Entrevista exclusiva com o atleta da seleção Prime, Vinícius Martins; Gaúcho vai em busca do ouro no mundial da IBJJF

Atleta faixa roxa fará parte da seleção Prime no mundial da IBJJF, em Los Angeles, na Califórnia
Vinicius Martins Alliance
Foto: @notatame

O gaúcho de 22 anos, Vinícius Martins, fará sua quarta participação no mundial da IBJJF, que acontece no período de 29 de maio até 02 de junho, em Los Angeles, na Califórnia. O atleta competiu uma vez na faixa azul, onde foi vice-campeão, e duas vezes na faixa roxa, ficando nas quartas de final.

Vinícius se sagrou Top Ranking da Copa Prime (ProSports) na Faixa Roxa e por direito ganhou a passagem para o mundial da IBJJF (International Brazilian Jiu-Jitsu Federation), se juntando a Seleção Prime com os representantes das outras faixas:



Carlos Fritzen – Adulto Faixa Branca
Gabriel Brod – Adulto Faixa Azul
Juarez da Silva – Adulto Faixa Marrom
Jhonny Loureiro – Adulto Faixa Preta
Karine Viegas – Adulto Feminino (ranking geral todas as faixas)

Lembrando que a Copa Prime da Prosports, uma das maiores portas para o mundial da IBJJF, realiza a quarta etapa de 2019 no dia 26 de maio, em Campo Bom/RS. As inscrições ainda estão abertas, clique aqui para conferir. 

Copa Prime de Jiu Jitsu

Antes de sua viagem para Los Angeles, neste sábado (25), Vinícius conversou com o Nocaute na Rede sobre sua trajetória na arte suave, treinamentos e muito mais. Confira como foi o bate papo:

Normalmente em qualquer esporte ou rumo que você pretende alcançar na vida você tem um “empurrãozinho”, e com Vinicius Martins não foi diferente. O atleta natural de Porto Alegre nos conta como foi seu início na arte suave e quem o influenciou a praticar Jiu Jitsu.

“Iniciei no Jiu Jitsu em 2009, com 12 anos na época. Entrei no mundo das lutas através do meu irmão mais velho que já praticava Jiu Jitsu em uma academia do lado de casa, na época Gracie Barra (filiada à matriz do Mário Reis). Um ano após, o professor responsável (Claus Rodrigo) se mudou de estado e então eu e meu irmão migramos para a academia do Mário Reis”.

Tudo na vida tem um significado, então perguntamos para Vinícius o que o Jiu Jitsu influencia na sua rotina, qual o conceito que esta luta proporciona para seu dia-a-dia. O atleta respondeu:

“Jiu Jitsu hoje pra mim é minha maior paixão. A melhor coisa que eu sei fazer na vida é lutar Jiu Jitsu, e eu vivo o Jiu Jitsu 24 horas por dia, seja treinando, dando aula, me alimentando bem e descansando. Mas eu tento sempre abrir a cabeça para além dos tatames, e nisso o Jiu Jitsu me ajuda muito também. Hoje classifico o Jiu Jitsu como uma ferramenta para desenvolver o auto conhecimento e auto confiança; quem consegue levar essa mentalidade de campeão que o Jiu Jitsu proporciona para fora do dojô se torna preparado para qualquer desafio da vida, seja ele em cima dos tatames ou em qualquer outra área”.

Confira os highlights de uma parte do vídeo feito pela Triângulo Filmes – Construindo Campeões, no mundial do ano passado:

Hoje é fácil ver a proporção que o Jiu Jitsu vem atingindo a nível mundial, sendo praticado em diversas equipes, academias, para diferentes pessoas em diversos lugares. Um esporte que está em ascensão. Mas e sobre o Jiu Jitsu ser praticado em escolas. Qual a sua opinião? Vinícius respondeu:

“Sim, hoje, além de atleta e instrutor de Jiu Jitsu, também sou estudante de Educação Física e já trabalhei em escolas. Posso afirmar sim que o Jiu Jitsu pode ser desenvolvido dentro das aulas de Educação Física ou até mesmo em projetos dentro da escola; Como eu disse antes, o Jiu Jitsu é uma ferramenta de auto conhecimento e auto confiança, e não há nenhum conteúdo melhor a ser trabalhado com crianças e adolescentes do que proporcionar à esses jovens uma visão diferente do mundo, tornando-os cidadãos críticos, com personalidade e confiança (lógico, além de desenvolver uma atividade física e proporcionar técnicas de defesa pessoal)”.

Em reta final de preparação para o mundial, o qual Vinícius viaja neste sábado, 25. O atleta gaúcho conta como funciona seu camp para um super evento, modo de treinamento, musculação ..

“O camp para o Mundial vai manter o mesmo ritmo que estou levando desde o início do semestre; 2 treinos de Jiu Jitsu por dia de segunda à sexta, e preparação física voltada ao Jiu Jitsu 3 vezes por semana (segunda, quarta e sexta). Treino Jiu Jitsu ao meio dia na Alliance Mário Reis, e na parte da noite treino na Alliance Jhonny Loureiro, academia onde dou aula também. A preparação física eu encaixo nos horários vagos ao longo da semana”.

Vinicius Martins Alliance BJJ

Vinicius Martins com a medalha no Brasileiro de Jiu Jitsu (Foto: Perfil pessoal do atleta)

Sobre a sua participação nos eventos da Copa Prime, em 2018, Vinicius conta como foi a sua trajetória:

“Lutei 8 das 10 etapas realizadas ao longo do ano passado; Acredito ter feito em torno de 5 ou 6 lutas em cada etapa, então no mínimo 40 vitórias ao longo do ano para me tornar o Top Ranking na faixa roxa e fazer parte da equipe Prime que vai disputar o mundial na Califórnia”.

Hoje, sem nenhum apoio de patrocinador, Vinícius Martins busca a força de sua família e equipe para a conquista do primeiro mundial. Será que neste ano, onde Vinícius completa 10 anos desde que conheceu o Jiu Jitsu, o atleta irá trazer o ouro para a capital gaúcha?

“Quem acompanha meu trabalho sabe que sou um cara simples e trabalhador, que se dedica 110% naquilo que faz. Então eu não quero ser lembrado apenas como um campeão nos tatames, gosto de mostrar o outro lado da moeda, o lado de que além do treino, eu estudo, trabalho, então não consigo ter a rotina ideal de um atleta de alto rendimento e mesmo assim consigo me manter em alto nível sempre me destacando até nas maiores competições. Acredito que essa correria do dia a dia é o que me motiva e não me deixa parar, consigo usar isso, apesar de alguns momentos ser difícil, como motivação e não como um empecilho”, finalizou o atleta motivado para a disputa de mais um mundial na carreira.

Para acompanhar o dia-a-dia do lutador, siga @viniciusmartinsjj no Instagram.



IBlackbelt
Categorias
Copa Prime de Jiu JitsuEntrevistasJiu Jitsu

Louco por MMA Internacional e Nacional. Owner do Nocaute na Rede e Redator dos sites RSEsporte.com e Torcedores.com."1% de chances SEMPRE confiante"
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    dezessete − catorze =

    RELACIONADO POR