Entrevista: Ricardo De La Riva

Cria do mestre Carlson Gracie e criador da guarda que leva o seu sobrenome, Ricardo De La Riva conta para o NOCAUTE NA REDE um pouco do seu início...

Cria do mestre Carlson Gracie e criador da guarda que leva o seu sobrenome, Ricardo De La Riva conta para o NOCAUTE NA REDE um pouco do seu início na arte suave, equipe, treinamento com Anderson Silva e confesso apreciador de uma bela macarronada.

De La Riva e Helvécio (Foto: acervo pessoal / Facebook)

De La Riva e Helvécio (Foto: acervo pessoal / Facebook)

Quando começou a praticar Jiu-Jítsu e quem foi o seu professor?



Comecei em janeiro de 1980 com Marcos Soares, que era aluno do mestre Carlson Gracie, que logo depois de alguns meses, me levou para a academia do Carlson.

Como foi a sua trajetória de lutador e quais os principais títulos no BJJ?  

A academia do mestre era muito competitiva e ele colocava todos os alunos para competir, e eu era um dos principais competidores do peso pena. Tive expressivos resultados em todas as faixas e, para mim, o primeiro campeonato na faixa-preta, vencendo no peso e no absoluto foi o mais importante.  

De La Riva nos tempos de Carlson (Foto: acervo pessoal / Facebook)

De La Riva nos tempos de Carlson (Foto: acervo pessoal / Facebook)

Como era a sua relação com o Carlson Gracie, mesmo depois que você montou a sua equipe e seus alunos lutavam contra os pupilos do mestre?

Nunca tive problemas com ele, pois pedia para os alunos que vinham do Carlson comunicassem para ele, e em competições só esquentava na hora. Depois estava tudo em casa.

A guarda que leva o seu sobrenome, ela surgiu como?  

Na transição entre a faixa marrom e a preta, só lembro que em algum momento a perna entrou entrelaçando a do adversário e percebi que tinha um bom controle para poder raspar.  

Você formou importantes lutadores, como “Vanusa”, “Dedeco”, os irmãos Nogueira (Minotauro e Minotouro) e outros bons competidores. Como tá a nova safra da sua equipe? Algum destaque?  

Estamos com um trabalho novo para as competições, e quem cuida é o grande aluno que tenho Helvécio Penna. Não gosto de citar nomes e ter vaidades entre os alunos.  

Você recentemente assumiu a condição de técnico, na parte de luta de solo, do Anderson Silva na preparação técnica do brasileiro para as lutas no UFC… como você tá “afiando o chão” do Spider e como é esta relação entre vocês?  

O Anderson vem da escola do Minotauro que já é de minha linhagem, então ficou mais fácil de trabalhar com ele, que gosta muito de treinar chão facilitando tudo, e sempre em bom astral, super tranquilo e querendo aprender, que para mim é o mais importante.   

De La Riva e Spider (Foto: acervo pessoal / Facebook)

De La Riva e Spider (Foto: acervo pessoal / Facebook)

Momento “trocação” com Ricardo De La Riva

Obrigado Jiu-Jitsu por…

Cuidar da minha família.

Se não fosse a luta, De La Riva seria…

Engenheiro.

Não vivo sem …

Jiu-Jítsu

Livro:  

Arte da Guerra

Culinária:

Na dúvida, sempre o macarrão.

Música:

Popular Brasileira.

Recado final aos leitores internautas do Nocaute na Rede!

Continuem sonhando, acreditem neles e conquistem com dedicação e convicção.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH     

                                                             Escrito por André Vieira Ribeiro



Categorias
EntrevistasJiu JitsuLutas

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

vinte + 4 =

RELACIONADO POR