Cercada de expectativa, Julie Werner estreia neste sábado no XFC‏

Acordar cedo, iniciar os treinamentos e seguir o dia com um só foco: a estreia no XFC. A rotina de Juliana Werner é intensa e regrada, com duração de...

Acordar cedo, iniciar os treinamentos e seguir o dia com um só foco: a estreia no XFC. A rotina de Juliana Werner é intensa e regrada, com duração de onze horas divididas em treinos das principais artes marciais. Julie Werner, como é conhecida, enfrenta a ucraniana Iryna Shaparenko na co-luta principal do XFCi 7, no dia 1º de novembro, no ginásio do São Paulo Futebol Clube, na capital paulista, numa superluta peso-mosca (até 56,7kg). O duelo será transmitido ao vivo pela RedeTV! juntamente às três outras lutas do card principal, que terá como evento principal Allan Puro Osso enfrentando o também ucraniano Ruslan Abiltarov.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Aos 33 anos, com cartel de sete vitórias e quatro derrotas, a especialista em muay thai terá pela frente uma atleta 14 anos mais nova. E para manter a boa média de nocautes – são quatro dos sete triunfos desta forma e outros três por decisão dos juízes – Julie não mede esforços na hora dos treinamentos.



“Meu dia é resumido em treinamentos. Começo às seis horas da manhã e vou até às 17h, geralmente. Nisso, englobo musculação, treinos de wrestling, muay thai, jiu-jitsu, submission e MMA. Tudo para chegar focada e não dar bobeira. Vou para vencer a Iryna”, garante a catarinense, que está afiando mais sua técnica na arte suave. “Tenho que estar pronta para o jiu-jitsu. A Shaparenko é muito boa neste quesito. Estudei alguns vídeos dela e vi que é muito dura e tenta levar sempre para o chão. Vou usar meu jogo para não deixar isso acontecer, mas estou preparada”, garante a catarinense.

A cautela de Julie Werner é reforçada pelo cartel da ucraniana. Das seis vitórias na carreira, Iryna Shaparenko finalizou em cinco oportunidades e venceu uma na decisão dos juízes. No único revés, no MMA profissional, derrota também na decisão dos jurados. Será um duelo entre a experiência de 20 anos da catarinense, contra o jovialidade e o poder de foto da ucraniana.

“Julie carrega duas décadas de experiência no muay thai, o que é mais do que a idade de Shaparenko. No entanto, o poder desta jovem ucraniana, talentosa e habilidosa,com um jiu-jitsu muito forte, impressionou o nosso matchmaker, Eduardo Duarte. Assim como o jogo em pé apurado da Julie. Teremos uma impressionante luta, já que estarão frente a frente uma nocauteadora e uma especialista em finalizações. As duas estão de olho no cobiçado cinturão da organização”, afirma o presidente do XFC, Myron Molotky.

Contratada para fazer parte de uma das principais organizações de MMA mundial, Julie Werner já terá a missão de estrear já na co-luta principal do XFCi 7, que ocorre no Ginásio do São Paulo Futebol Clube. E mesmo com tanta responsabilidade, a catarinense, natural de Rio Negrinho, cidade a cerca de 260km da capital Florianópolis, com aproximadamente 40 mil habitantes, se diz preparada.

“Estou no XFC, que é o sonho de muitos atletas. Por isso, não posso ficar nervosa com nada. Estarei em uma superluta e contra uma rival complicada. Quero estar pronta para buscar a cinturão do peso-mosca feminino. Estrear já sabendo que muita gente estará de olho no meu talento não é para qualquer um. Acho que adversária foi bem escolhida, porque ela é forte e vencê-la só irá valorizar ainda mais meu talento”, analisa.

Julie Werner também está empolgada por entrar na organização retornando ao seu peso. Nos últimos quatro confrontos, a atleta flutuou entre as categorias palha (até 52,2 kg) e galo (até 61,2kg), somando três vitórias e uma derrota.

“Lutei em muitos pesos diferentes. Foi uma sequência difícil, mas acho que me sai bem. Venci a maioria das lutas que fiz fora do peso-mosca. Agora estou de volta a ele à minha categoria ideal, no evento mais importante que já pude participar. Estou me sentindo forte e preparada. Vou tentar dar show para o público”, celebra.

XFC International 7

Data: Sábado, 1º de novembro de 2014
Local: Ginásio do São Paulo Futebol Clube (Rua Dr. Erasmo Teixeira de Assunção, Portão 13 – Morumbi), São Paulo
Horário: 21h (de Brasília)
Transmissão: Ao Vivo na RedeTV! a partir de 0h30 de sábado para domingo

Card Principal
Ao vivo na RedeTV! a partir de 00h30 (sábado para domingo)

Até 56,7kg: Ruslan Abiltarov (UCR) x Allan “Puro Osso” Nascimento – Superluta
Até 52,2kg: Iryna Shaparenko (UCR) x Julie Werner – Superluta
Até 77,1kg: Carlston Lindsay Harris (GUI) x Ariel Jaeger – GP peso meio-médio
Até 77,1kg: Sergei Bal (RUS) x Cairo Rocha – GP peso meio-médio

Card Preliminar
Transmissão na semana seguinte
Até 52,2kg: Marcela Yineris (COL) x Liana Ferreira Pirosin – GP feminino peso-palha
Até 52,2kg: Marina Moroz (UCR) x Karine Silva – GP feminino peso-palha
Até 52,2kg: Dora Perjes (HUN) x Luana Santos – GP feminino peso-palha
Até 77,1kg: Anthony Suárez (VEN) x Paulo César dos Santos – GP peso meio-médio
Até 52,2kg: Fernanda Priscila Barros x Viviane “Sucuri” Pereira – GP feminino peso-palha
Até 77,1kg: Michel Pereira x Geraldo “Luan Santana” Coelho – GP peso meio-médio
Até 65,8kg: Romeiro Nunes Santa x Islan Reis – Luta reserva GP peso-pena
Até 70,3kg: Willian Vitorio Cilli x Reinaldo Ekson – Luta reserva GP peso-leve

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Patrocinador



Categorias
LutasMMA Internacional

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

quinze + onze =

RELACIONADO POR