Entrevista com Luciano Mutante, lutador que treinou com diversas feras do MMA

Luciano Ferreira, mais conhecido no mundo da luta como Luciano “Mutante” é um lutador peso meio médios, treina atualmente nas Equipes Sombra Team e Sergio Pimentel Team, e em...
image_crop

(Foto: Sherdog)

Luciano Ferreira, mais conhecido no mundo da luta como Luciano “Mutante” é um lutador peso meio médios, treina atualmente nas Equipes Sombra Team e Sergio Pimentel Team, e em 9 lutas profissionais, conquistou 5 vitórias, sendo 3 por finalização, em sua ultima luta no dia 13 de Outubro venceu no Frederico Fighting Championship, Pietro Severo por decisão dividida. Luciano possui 29 anos e possui uma vasta experiência no MMA, pelos treinos que já fez com grande feras nos Estados Unidos, confira a entrevista que o lutador nos concedeu:

Como foi o início no MMA e como sua família lidou com isso?



O começo foi bem legal, e a cada dia eu fui gostando mais pois despertei cedo para as artes marciais, a família sempre apoiou por que foi meu desejo desde pequeno.

Você tem algum ídolo ou alguém que se inspira?

Sim tenho muitas inspirações, uma delas é o Ayrton Senna e no meio da luta é o Vitor Belfort, o Zé Mario Sperry, e o Carlson Gracie.

Se você não fosse lutador que seria?

Eu seguiria em alguma área relacionada ao esporte, sempre gostei muito desde infância.

Como é a amizade e convívio com a maior campeão feminina de MMA e muay thai Cris Cyborg e Tito Ortiz ?

O convívio com a Cris é uma beleza, ela segue os treinos metodicamente, é impressionante, ela é uma verdadeira campeã, é minha irmã de fé de muitos anos, eu conheci ela e o Cyborg na Chute Boxe e a amizade durou , somos amigos até hoje. O Tito é fantástico, um grande lutador, manager, e é grande como pessoa também, durante 1 ano de treinos e lutas, ganhei muito conhecimento e experiencias novas, só tenho a agradecer pela introdução que a cris fez me apresentando a Punishment Team, foi muito legal.

gazc3a9team-2

Luciano Mutante com o Troféu na mão (Foto: Nas grades)

Como foi treinar com todas essas feras Hendo, Sperry, Shamrock?

Com o Zé Mario Sperry comecei treinando em 1991 aos 8 anos de idade, iniciei no Jiu jitsu com o Walter Matos e o Zé Mario em Porto Alegre no centro gaúcho de esportes. E segui treinando e aprendendo até chegar aos 11 anos, estava com problemas, não tinha jeito de eu me ajeitar e sair das ruas, a partir daí que a minha família e meu irmão conversaram com o Zé Mario e ele tomou a situação, consegui ir morar na casa dele e ele me doutrinou levantando cedo e conhecendo o treino sempre com uma alimentação saudável. 

Ali eu fui conhecendo a vida que eu queria para min, com muita disciplina e determinação. Aos 17 tive problemas de retornar as ruas, mas o Zé Mario me ajudou de novo, me botando para lutar o Panamericano em Miami, a partir daí me soltei, fui conhecer academias e tinha só 1 de MMA que era a Lions Den do Ken Shamrok, fui muito bem recebido, treinei la com os atletas e com o Ken.

Fiquei 2 anos lá, voltei ao brasil, passei uma temporada e retornei para os Estados Unidos, estava treinando com Andre Galvão e na The Arena Team em San Diego recebi um telefonema de um grande amigo, João Assis para ir treinar com ele, estava de treinador do Dan Hendersom, fui para Temecula passar uma temporada treinando com a Team Quest, tive ótimos treinos, aprendi muito, só a energia de estar perto se aprende muito, foram ótimas temporadas de aprendizagem.

Fale um pouco do Mutante em família com sua filha e seus familiares?

Eu sou alto astral, sempre mantendo a boa frequência de energia, amo meus familiares, minha filhinha é meu talismã, meu amor maior, todos da minha família tem papel importante em minha vida e carreira, amo todos.

Mande um recado para seus familiares, fãs e para a galera que está iniciando nas arte marciais.

Obrigado a Deus por tudo, pela família, amigos e treinos, saúde, tudo em primeiro lugar. Abraço para todos os colegas de treino e meus treinadores, para toda a galera iniciante da luta positividade galera, sempre superando os obstáculos. Cada obstaculo superado é um aprendizado novo, a estrada é longa, mas o guerreiro de fé não amarela.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Siga o Nocaute na Rede no Instagram: https://bit.ly/19p66yi

Curta nossa página no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
LutasMMA Nacional

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

18 + dezessete =

RELACIONADO POR