Dois combates confirmados para o UFC 206! Um deles terá duelo entre estrelas nos pesos-penas.

Duelo de gigantes no peso-pena: Max Holloway enfrenta Anthony Pettis em duelo que determinará contender ao title-shot. Canadense Mitch Gagnon enfrenta Matthew López no card de Toronto.
(Foto: Zuffa LLC / WME-IMG)

O UFC acabou de confirmar mais dois combates para o UFC 206 em Toronto no Canadá. Um deles será um duelo peso-pena entre estrelas do Ultimate, que incendiará o público canadense e definirá um futuro desafiante ao título atualmente nas mãos do irlandês Conor McGregor.

Trata-se do combate entre o terceiro lugar no ranking da divisão Max “Blessed” Holloway e o ex-campeão peso-leve Anthony “Showtime” Pettis, que ocupa a sexta colocação. O havaiano vem de nove vitórias consecutivas e pleiteia pela disputa de cinturão, mas terá pela frente Anthony “Showtime” Pettis. O americano da Roufusport, que já tem experiência de campeão (como campeão peso-leve), vem de vitória sobre Charles “Do Bronx” Oliveira em Agosto deste ano e busca maiores posições no ranking e se credenciar ao title-shot.



Combates adicionados ao UFC 206 (Foto: Montagem)

Combates adicionados ao UFC 206 (Foto: Montagem)

Outro combate confirmado foi entre o canadense Mitch Gagnon e Matthew Lopez. O canadense vem de derrota para Renan Barão em Dezembro de 2014 e desde então não subiu mais ao octógono. Terá pela frente o nativo do Arizona Matthew Lopez que também vem de derrota e também para brasileiro: Rani Yahya em Julho deste ano. Gagnon busca superar o revés em frente ao público de sua terra natal e voltar ao caminho das vitórias, enquanto seu adversário precisa vencer o combate para não enfrentar uma possível demissão.

O UFC 206 será realizado no dia 10 de Dezembro no Air Canada Centre em Toronto e terá como main event a disputa de cinturão meio-pesado entre Daniel “DC” Cormier e Anthony “Rumble” Johnson. Georges St. Pierre era um possível integrante deste card mas problemas com seus contratos com o UFC e com a nova administração do Ultimate fizeram o canadense adiar um possível retorno e até revogar seu contrato com o UFC, que após negociação com o atleta, voltou a vigorar. Michael Bisping seria um possível adversário.



Categorias
LutasMMAMMA InternacionalUFC

Paulistano, São Paulino, baterista, perito em TI, fanático por lutas e viciado em games. Colunista e redator Nocaute Na Rede.
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    quatro − um =

    RELACIONADO POR