Entrevista com o faixa-preta da Ryan Gracie Udi “The Hero” Lima

Visitamos nesta semana a fera do MMA e Jiu Jitsu, Udi “The Hero” Lima, faixa preta da Ryan Gracie Team, treinador de Celsinho Venicius/Veras e preparador físico de Júlio...

Visitamos nesta semana a fera do MMA e Jiu Jitsu, Udi “The Hero” Lima, faixa preta da Ryan Gracie Team, treinador de Celsinho Venicius/Veras e preparador físico de Júlio Brito. O líder da Ryan Gracie Iguatemi tem 37 anos, 44 lutas de MMA no cartel (30-14), sendo 30 vitórias e incríveis 26 finalizações, 3 nocautes e apenas uma decisão. Dentre seus principais títulos estão: Penta Campeão do Rio Heros, Mestre do Combate, Storm Samurai, Brazilian Gladiator’s 2 e 3, Desafio Brasil vs Argentina, Double Fight 1, Circuito Talent de MMA e Circuit Talente de Jiu Jitsu.

Udi The Hero  Lima



A Ryan Gracie Iguatemi, CT na Zona Leste de São Paulo/SP, está com apenas um ano de funcionamento e já conta com 120 alunos, um tatame de 150 m² e octógono, muito bem estruturada com aulas de Jiu Jitsu, Submission, MMA e Karatê, além de 20 atletas de MMA amador e 8 atletas profissionais.

Fizemos um “soltinho” com a fera, cuja humildade e simpatia fora dos ringues são ímpares. Confiram:

Udi, Porquê o apelido “The Hero”?

Devido a combates muito duros, muitas vezes com adversários mais pesados, e mesmo estando em desvantagem na luta, acabava virando a luta e finalizando o combate, daí o público e os amigos começaram a me chamar assim e pegou.

O que você tem a dizer sobre as 30 vitórias na carreira sendo 26 por finalização?

Pesquisas realizadas em sites e fóruns especializados de MMA foram feitas, e acredito ser o lutador de MMA recordista em finalizações (26) e também com a finalização de golpe Triângulo (14).

Qual foi a sua luta mais difícil?

Foi contra o Luciano “Boinha” da Chute Boxe, no Storm Samurai, fizemos um “lutão” trocamos muita porrada mesmo, e eu vinha de 4 lutas, 4 vitórias, todas no começo das lutas, porém nesta luta o tempo fechou, meu adversário era muito duro, mas graças a Deus eu venci o combate na decisão.

Quando foi a sua última luta?

Foi em fevereiro deste ano, fraturei o segundo metacarpo logo no início da luta, lutei dois rounds com a mão fraturada.

E a recuperação desta lesão? Você já tem previsão para voltar a lutar?

Já fiz duas cirurgias, estou treinando Jiu Jitsu, afiando a parte de chão e a preparação física, mas só poderei lutar no começo do ano que vem.

Recentemente o atleta Flávio Álvaro fez provocações a seu respeito. O que você tem a dizer sobre isso?

Nada, só acho ele muito engraçado.

Como assim? Você não acha ele um bom atleta?

Não, só acho ele muito engraçado, acho que ele deveria ser comediante, dou muita risada com as asneiras que ele fala provocando um e outro tentando aparecer.

Como começou essa rivalidade?

Olha, não sei o motivo mas nada que venha do Flávio Álvaro me interessa, para mim ele é um inútil, imprestável, que não serve para nada, um péssimo exemplo.

Ryan Gracie Team

Ryan Gracie Team

O que aconteceu na última luta entre vocês?

Ele passou dois meses me provocando, falando bobagens em redes sociais. Treinei como um animal para dar uma surra nele. Ele foi para a pesagem cheio de marra, causou, deu um show de baixarias, aí no dia da luta algumas horas antes da luta, a produção do evento me liga avisando que o Flavio Álvaro não iria lutar. Parece que ele estava com dor de barriga (risos).

Como assim dor de barriga?

Ele alegou que não poderia lutar pois estava com infecção urinária (risos). Francamente, Flávio Álvaro, infecção urinária é coisa de mulher, você já ouviu falar que algum lutador em toda a história deixou de lutar por infecção urinária?

Você aceitaria lutar contra ele?

Lutaria, afinal quem não compareceu foi ele. Eu estava lá. Quero estar 100% recuperado da lesão, sou um atleta profissional, honro todos meus compromissos.

Na verdade, não me interessa tanto de lutar contra ele, afinal ele não é ninguém, existem lutas muito mais interessantes. Eu tenho meu CT, tenho meus atletas, tenho mais do que fazer do que ouvir as besteiras do Flávio Álvaro.

Dia 5 de setembro o seu atleta Raul Pequeno luta no X-Combat, contra Felipe Hudson, como está a preparação?

Muito forte, um atleta completo, chuta, soca, troca, chão, derruba, se defende bem, um excelente finalizador tem tudo pra ser um dos top’s da categoria.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Álvaro Luiz “Bad Boy “



Categorias
EntrevistasLutas

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Um Comentário
  • Flávio Álvaro responde provocações de Udi Lima: “Eu gosto de provocá-lo” | Nocaute na Rede
    9 setembro 2015 at 14:29
    Responder

    […] Ryan Gracie Udi Lima fez diversas provocações a respeito do lutador Flávio Álvaro, como: “Nada que venha do Flávio Álvaro me interessa, para mim ele é um inútil“. Clique aqui e confira outras provocações feitas por Udi […]

  • Responder

    *

    *

    1 × 1 =

    RELACIONADO POR