Chris Weidman e Anderson Silva fazem a “Revanche do Século” no UFC 168!!!

Neste dia 28 de dezembro, MGM Grand Garden Arena receberá a luta que o presidente do UFC Dana White batizou como “A Revanche do Século”. Trata-se da disputa de...

Neste dia 28 de dezembro, MGM Grand Garden Arena receberá a luta que o presidente do UFC Dana White batizou como “A Revanche do Século”. Trata-se da disputa de cinturão dos pesos médios entre o atual campeão Chris Weidman e a lenda Anderson Silva.

O que já se pode ter certeza, é que a segunda luta Weidman e Silva será a maior revanche de todos os tempos, pelo menos no quesito Pay Per View, uma vez que o presidente Dana White já confirmou que a edição de número 168 do UFC, foi a que mais vendeu pacotes de assinatura em toda a história.



Imagem: Veja Abril

Imagem: Veja Abril

E não poderia ser diferente, já que esta edição do UFC traz nada mais nada menos que duas disputas de cinturão nas duas lutas principais da noite, e outras lutas no card principal e preliminar, que poderão definir tanto próximos desafiantes ao título, quanto próximos demitidos da organização.

Na luta principal, o invicto campeão Chris Weidman tentará defender seu cinturão pela primeira vez, em uma revanche contra o brasileiro Anderson Silva. A primeira luta entre os dois ocorreu em julho deste ano pelo UFC 162, quando, na oportunidade, o jovem americano chocou o mundo ao nocautear o maior de todos os tempos Anderson “The Spider” Silva no segundo round.

Imagem: UFC

Imagem: UFC

Na ocasião, muito se falou em “luta comprada”, “desrespeito por parte do brasileiro”, “armação” e uma série de outras declarações polêmicas acerca do combate. Até mesmo o próprio Anderson Silva falou em “parar” logo na entrevista ainda no octógono depois da luta. O fato é que os dias que se seguiram foram tensos e conturbados, causando um desconforto até mesmo no próprio campeão Chris Weidman, que teve seu desempenho contestado. De qualquer forma, o presidente Dana White trouxe à imprensa a notícia de que a revanche aconteceria ainda neste ano, e desde então, todos, todos os fanáticos e amantes do esporte começaram a contar os dias no calendário. Até hoje.

O que acontecerá após esta luta, é uma incógnita. A única coisa que podemos ter certeza, é que este combate ficará marcado na história.

No co-main event, outra revanche valendo cinturão. Trata-se do combate entre a campeã peso-galo feminino Ronda Rousey e Miesha Tate. As duas já se enfrentaram em 2012 pelo Strikeforce, quando Ronda tirou o cinturão de Miesha. Após as duas serem contratadas pelo UFC, muito se falou em uma revanche, porém, a adversária de Ronda seria Cat Zingano, que por acaso bateu a própria Miesha Tate em sua estreia no UFC. Zingano seria uma das reinadoras do TUF 18 junto com Ronda, porém uma grave lesão a tirou de combate. Miesha Tate foi escolhida pelo UFC, e será a adversária de Ronda nesta noite. A curiosidade é que Miesha Tate ainda não venceu no UFC, e vai disputar o cinturão.

Imagem: UFC

Imagem: UFC

A luta que antecede as disputas de cinturão é a entre os pesos pesados Josh Barnett e Travis Browne. Ambos se enfrentarão de olho em uma disputa de título, e já é quase certo, que o vencedor será o próximo adversário do brasileiro Fabrício Werdum pelo title shot. Tanto Browne quanto Barnett vêm de vitórias arrasadoras, sobre Alistair Overeem e Frank Mir respectivamente. Hoje eles tentarão provar ao mundo que podem fazer frente ao atual campeão da categoria, o poderoso e soberano Cain Velasquez.

Imagem: Fox Sports

Imagem: Fox Sports

Ainda pelo card principal, teremos o combate entre os pesos leves Jim Miller e Fabrício Morango Camões. A última luta de Miller foi um “No Contest” contra Pat Healy em abril deste ano (Healy foi pego no doping). Já Camões não luta desde abril do ano passado, quando perdeu para Melvin Guillard no UFC 148. Miller tenta recuperar a boa sequência de vitórias, já que desde que enfrentou Bem Henderson em 2011, alterna entre altos e baixos no UFC. Já o brasileiro Fabrício Morango Camões tenta se firmar no UFC, uma vez que já foi demitido anteriormente por ter uma sequência ruim na organização.

Outra luta que promete ser tensa e intensa, será o combate entre os pesos penas Diego Brandão e Dustin Poirier. Enquanto Poirier tenta uma melhor colocação no ranking da categoria, Brandão tenta se infiltrar entre os TOP 10. O combate tem tudo para ser um dos melhores da noite, por se tratar de dois lutadores aguerridos e agressivos. Ambos vêm de vitórias na organização, sendo que enquanto Poirier bateu Erik Koch em agosto deste ano, o brasileiro Diego Brandão bateu Daniel Pineda, também em agosto. Infelizmente, para esta noite, o único campeão brasileiro de uma edição do TUF americano, Diego Brandão, não bateu o peso limite da categoria que é 66kg. O lutador pesou pouco mais de 69kg, e com isso perdeu 25% de sua bolsa para o adversário. Ele ainda teve sorte de o combate não ser cancelado, mas em caso de derrota, sabe que sua cabeça ficará a prêmio na organização.

Imagem: MMA Junkie

Imagem: MMA Junkie

Pelo card preliminar, uma luta que pode definir o próximo lutador a ser cortado da organização, é a luta entre os médios Chris Leben  e Uriah Hall. Leben vêm em uma sequência de três derrotas seguidas, sendo a última para Andrew Craig, em julho deste ano, e pode ser cortado do UFC em caso de nova derrota esta noite. O lutador que fez parte da primeira edição do TUF já não faz boas lutas há tempos. Já Uriah Hall é uma incógnita. O lutador que fez parte do time de Chael Sonnen no TUF 17, ficou conhecido dentro da casa do programa como “Homem “Ambulância, por mandar todos os seus adversários para o hospital após as lutas. Porém, na final contra o jovem Kelvin Gastelum, o lutador não repetiu as boas atuações de dentro da casa, sendo derrotado por decisão dividida. Hall fez sua última luta em agosto deste ano, quando foi derrotado por pontos para John Howard.

Imagem: Last Words On Sports

Imagem: Last Words On Sports

Também pelo card preliminar, o brasileiro Gleison Tibau enfrenta o americano Michael Johnson em uma guerra de pesos leves. Tibau é um dos lutadores com mais lutas pelo UFC. São 20 lutas na organização, com 13 vitórias. No total, o brasileiro tem um cartel de 28 vitórias e 9 derrotas.Ele tenta hoje um lugar entre os 10 melhores da categoria. Já o americano Michael Johnson não vêm em boa sequência na organização, porém em sua última luta ele venceu o perigosíssimo Joe Lauzon. O cartel do americano é de 13 vitórias e 8 derrotas.

Ainda pelo card preliminar, o combate entre os penas Dennis Siver e Manvel Gamburian também promete ser explosivo e intenso. O russo-germano Dennis Siver vêm de derrota por TKO para Cub Swanson, mas vinha em boa sequencia na categoria, e agora ele tem pela frente o perigoso armênio Manny Gamburian, que vem de vitória sobre Cole Miller, em agosto deste ano.

Imagem: Jornal Combate

Imagem: Jornal Combate

Além destas lutas, ainda teremos os duelos entre John Howard e Siyar Bahadurzada pelos meio-médios , bem como a luta de abertura entre os pesos penas Estevan Payan e Robbie Peralta. Quem também luta nesta noite é o brasileiro Willian Patolino Macario, que foi finalista da segunda edição do TUF Brasil, pela equipe de Rodrigo Minotauro. Ele terá pela frente o duríssimo Bobby Voelker. Ambos vêm de derrota na organização, porém o americano está em situação mais delicada, pois vêm de duas derrotas consecutivas. O brasileiro perdeu a final do TUF para Leo Santos. Eles farão a segunda luta da noite, pela categoria dos meio-médios.

O evento desta noite será realizado em Las Vegas, no MGM Arena, e  terá início as 21h30 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pelo Canal Combate. A TV Globo transmitirá as principais lutas com atraso de 30 minutos por força contratual.

UFC 168
28 de dezembro de 2013, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL
Chris Weidman x Anderson Silva
Ronda Rousey x Miesha Tate
Josh Barnett x Travis Browne
Jim Miller x Fabrício Morango
Dustin Poirier x Diego Brandão
CARD PRELIMINAR
Chris Leben x Uriah Hall
Gleison Tibau x Michael Johnson
Dennis Siver x Manny Gamburyan
John Howard x Siyar Bahadurzada
William Patolino x Bobby Voelker
Robbie Peralta x Estevan Payan

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Siga o Nocaute na Rede no Instagram: https://bit.ly/19p66yi

Curta Nossa Página no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Edu Andrade



Categorias
LutasUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

onze − 8 =

RELACIONADO POR