Ciro Bad Boy vence Diogo Fofão e fatura cinturão dos leves no Jungle Fight 78

Pela encarada tensa na pesagem Ciro Bad Boy e Diogo Fofão já mostraram o quão intensa seria a luta entre os dois, e assim foi. Após Brunão Lopes e...

Pela encarada tensa na pesagem Ciro Bad Boy e Diogo Fofão já mostraram o quão intensa seria a luta entre os dois, e assim foi. Após Brunão Lopes e Matias Genes que fariam a luta principal valendo o cinturão dos meio médios não baterem o peso, Wallid Ismail anunciou que a luta entre Bad Boy e Fofão seria a luta principal, porém durante o evento Wallid voltou atrás, e a luta entre Bad Boy e Fofão voltou a ser o co-evento principal. Fofão venceu claramente o primeiro round, com um bom jogo em pé, porém nos rounds seguintes acabou sucumbindo ao jogo de quedas de Bad Boy, que no fim da luta foi declarado vencedor por decisão unânime (triplo 29-28), Ciro Bad Boy conquista cinturão dos leves (70 kg) que estava vago, desde que o ex campeão Tiago Trator assinou com o UFC.

Ciro Bad Boy comemora conquista do cinturão peso leve.

Ciro Bad Boy comemora conquista do cinturão peso leve.

BRUNÃO LOPES FINALIZA MATIAS “EL LOCO” GENES 



Pela luta que valeria o cinturão meio médios do Jungle Fight, Bruno “Brunão” Lopes encarou o argentino Matias “El Loco” Genes. Um dia antes na pesagem nenhum dos dois atletas bateu o peso da categoria, por isso Wallid Ismail anunciou que a luta não valeria mais o cinturão e que também não seria mais o evento principal da noite, porém, durante o evento voltou atrás e a luta entre Brunão e Matias voltou a ser o evento principal, mas sem valer cinturão. A luta durou apenas 0:50 segundos, quando em um vacilo do argentino Matias, Brunão encaixou uma bela guilhotina e saiu vencedor por finalização.

Na entrevista pós-luta Brunão pediu desculpas por não ter batido o peso, e espera que em sua próxima luta, tenha uma nova chance de lutar pelo cinturão da categoria.

EM UMA VERDADEIRA GUERRA, TIAGO ALVES EX-TUF BRASIL 2 PERDE SUA INVENCIBILIDADE NO MMA

A luta entre Tiago Alves e Rander Junio, foi uma verdadeira guerra, quanto em pé, quanto no chão, ambos os atletas tiveram inúmeras chances de nocautear em pé, e de finalizar no chão. Antes do anúncio da decisão dos juízes, o narrador do evento anunciou que Wallid Ismail (CEO do Jungle Fight) já havia confirmado, que devido a grande apresentação dos dois atletas, ambos já teriam uma nova chance no Jungle, independente do resultado da luta. Por fim, Rander Junio foi declarado vencedor por decisão dividida (29-28, 28-29 e 30-27) e conquista sua oitava vitória na carreira, em 9 lutas profissionais, enquanto o ex participante do TUF Brasil 2 Tiago Alves, perde sua invencibilidade na carreira, agora ele tem 4 vitórias e 1 derrota.

rander_junio

GAÚCHO ALEXANDRE HOFFMANN FINALIZA NO SEGUNDO ROUND E CONTINUA INVICTO

O gaúcho Alexandre Hoffmann fez sua estreia no Jungle Fight, porém, já tem 7 lutas profissionais e 7 vitórias, o invicto atleta que nunca levou uma luta para decisão dos juízes (6 nocautes e 1 finalização) lutou pela primeira vez na carreira dois rounds, até então ele tinha 6 lutas, 6 nocautes todos no primeiro round. Alexandre Hoffmann enfrentou o paulista Matheus Serafim e em uma grande apresentação, finalizou Matheus com um triângulo aos 2:37 do segundo round.

Alexandre Hoffmann comemora sua vitória.

Alexandre Hoffmann comemora sua vitória.

Confiram resultados completos do Jungle Fight 78 abaixo:

Bruno Lopes venceu Matias “El Loco” por finalização aos 50 segundos do primeiro round;
Ciro Bad Boy venceu Diogo Fofão por decisão unânime (triplo 29-28)
Rander Junio venceu Tiago Alves por decisão dividida (29-28, 28-29 e 30-27)
Gaston Mansur venceu Leonardo Soldado por decisão unânime (triplo 30-25)
Handesson Boy Doido venceu Paulo Surian por nocaute técnico a 1:37 do primeiro round;
Zé Reborn venceu Ever Gonzales por decisão unânime (triplo 29-28)
Maike Linhares venceu Nathan Batista por finalização aos 2:10 do terceiro round;
Alexandre Hoffman venceu Matheus Serafim por finalização aos 2:37 do segundo round;
Dênis Alagoas venceu David Tatá por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Israel Ottoni venceu Isaías Carcaça por finalização aos 3:45 do segundo round.

Card Amador

Otávio Sagas venceu Daniel Monstrão por finalização aos 2:53 do primeiro round;
Carlos Alberto Junior venceu Emanuel Gabriel por finalização aos 2:04 do primeiro round;
João Franja venceu Leandro Apagão por decisão unânime (30-26, 30-27 e 30-27).

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebookhttps://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Luan Silva



Categorias
LutasMMA Nacional

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Um Comentário
  • Calendário MMA | Nocaute na Rede
    25 junho 2015 at 12:44
    Responder

    […] Paulo, Brasil) 20/06 – Resultados:  One Championship 28 (Guangzhou/China) 20/06 – Resultados:  Jungle Fight 78 20/06 – Resultados:  Rei da Selva 5 (Manaus) 26/06 – Bellator 139 : Kongo vs Volkov […]

  • Responder

    *

    *

    onze + 5 =

    RELACIONADO POR