Entrevista: Confira um papo com o lutador Renato Vuorinen!

Renato fala de sua trajetória no mundo das lutas, sua preparação para sua próxima luta e dos desafios de ser um lutador no Brasil!
(Foto: Acervo pessoal Renato Vuorinen)

O Nocaute na Rede bateu um papo com o fera Renato Vuorinen (academia ISMA de Wing-Chun), que contou um pouco de sua trajetória no mundo das lutas, da sua preparação para o próximo combate e de todos os desafios que enfrentou para continuar lutando!

Com bastante simpatia, pé no chão e humildade, Renato começou sua jornada no MMA em 2013 e possui cartel de uma vitória e uma derrota. Hoje, treinando no sul, o lutador projeta seu retorno para Novembro deste ano após três anos longe dos ringues.



Renato Vuorinen (Foto: Facebook Oficial Renato Vuorinen)

Renato Vuorinen (Foto: Facebook Oficial Renato Vuorinen)

 

Nocaute Na Rede: Boa noite, Renato! Primeiramente, obrigado por ceder um pouco do seu tempo para a entrevista. Conte para a gente um pouco da sua vida, da sua trajetória, de como você começou sua jornada e acabou no mundão das lutas.

Renato Vuorinen: Cara, comecei com a cara e a coragem. Com 45 dias de treino de Ninjutsu, um announcer conhecido chamado Ton Munhoz me fez o convite. Quem me ajudou a treinar foi um amigo faixa roxa, Sérgio “Serjiu” Freitas, que me ensinou o pouco que sei. Minha primeira luta foi pelo Coyotes Fight Night [no dia 10 de Agosto de 2013 contra Cícero Rodrigues]. Fui lutar sem experiência nenhuma e perdi em um minuto e meio de luta… Detalhe: meu oponente tinha dado W.O. e eu acabei enfrentando um faixa preta de Jiu-Jítsu e Muay Thai. Quando subi no octógono deu medo, ansiedade e a pressão era foda… Mas peguei gosto. Nesse mesmo ano lutei no URF [26 de Outubro de 2013 contra Beto Piovesan] que tinha uma estrutura ótima, evento no qual venci meu oponente em 46 segundos.

Entretanto, tive que trabalhar, não tinha tempo pra treinar e 3 anos depois estou eu aqui de volta ao mundão das lutas. Hoje moro no sul e quem está me treinando no momento é o sifu Angel Samaniego da escola ISMA de Wing Chun… Treino uma arte chinesa pra poder me diferenciar um pouco.

Nocaute Na Rede: E agora, Novembro de 2016, e você está de volta! Conte para o NR como está sendo a preparação para a luta e a expectativa para o retorno?

Renato Vuorinen: Cara…Ainda tenho que perder 10kg pra enfrentar ele. A preparação está sendo puxada, porque eu trabalho em shopping, ou seja, mal tenho tempo pra treinar. O Clayton é um cara experiente, osso duro, na verdade nem sei porque ele vai lutar comigo, não me acho digno de lutar com ele… Mas se você quer ser o melhor, tem que enfrentar o melhor. Quero vencer essa luta mas o que quero mais ainda é aprender com ele nesse dia.

Nocaute Na Rede: Vuorinen é seu sobrenome mesmo?

Renato Vuorinen: (Risos) Não… Apenas uso esse sobrenome como lutador, mas vocês foram a segunda vez que me perguntaram isso, (risos)!

Nocaute Na Rede: Sim! Seria uma referência ao músico chamado Emppu Vuorinen que toca no Nightwish?

Renato Vuorinen: Faz todo o sentido, pois sou guitarrista e tocava numa banda cover de Nightwish e Within Temptation! Trabalho em loja, toco guitarra, sou lutador… Sou quase um McGyver (risos)!

Nocaute Na Rede: Quais seus planos para o futuro dentro do mundo das lutas? Fale também sobre os desafios de ser um lutador aqui no Brasil.

Renato Vuorinen: Pois é, ainda não tenho equipe nem patrocínio, mas já consegui bons eventos com a cara e a coragem… Quero sim continuar nos ringues e já tenho alguns bons contatos. O apoio de vocês do Nocaute Na Rede está me ajudando muito mas sinto que tenho que fazer por merecer para ter algum apoio. E é isso q estou buscando… Tentando dar o meu melhor.

Nocaute Na Rede: Muito obrigado pela entrevista, Renato! Boa sorte em sua carreira e em seu próximo combate! Para finalizar, deixe a sua mensagem para os internautas e leitores do Nocaute Na Rede:

Renato Vuorinen: Galera do Nocaute Na Rede, obrigado mesmo pela força. Esta é a equipe que mais cresce na mídia sobre MMA no país e que mais trabalha para ajudar a divulgar a gente que está tanto no anonimato quanto nos grandes eventos como o UFC. MUITO OBRIGADO, Nocaute!

 

Renato estará de volta aos ringues contra o lutador de São Caetano do Sul (SP) Clayton Monteiro, pela categoria dos pesos médios (84kg). O evento será em Novembro de 2016 com data exata e local ainda a definir. Fiquem ligados no Nocaute Na Rede para mais informações sobre o evento, localidade, data e demais combates!



Categorias
EntrevistasJiu JitsuLutasMMAMMA Nacional

Paulistano, São Paulino, baterista, perito em TI, fanático por lutas e viciado em games. Colunista e redator Nocaute Na Rede.
    Um Comentário
  • Hugo
    30 agosto 2016 at 14:04
    Responder

    Esse eh meu mano estarei la

  • Responder

    *

    *

    três + 14 =

    RELACIONADO POR