



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede, sonha em seguir carreira na área esportiva; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral (principalmente MMA, futebol e basquete); Praticante de MMA e muay thai;
Sem Comentários

Responder

*

*

um × 4 =

RELACIONADO POR