Cris Cyborg pode descer para o peso-galo até dezembro, garante preparado físico da brasileira

Em meio a diversos boatos e polêmicas, pela primeira vez desde que foi contratada pelo UFC, a equipe de Cris Cyborg afirmou que aceitaria reduzir o peso da atleta...

Em meio a diversos boatos e polêmicas, pela primeira vez desde que foi contratada pelo UFC, a equipe de Cris Cyborg afirmou que aceitaria reduzir o peso da atleta até 61,2kg para realizar a tão sonhada superluta contra a americana campeã peso-galo, Ronda Rousey, no dia 5 de dezembro no UFC 194.  A garantia foi feita pelo preparador físico da atleta, George Lockhart.

“Sim, ela consegue (chegar aos  61,2kg). Quanto mais tempo tivermos, melhor, claro. Podemos descer em até quatro a seis meses. (…) Em 5 de dezembro, é perto, mas está dentro do prazo, conseguiríamos fazê-la bater o peso”,  disse o preparador físico em entrevista a equipe do “The MMA Hour”, do site “MMA Fighting”



Imagem disponibilizada pelo site BjPenn

Imagem disponibilizada pelo site BjPenn

Embora o presidente da organização, Dana White, tenha desmentido o empresário da brasileira, Tito Ortiz, ao afirmar que nunca ofereceu a luta. Disse também que o combate ocorrerá apenas quando a paranaense bater os 61kg (limite da divisão dos galos), o que para o preparador físico da atleta, não será difícil:

“Finalmente me perguntaram sobre isso, e eu disse que sim, ela consegue. Cris está com um fogo por essa luta, ela quer muito essa luta com a Ronda, então vamos conseguir”, afirmou.

O corte de peso para lutar nos galos foi uma exigência de Ronda Rousey para aceitar defender seu cinturão contra Cris Cyborg no UFC. Para Lockhart, o desafio é garantir que Cyborg faça o corte de peso sem perder seus principais pontos, que são a potência e sua resistência. Mesmo com o corte maior, Lockhart pretende fazer a brasileira entrar no octógono com o mesmo peso que entra em suas lutas de peso-pena, entre 76kg e 77kg, após a pesagem:

“Ela me fez prometer. Ela disse, ‘Se não estiver forte, não quero lutar com 61,2kg’. Essa é sua principal preocupação. Ela não está preocupada em perder para ninguém, mas em perder porque está em 7% de sua capacidade. A questão para mim é fazê-la descer e ela estar tão bem, ou melhor, do que com 65,8kg. Meu objetivo é fazê-la estar melhor, mais rápida com 61,2kg”, planeja o preparador físico e também nutricionista da atleta.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH    

 

Escrito por Yuri Veleda



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

2 − dois =

RELACIONADO POR