Crônicas de um wrestler pelo mundo – Roma – pela visão do treinador Marcos Timóteo.

Bom dia galera, hoje o Nocaute na Rede em parceria com o grande treinador de wrestling brasileiro Marcos Timóteo, ira seguir  a série com relatos especiais de quem já esteve em...

Bom dia galera, hoje o Nocaute na Rede em parceria com o grande treinador de wrestling brasileiro Marcos Timóteo, ira seguir  a série com relatos especiais de quem já esteve em diversas partes do mundo em nome do esporte, dessa vez Timoteo ira recontar sua jornada esportiva em Roma, Italia. 


Estivemos no mês de fevereiro de 2015 no Centro de Treinamento Matteo Pellicone, em Roma, Itália, e o nosso objetivo era conhecer as instalações do centro de treinamento e aprender a metodologia de treinos da Luta Greco-Romana. A Federação de Luta de Roma, Itália, foi fundada em 1902 como uma federação de Karatê e Judô, no ano de 1933 a Luta Greco-Romana e o levantamento de peso se juntaram à federação. Atualmente a FIJLKAM, congrega um centro de treinamento de Luta Olímpica, Judô, karatê e Levantamento de Peso. O Centro de treinamentos fica bem afastado do centro de Roma, tomamos um trem na Estação Termini, no centro da cidade, e fomos para o litoral do Mar Tirreno, nas Estação Ostia Lido. Um lindo local com vista para o mar num clima típico Mediterrâneo. Nossa visita foi no mês de fevereiro, um frio agradável de 7 graus durante o dia. Nosso anfitrião foi o treinador de Greco-Romana da equipe de Juniores da Italia, Coach Marco Pappaci. O Centro de Treinamento tem uma ótima estrutura, para todas as modalidades que fazem parte do local. Na Luta Olímpica, local onde ficamos por mais tempo, o ginásio de luta era muito alto, com uma ótima ventilação e luminosidade. Três tapetes olímpicos da melhor qualidade, uma área para treinamento funcional no entorno do tapete e quatro cordas penduradas no teto, para os exercícios de força, equilíbrio e explosão.



Timoteo

A foto acima exibe o profissionalismo do Coach Puli, muito preocupado em nos mostrar os trabalhos e conversar sobre a luta no Brasil. O treinador é amigo dos treinadores cubanos que estão trabalhando em nosso país: Alejo Morales (SESI-SP), Pedro Miguel Garcia (CBW) e Angel Torres Aldama (CBW).


 

Como o próprio nome já diz, Luta Greco-Romana, a cidade de Roma na Itália teve grande influência sobre esta modalidade, mas, atualmente a Itália não faz tantos campeões, no entanto os trabalhos são muito reconhecidos na Europa e no Mundo. Nos Jogos Olímpicos a Itália tem 7 medalhas de ouro, 4 de prata, 9 de bronze. No estilo GrecoRomano foram os seguintes medalhistas dourados: Enrico Porro (1908), Giovanni Gozzi (1932), Pietro Lombardi (1948), Claudio Pollio (1980 Livre), Vincenzo Maenza (1984 e 1988), Andrea Minguzzi (2008). O Grequista Ignazio Fabra foi campeão mundial em 1955. Atualmente a Itália não tem um campeão mundial na Greco, mas, o grande nome como campeão mundial é o atketa do estilo livre Frank Chamizo. O FIJLKAM congrega no Wrestling os três estilos: Greco-Romana, Livre e Feminino. O coordenador do estilo livre é o ítalo-cubano Puli, o Coach nos mostrou as instalações e conversou sobre a metodologia de treinos. Percebemos, no estilo livre, que havia três auxiliares junto ao Coach principal, sendo que um deles trabalhava exclusivamente com as mulheres.

Em específico sobre a Greco-Romana, podemos entender um pouco da metodologia dos trabalhos. No início dos treinos um trabalho de aquecimento com bola, utilizando o basquete e o futebol, tudo dentro do tapete de luta. Na sequencia um trabalho com trotes e vários tiros de curta distância. Vale lembrar que acompanhamos os treinos no mês de fevereiro, no meio das preparações para vários campeonatos. Após o aquecimento eram realizados trabalhos com muita variação de técnicas sem quedas, apenas equilíbrio e troca de posturas. Na sequencia muitas quedas com velocidades e muitas repetições, utilizando 5 variados tipos de volteio e suplês. Ao final dos treinos sempre havia os combates com a arbitragem feita pelo treinador. No meio de alguns combates o treinador corrigia vários detalhes.

Escrito por Marcos Timoteo.

Colaborador Douglas Bernardi.



Categorias
EspeciaisLutas

Jornalista - seguidor dos esportes de combate desde 2006 - Fã de Shogun e Mousasi.
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    três × dois =

    RELACIONADO POR