Cris Cyborg desabafa sobre Ronda Rousey e Dana White

A campeã peso-pena do Invicta FC, Cris Cyborg, é sempre apontada como a adversária que pode vencer Ronda Rousey, campeã peso-galo do UFC. Porém, além de serem de eventos...
Cris Cyborg (Foto: Divulgação/Dama de Ferro)

Cris Cyborg (Foto: Divulgação/Dama de Ferro)

A campeã peso-pena do Invicta FC, Cris Cyborg, é sempre apontada como a adversária que pode vencer Ronda Rousey, campeã peso-galo do UFC. Porém, além de serem de eventos diferentes, existe a diferença de peso entre as atletas. Diferença essa que faz com que o duelo se torne inviável. Ronda sempre afirmou que Cris não bate o peso por não estar limpa – Cris caiu em um exame anti-doping em 2011, quando ainda era atleta do extinto evento Strikeforce – e em uma oportunidade, declarou que Cris “se injeta há tanto tempo que não é mais mulher, é uma coisa”. Essa semana, Ronda disse ter sofrido preconceito na indústria do cinema, por ter o corpo mais musculoso do que as outras atrizes. Cris viu isso como uma hipocrisia, devido aos comentários da americana sobre seu corpo no passado. Por conta destes fatos, Cyborg sofre várias críticas e lê comentários maldosos sobre ela em suas próprias postagens nas redes sociais há um longo tempo. Ao que parece, o fato a incomodou e, na noite de sexta-feira, dia 09, ela soltou o verbo e desabafou contra Ronda e contra o presidente do UFC, Dana White, que questionou diversas vezes a sua aparência, inclusive a comparando com Wanderlei Silva. Além disso, ela disse ser contra o bullying online, e está engajada na causa de tentar acabar com este problema. Segue o que disse Cris Cyborg:

“Acho hipócrita Ronda Rousey queixar-se sobre as pessoas em Hollywood que estão criticando sua imagem corporal, falando sobre seus braços ou peso extra que ela carrega entre as lutas.



Nos último 5 anos essa mesma Ronda Rousey e Dana White tem usado a mídia para me intimidar, abrindo as portas para que outros adversários tentem as mesmas táticas.

Ao invés de falar sobre minhas habilidades de luta, eles usam a atenção da mícia para dizer que eu pareço com um homem, ou que eu sou o Wanderlei Silva de vestido.

Estes comentários não são feitos para promover uma luta entre as duas melhores lutadoras femininas do planeta! Eles fazem eu me sentir mal e são uma fraca tentativa de forçar alguém a ter baixa auto-estima.

Se Ronda aceita a responsabilidade ou não, ela é um modelo para milhões de meninas ao redor do mundo, e elas ouvem o que ela diz, muitas vezes imitando as ações dela.

Estou feliz em ver que ela está mais sensível à questão do Bullying, agora que ela está experimentando isso para si mesma em Hollywood e espero que com isso venha mais maturidade e crescimento.

Eu vejo os resultados de bullying online todos os dias, e é um verdadeiro problema, por isso decidi usar minha próxima luta no Invicta FC para trazer isso a tona, mais notícias sobre minha próxima adversária e a data da luta em breve!

É importante que as pessoas entendam que seu verdadeiro valor não é a maneira que olham, quantos seguidores tem no instagram ou a quantidade de dinheiro que eles tem em sua conta bancária.

Nossa verdadeira auto-estima e nosso duradouro legado vem da forma como tratamos uns aos outros, o quanto ajudamos nossas comunidades e nossa capacidade de servir a Deus.

Bullying online nunca irá embora, mas através da educação, eu espero que nós possamos levar as pessoas a ver as consequências de suas ações, e fico feliz em ver que Ronda Rousey está começando a ver isso por si mesma.”

Mais um capítulo de uma das maiores “Guerras frias” do MMA começou. Será que um dia assistiremos Rousey x Cyborg?

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Texto escrito por: Lucas Costa



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

4 × um =

RELACIONADO POR