Diego Brandão sobre McGregor: “Não é nem 10% do que fala”

Amanha é dia de Diego Brandão, fera do Brasil na categoria peso pena lutar pela primeira vez em um main event do UFC. Contra o irlandês Conor McGregor, Diego...

Amanha é dia de Diego Brandão, fera do Brasil na categoria peso pena lutar pela primeira vez em um main event do UFC. Contra o irlandês Conor McGregor, Diego Brandão que substitui Cole Miller que se lesionou, tem a maior chance da carreira, com a oportunidade de desbancar o mais mais novo falastrão da organização. Conor McGregor tem chamado a atenção pelas provocações e auto-confiança que tem demonstrado, inclusive que será o melhor de todos os tempos no futuro, mas precisa mostrar amanha contra o campeão do TUF 14 se é tudo isso mesmo. Diego nos concedeu uma entrevista exclusiva e de início nos fala sobre o seu começo no MMA:

“Foi um começo duro, difícil mas eu já amava muito o esporte, na minha cabeça desde que eu comecei a lutar MMA eu já queria ser um campeão do UFC, sempre foi esse o meu sonho!”



The Ultimate Fighter 14 Finale: Weigh In

Diego Brandão (Foto: Josh Hedges / Zuffa LLC / UFC)

Diego Brandão foi o primeiro brasileiro a se tornar campeão do The Ultimate Fighter, isso mesmo. Antes de Rony Jason e Cézar Mutante, o lutador fez uma das campanhas mais extraordinárias da história do programa nos Estados Unidos. Na equipe de Michael Bisping, Diego Brandão “tocou o terror”, nocauteou Jesse Newell, Steven Siler e Bryan Caraway todos no primeiro round para chegar a final do programa. Diego falou sobre essa experiência:

“Foi difícil, era eu contra todos, a meta deles era tirar o gringo que no caso era eu do programa, mas enfim não conseguiram, e eu enfiei a porrada em geral na casa. Até hoje ninguém na história do TUF teve uma participação mais sinistra que a minha, eu finalizei todos os meus adversários no primeiro round!”

Na final, cotra Dennis Bermudez, atual TOP 10 do ranking do UFC, Diego foi pra cima e quase pagou o preço por isso, sofreu um knockdown, mas se recuperou, e conseguiu encaixar uma chave de braço de maneira extraordinária que lhe rendeu o título de campeão do TUF 14. No UFC, o lutador acumula altos e baixo, acumulando 4 vitórias, e duas derrotas na organização. Diego reponde se pretende” ir pra cima”, da mesma maneira que fez no reality:

“Sem sombra de duvidas, muitas pessoas vão se surpreender com a minha performance, vão ver o Diego da casa do TUF, agressivo e finalizador. Que o Conor esteja preparado por que eu não vejo. Hora de cair para dentro dele. 

UFC on FOX Sports 1: Brando v Pineda

Diego Brandão em combate contra Daniel Pineda (Foto: Josh Hedges / Zuffa LLC / UFC)

Conor McGregor vem provocando o brasileiro já a algum tempo, mas Diego Brandão prefere não “entrar na pilha” do irlandês. A luta de amanhã pode ser um combate de pura trocação, mas Conor já foi finalizado por duas vezes na carreira, e essa deve ser a estratégia do brasileiro, investir no seu BJJ para vencer. Diego nos diz sobre o que acha das provocações e estilo de McGregor:

“Ele pode falar o quanto quiser, enquanto ele fala eu treino. Ele tem talento mas devia falar menos e treinar mais, ele não é nem 10% do que ele fala que é.”

Em sua última luta, o lutador sofreu um acidente de carro há duas semanas antes do combate no UFC 168, o lutador não sofreu grandes lesões, mas o acidente atrapalhou e muito na sua preparação para a luta. Ainda abalado com o acidente, Diego não conseguiu impor seu jogo, irreconhecível no combate, foi derrotado ainda no primeiro round. Diego diz se o acidente influenciou muito em sua última derrota:

Com certeza, tive um acidente duas semanas antes e todos ate meu medico me disseram para cancelar a luta. Infelizmente eu fui muito cabeça dura e não cancelei, quis lutar e deu no que deu.”

Com apenas 27 anos, Diego sabe que emplacando uma sequencia de vitórias, com seu estilo agressivo e agradável de ver, deve ganhar uma disputa de título, que é e sempre foi seu maior sonho: 

“Meu maior sonho, não escondo de ninguém, quero ser campeão do UFC e do mesmo jeito que as pessoas riram quando eu falei que seria do TUF 14 antes de entrar na casa, podem rir e desacreditar, quando eu chegar lá vocês vão lembrar o que eu falei. Gosto muito de jogar vídeo game é uma das minhas paixões fora a luta, jogo muito Call of Duty online se quiserem podem me procurar no jogo ai meu nickname é TEAMBRANDAO.DCB.”

Finalizando a entrevista, Diego “Ceará” Brandão manda um recado sútil para Conor McGregor:

“Esteja preparado, vamos dar show para os nossos fãs!”

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqk

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Sem título

Escrito por Victor Nunes



Categorias
EntrevistasLutasUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

doze + dezesseis =

RELACIONADO POR