Com show de nocautes e finalizações o 1º NCE levanta o público

Com lutas muito disputadas, e grandes reviravoltas, o New Corpore Extreme fez do seu primeiro evento um marco. Um festival de nocautes e finalizações pôde ser visto no octógono...

Com lutas muito disputadas, e grandes reviravoltas, o New Corpore Extreme fez do seu primeiro evento um marco.

Um festival de nocautes e finalizações pôde ser visto no octógono do CT da New Corpore Fight em Irajá. A expectativa em torno deste primeiro evento era grande, pois o planejamento arrojado de criar um evento de grande porte na Zona Norte do Rio não é uma iniciativa comum no mundo do MMA. Mas com a casa cheia e um público muito animado, o 1º New Corpore Extreme cumpriu com o prometido com um belo show de MMA.



Os destaques da noite ficaram para os atletas Wagner Mutante e Moises Sabbas que levantaram todo o público presente com uma trocação franca digna de uma guerra, e para a luta entre Sandro China e Luizinho Souza que terminou com vitória de China com uma belíssima guilhotina.

Sandro China e Luizinho Souza (Foto: Vitor Reis)

Sandro China e Luizinho Souza (Foto: Vitor Reis)

Na super luta, Mucunda esbanjou simpatia mostrando que a deficiência não o torna menos capaz, pelo contrário, demonstrou muita técnica tanto em pé quanto no chão, finalizando o atleta Gilberto Vilella com um armlock. Vilella por sua vez se mostrou muito feliz pela luta.

“Estou muito orgulhoso por ter participado de um evento como este, principalmente nesta luta inclusiva. Me sinto muito orgulhoso por ter lutado com um cara que eu tanto admiro. O Mucunda é muito casca grossa!” declarou Gilberto Vilella com um grande sorriso abraçado pelo seu “algoz”, Alexandre Mucunda.

Nas últimas semanas, muito foi falado sobre as lutas do card do NCE, por isso separamos um breve resumo de cada combate:

Até 61Kg – Carlos Matos (Equipe R-1) x Pedro Rocha(Relma)

A primeira luta da noite começou com muito estudo de ambas as partes, mas Pedro Rocha imprimiu seu ritmo logo no início. Após dominar o centro do octógono, conseguiu levar a luta para o chão e venceu por mate leão aos 1:43 do primeiro round.

Até 66Kg – Gilberto Rodrigues(Gfteam) x Icaro da Costa (Infight)

Após dois rounds de trocação franca, com bons momentos para ambos os lados, os atletas chegaram fadigados para o terceiro e decisivo round. Melhor para Gilberto Rodrigues que levou seu adversário ao chão duas vezes e aos 2:56 nocauteou Ícaro da Costa.

Super Luta – Alexandre Mucunda x Gilberto Vilella

Uma das lutas mais aguardadas da noite não poderia ter sido melhor. A super luta teve ar dramático. Mucunda tomou a iniciativa com boas trocações e um forte chute na linha de cintura, levou a luta para o chão em algumas oportunidades, mas segurou a finalização com um armlock aos 1:14 do segundo round. Para a alegria do vencedor, seu troféu, Barbara Rocha, subiu o octógono para parabenizar o novo campeão.

Até 61Kg – Michel Russo (Rio Extreme Fight) x Roberto Tiuí (Team Formiga)

A terceira luta da noite começou eletrizante. Nos primeiros segundos, Michel Russo conseguiu montada, massacrando Tiuí no ground-and-pound. Tiuí não suportou a pressão cedendo as costas e Michel não desperdiçou a oportunidade finalizando a luta com um mata leão aos 3:14 do 1o round.

Até 70Kg – Alédio Ferreira (Rio Extreme Fight) x Duan Praia (Caçadores)

O primeiro round da quarta luta da noite foi bem amarrado com os atletas na grade sem muita eficácia. No segundo round, Alédio conseguiu uma queda e trabalhou bons golpes na meia guarda. Após retomar a luta em pé, Alédio deu dois fortes chutes que abriram o caminho para conseguir a vitória por nocaute técnico sob seu adversário aos 2:14 do 2o round.

Até 52Kg – Nayara Hemily (Rio Extreme Fight) x Karoline Martins (Caverna)

A última luta do card preliminar teve o primeiro embate feminino da noite. Nayara e Karoline iniciaram o round buscando a trocação, com domínio do centro do octógono da atleta “mão de pedra” Karoline. Após duros golpes, Nayara fraturou o nariz não podendo continuar a luta. Sendo assim, por interrupção médica aos 4:34, Karoline se sagrou vencedora.

Card Principal

Até 84Kg – Felipe Savate (Gfteam) x Thiago de Oliveira (Caverna)

A primeira luta do card principal foi um duelo de strikers e o nocaute era questão de tempo. Savate esbanjava confiança, mas o atleta Thiago não se mostrava intimidado, indo para cima durante todo o combate. Os dois atletas mostraram uma recuperação surpreendente, o que fez com que a luta demorasse mais do que o esperado. E aos 3:14 do 2o round, Savate venceu Thiago por nocaute técnico.

Até 77Kg – Moises Sabbas (Rio Extreme Fight) x Wagner Mutante (Fraternidade da Luta)

Teste para cardíaco, essa é a melhor definição para a luta da noite. O público foi a loucura com tantas viradas que marcarão com toda a certeza a memória de todos os presentes. Sabbas começou melhor levando a luta para o chão e mantendo o ground-and-pound por mais de 3 minutos, mas a luta não terminou aí. No segundo round Mutante conectou um forte overhand que levou seu oponente ao chão e após ter uma guilhotina encaixada a luta também não terminou aí. No terceiro e decisivo round a luta se mantinha equilibrada com os dois alternando bons momentos, mas o atleta Wagner Mutante surpreendeu Sabbas e com um mata-leão venceu a luta aos 4 minutos do 3oround.

Até 61Kg – Henrique Souza (Rio Extreme Fight) x Ricardo Sattelmayer (Sattelmayer Top Team)

A luta entre Henrique e Sattelmayer já se mostrava como uma das melhores lutas do card, isso porque de um lado Henrique seguia invicto e do outro lado Sattelmayer contava com um currículo de mais de 20 lutas profissionais. A velocidade e o ímpeto de Sattelmayer foi determinante e com uma sequencia de socos e chutes nocauteou Henrique Souza em apenas 34 segundos do 1o round.

Até 93Kg – Júlio Morangão (Rio Extreme Fight) x Alan Soares (Relma)

A luta dos atletas mais pesados da noite ocorreu como era de se esperar. Após um curto período de estudo, os dois atletas foram para a trocação franca. Melhor para Morangão que com um fortíssimo golpe de direita levou seu oponente ao chão e com mais dois golpes nocauteou Alan Soares aos 1:23 do 1o round.

Até 48Kg – Thaty Bergamaschi (Rio Extreme Fight) x Graziele Ricotta (Sattelmayer Top Team)

Na outra luta feminina da noite, a palavra que imperou foi envergadura. Thaty possivelmente é a maior atleta da sua categoria e sabe usar isso a seu favor. Após encontrar a distância, conseguiu magoar e muito a sua adversária Graziele Ricotta que não via outra alternativa além de levar a luta ao solo. E por decisão unanime, Thaty Bergamaschi permanece invicta.

Até 77Kg – Humberto Norambuena (Gfteam Chile) x Vinícius do Ramo (Caverna)

Uma das lutas mais aguardadas da noite começou com o veterano chileno tomando a iniciativa com chutes muito plásticos, dignos de um medalhista olímpico de Taekwondo. Logo após uma série de golpes baixos, a luta se manteve em clinch e em todos os momentos da luta Humberto se mostrava mais disposto e conectava os melhores golpes. Desta maneira a diferença de 30 anos não foi sentida pelo Rocky chileno que venceu o combate por decisão unanime.

(Foto: Vitor Reis)

Alexandre Mucunda x Gilberto Vilella na superluta(Foto: Vitor Reis)

Combinado 62 Kg – Sandro China (Rio Extreme Fight) x Luizinho Souza (Art Fighters)

Na luta da noite, Sandro China e Luizinho Souza mostraram porque foram os escolhidos como main-event do NCE. Luizinho conectava fortíssimos chutes baixos que minavam a perna esquerda de China, que por sua vez respondia com sequências de socos e chutes. No 2o round, China estava mais atento e contragolpeava em todas as investidas de Luizinho. China conseguiu levar a luta para o chão e tentou uma chave de panturrilha muito bem defendida, mas logo após com a luta em pé, China viu a possibilidade de encaixar uma guilhotina e não perdeu a oportunidade recebendo os três tapinhas tão esperados aos 2:25 do 2o round.

Este evento é um divisor de águas para nossa equipe. Já realizamos vários eventos, mas com o resultado que conseguimos mostrar com este evento tenho certeza que alcançaremos outros patamares. Nosso objetivo não é ser o maior evento do Brasil ou coisa parecida, queremos apenas construir eventos que valorizem as pessoas. Não só os atletas que estão em busca de um sonho, como também os fãs do esporte que tem crescido assustadoramente. O NCE chegou para ficar! Declarou Renato Dominguez um dos organizadores do evento.

Confira os resultados oficiais:

Até 61Kg – Pedro Rocha(Relma) venceu Carlos Matos (Equipe R-1) com um mate leão aos 1:43 do 1o round.

Até 66Kg – Gilberto Rodrigues(Gfteam) venceu Icaro da Costa (Infight) por nocaute técnico aos 2:56 do 3o round.

Até 61Kg – Michel Russo (Rio Extreme Fight) venceu Roberto Tiuí (Team Formiga) por finalização (mata-leão) aos 3:14 do 1o round.

Até 70Kg – Alédio Ferreira (Rio Extreme Fight) venceu Duan Praia (Caçadores) por nocaute técnico aos 2:14 do 2o round.

Até 52Kg – Karoline Martins (Caverna) venceu Nayara Hemily (Rio Extreme Fight) por interrupção médica aos 4:34 do 1o round.

Card Principal

Até 84Kg – Felipe Savate (Gfteam) venceu Thiago de Oliveira (Caverna) por nocaute técnico aos 3:14 do 2o round.

Até 77Kg –x Wagner Mutante (Fraternidade da Luta) venceu Moises Sabbas (Rio Extreme Fight) por finalização (mata-leão) aos 4 minutos do 3o round.

Até 61Kg –x Ricardo Sattelmayer (Sattelmayer Top Team) venceu Henrique Souza (Rio Extreme Fight) por nocaute técnico aos 34 segundos do 1o round.

Até 93Kg – Júlio Morangão (Rio Extreme Fight) venceu Alan Soares (Relma) por nocaute aos 1:23 do 1o round.

Até 48Kg – Thaty Bergamaschi (Rio Extreme Fight) venceu Graziele Ricotta (Sattelmayer Top Team) por decisão unanime.

Até 77Kg – Humberto Norambuena (Gfteam Chile) venceu Vinícius do Ramo (Caverna) por decisão unanime.

Combinado 62 Kg – Sandro China (Rio Extreme Fight) venceu Luizinho Souza (Art Fighters) por finalização (Guilhotina) aos 2:25 do 2o round.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
LutasMMA Nacional

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

dezenove + 18 =

RELACIONADO POR