Em uma guerra de cinco rounds, Robbie Lawler defende o cinturão e derrota Carlos Condit por decisão dividida

Que jeito de dizer FELIZ ANO NOVO! O UFC 195 trouxe vários combates excelentes, desde o card preliminar até a luta principal, que tinha a disputa do cinturão peso...
Robbie Lawler (Esquerda) e Carlos Condit fizeram uma grande batalha (Foto: Esther Lin/MMA Fighting)

Robbie Lawler (Esquerda) e Carlos Condit fizeram uma grande batalha (Foto: Esther Lin/MMA Fighting)

Que jeito de dizer FELIZ ANO NOVO! O UFC 195 trouxe vários combates excelentes, desde o card preliminar até a luta principal, que tinha a disputa do cinturão peso meio-médio. Muitas guerras, muito sangue, muita vontade e muitas lutas boas. Os grandes vencedores do primeiro evento do ano fomos nós, os fãs, premiados com tudo isso. Sem mais delongas, vamos ao primeiro pós-evento de 2016!

Luta principal: (C) Robbie Lawler x #4 Carlos Condit

Carlos Condit (Esquerda) e Robbie Lawler trocaram golpes intensos (Foto: Esther Lin/MMA Fighting)

Carlos Condit (Esquerda) e Robbie Lawler trocaram golpes intensos (Foto: Esther Lin/MMA Fighting)

Guerra. Se você quiser definir essa luta em uma palavra, tem que ser essa: Guerra. Exatamente isso o que foi a luta entre Robbie Lawler e Carlos Condit. Lawler tem se mostrado, definitivamente, o campeão mais empolgante do UFC. Duas defesas de cinturão e duas lutas absurdamente incríveis! A luta entre Lawler e Condit já tem tudo pra concorrer ao prêmio de melhor de 2016, e nós estamos apenas no terceiro dia do ano! Trocação forte e contundente durante os 5 rounds. O fiel da balança foi o terceiro round. O segundo e o quinto foram para Lawler e o primeiro e o quarto para o desafiante, Condit. O terceiro foi muito equilibrado. Condit atacou mais, mas Lawler foi mais contundente. Nos outros rounds, a dinâmica foi a mesma, alternando bons momentos entre os atletas. Destaques para o knockdown de Lawler no primeiro round e pros chutes na base de Condit que derrubaram seu adversário. A maioria dos sites especializados deu vitória para Carlos Condit, mas Robbie Lawler se manteve com o título, em uma decisão dividida. Como era de se imaginar, Lawler e Condit ganharam o bônus de luta da noite. Mas o importante: Quem ganhou fomos nós, fãs, com uma luta tão intensa, incrível e nós queremos Lawler x Condit 2 pra ontem!



Co-main event: #3 Stipe Miocic x #2 Andrei Arlovski

Stipe Miocic comemora a vitória sobre Andrei Arlovski (Foto: Esther Lin/MMA Fighting)

Stipe Miocic comemora a vitória sobre Andrei Arlovski (Foto: Esther Lin/MMA Fighting)

Stipe Miocic provou para o mundo que é, sim, da elite dos pesados do UFC. E nocautear Andrei Arlovski provou isso, ainda mais porque foi rápido. A luta teve um pouco de estudo, mas, quando Miocic foi pra cima, ele aplicou bons golpes e conseguiu a vitória ainda no primeiro round por TKO. Depois disso, ele foi gritar para Dana White que quer a sua chance pelo cinturão. Se ele vai conseguir, são outros 500. Mas, ele está bem próximo, agora que vai assumir o segundo lugar no ranking da divisão. Miocic ganhou um dos bônus de performance da noite.

Diego Brandão começa bem, mas é derrotado

Brian Ortega (destaque) finalizou Diego Brandão. (Foto: Esther Lin/MMA Fighting)

Brian Ortega (destaque) finalizou Diego Brandão (Foto: Esther Lin/MMA Fighting)

Diego Brandão foi o único brasileiro que lutou nesta noite e acabou sendo derrotado. Ele começou muito bem contra Brian Ortega. Nos dois primeiros rounds, evitou ir para o chão e achou a distância na trocação, tirando a confiança de Ortega. Mas, no terceiro round, Brandão caiu em um triângulo justíssimo do seu adversário e, apesar de ter vencido dois rounds, foi derrotado no último e viu a vitória escapar. Brian Ortega mantém seu cartel invicto e Brandão perde após duas vitórias consecutivas.

Outros destaques do card.

Michael McDonald (atrás) finalizou Masanori Kanehara (Foto: Esther Lin/MMA Fighting)

Michael McDonald (atrás) finalizou Masanori Kanehara (Foto: Esther Lin/MMA Fighting)

A volta de Michael McDonald ao UFC depois de dois anos não poderia ter sido melhor. Apesar de ter sofrido contra Masanori Kanehara e quase ser finalizado, ele conseguiu escapar de um katagatame e pegou em um mata-leão e conseguiu vencer a luta de virada. Com o resultado, ele ganhou o outro bônus de performance da noite. Albert Tumenov manteve sua sequência de vitórias e impôs a Lorenz Larkin a sua primeira derrota no peso meio-médio. Outro grande combate foi entre Dustin Poirier e Joe Duffy. O confronto foi marcado para outubro de 2015, mas Duffy teve problemas e o duelo foi adiado. E foi um senhor combate. Trocação potente, bons golpes e muita entrega de ambos os atletas. Melhor para Poirier que saiu vencedor, mas quebrou o nariz em duas partes.

CONFIRA TODOS OS RESULTADOS DA NOITE:

UFC 195
2 de Janeiro de 2016, Las Vegas, Estados Unidos

CARD PRINCIPAL:
Cinturão peso meio-médio: (C) Robbie Lawler derrotou #4 Carlos Condit por decisão dividida;
Peso-pesado: #3 Stipe Miocic derrotou #2 Andrei Arlovski por TKO no Round 1;
Peso meio-médio: Albert Tumenov derrotou Lorenz Larkin por decisão dividida;
Peso-pena: Brian Ortega derrotou Diego Brandão por finalização (triângulo) no Round 3;
Peso-leve: Abel Trujillo derrotou Tony Sims por finalização (guilhotina) no Round 1

CARD PRELIMINAR:
Peso-galo: #8 Michael McDonald derrotou Masanori Kanehara por finalização (mata-leão) no Round 2;
Peso meio-médio: Alex Morono derrotou Kyle Noke por decisão dividida;
Peso-palha: Justine Kish derrotou Nina Ansaroff por decisão dividida;
Peso-leve: Drew Dober derrotou Scott Holtzman por decisão unânime
Peso-leve: #12 Dustin Poirier derrotou Joe Duffy por decisão unânime;
Peso-galo: Michinori Tanaka derrotou Joe Soto por decisão dividida;
Peso meio-médio: Sheldon Westcott derrotou Edgar Garcia por TKO no Round 1.

BÔNUS DA NOITE:
LUTA DA NOITE: Robbie Lawler x Carlos Condit
PERFORMANCES DA NOITE: Stipe Miocic e Michael McDonald

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH
Escrito por: Lucas Costa


IBlackbelt
Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

doze − um =

RELACIONADO POR