Colby Covington promete aposentar Demian e dispara contra o Brasil: “Estou odiando esse lugar”

Ambos farão o co-main event da noite
Colby Covington / Foto: UFC Alexandre Schneider /Zuffa LLC

Prestes á ter o maior desafio da carreira, Colby Covington parece estar muito confiante em uma vitória contra Demian Maia sábado. Durante o “Media Day” do UFC, realizado ontem, o norte americano disse que quer um grande desafio, e que prevê uma finalização sobre o brasileiro.

“Acredito absolutamente que Demian Maia vai se aposentar neste fim de semana. Mesmo sabendo que ele não quer, vou forçar sua aposentadoria. Espero que ele tenha seu discurso de aposentadoria pronto. Acho que seria fácil demais nocautear Demian Maia . Quero me desafiar. Quero ir lá e finalizá-lo, provavelmente com um estrangulamento ou uma gravata peruana. Acho 100% que o UFC me deverá uma chance pelo título depois que eu finalizar Demian Maia. Tyron Woodley pode curtindo suas férias, porque quando chegar a hora de voltar, sua era terá acabado.”, Declarou o americano.



Com a língua afiada, Colby Covington ainda aproveitou para detonar o Brasil, afirmando estar ‘odiando” estar no país.

“Cara, estou odiando esse lugar. Mal posso esperar para voltar aos Estados Unidos. É difícil de se conseguir uma refeição decente aqui. Desligaram o ar condicionado no meu primeiro dia, na última vez que lutei no Brasil desligaram o ar condicionado na arena. O lado bom é que treino para elementos assim e para não cansar. Então f***-se o Brasil. Espero a mesma relação que sempre foi. Todo mundo vai gritar “Uh, vai morrer” , mas eles vão descobrir que eles vão morrer no sábado. Isso motiva mais. Quando as pessoas dizem que acreditam em você, que você é o melhor, isso te dá uma falsa sensação de segurança. Acredito quando as pessoas te odeiam e duvidam de você, isso me leva a calar os críticos. Gosto de ser o vilão. Gosto de calar as pessoas e deixá-las em silêncio . Deixem seus lenços prontos para sábado à noite” , declarou Covington.

Fonte: Combate

UFC São Paulo
28 de outubro, em São Paulo

CARD PRINCIPAL (a partir de 0h, horário de Brasília):
Peso médio: Derek Brunson x Lyoto Machida

Peso-meio-médio: Demian Maia x Colby Covington
Peso-galo: Pedro Munhoz x Rob Font
Peso-leve: Francisco Massaranduba x Jim Miller
Peso-médio: Thiago Marreta x Jack Hermansson
Peso-galo: John Lineker x Marlon Vera
CARD PRELIMINAR (a partir de 21h, horário de Brasília):
Peso-meio-médio: Vicente Luque x Niko Price

Peso-médio: Antônio Cara de Sapato x Jack Marshman
Peso-meio-médio: Elizeu Capoeira x Max Griffin
Peso-leve: Hacran Dias x Jared Gordon
Peso-mosca: Deiveson Alcântara x Jarred Brooks
Peso-pesado: Marcelo Golm x Christian Colombo



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Douglas Barcellos, gaúcho de Guaiba/RS.
Sem Comentários

Responder

*

*

sete − cinco =

RELACIONADO POR