Cyborg fala sobre retorno de Ronda e a importância da ex campeã para o crescimento do MMA feminino

Com Ronda Rousey fora do posto de campeã, a brasileira Cristiane Justino parece ter deixado a rivalidade “esfriar” um pouco. Cyborg acredita que a ex campeão do UFC possa...

Com Ronda Rousey fora do posto de campeã, a brasileira Cristiane Justino parece ter deixado a rivalidade “esfriar” um pouco. Cyborg acredita que a ex campeão do UFC possa retornar e disputar novamente o posto de “rainha” da divisão.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

“É bem difícil falar: Você não vai mais ser campeã. Tudo o que acontece tem que ser usado como exemplo. Ela perdeu, mas não está tudo acabado. Pode voltar a treinar, disputar de novo. Só não pode desistir, é ruim para todos”, declarou em uma entrevista à imprensa.



A campeã peso pena do Invicta FC falou também sobre não ter nada contra ‘rowdy’ e ainda sobre o quanto a americana fora importante para o crescimento do MMA feminino.

“Não tenho nada contra a Ronda, ela fez o esporte crescer muito. Ela falou mal de mim, mas ajudou muito o MMA. Sem ela, talvez o esporte não tivesse chegado até aqui. Perder, todo mundo perde, não é o fim do mundo. Às vezes, perdemos para aprender lições como atleta e como ser humano. Acredito que ela poderá ser campeã novamente. A Holly tinha ganhado, agora a Miesha venceu”.

A brasileira disse ainda ter vontade de se confrontar com a ex medalhista olímpica de judô.

“Essa luta nunca aconteceu não por mim ou pelo UFC, mas por causa dela. A Ronda não queria casar a luta. O McGregor é um exemplo disso: foi campeão dos penas e fez uma luta casada (contra Nate Diaz). Ele quis a luta. Um combate depende de dois. Ela nunca quis. Se ela falasse: “Quero lutar com a Cyborg, vou parar de falar e vou agir…” Os fãs querem ver essa luta, é o que vai vender pay-per-view, então o UFC vai fazer. Eu tenho vontade de enfrentá-la, nunca escolhi adversária. Temos que estar preparados, vencer ou perder é consequência”, concluiu Justino.

(Foto: Divulgação/ UFC)

(Foto: Divulgação/ UFC)

Cris Cyborg fará sua estreia pelo UFC no dia 14 de maio, na edição de número 198, que será realizada em sua cidade natal, Curitiba. A luta será contra a americana Leslie Smith, numa luta em peso casado (63,5 kg).

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
LutasMMA femininoMMA InternacionalUFC

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede, sonha em seguir carreira na área esportiva; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral (principalmente MMA, futebol e basquete); Praticante de MMA e muay thai;
Sem Comentários

Responder

*

*

dezoito + 13 =

RELACIONADO POR