Entrevista: Rony Jason mostra indignação com juízes, explica o doping e fala sobre o futuro

A suspensão de Rony Jason (14-5 MMA, 4-2 UFC), campeão do TUF Brasil 1, acabou a pouco tempo. Aproveitei para trocar uma ideia e ver o que ele aguarda...

A suspensão de Rony Jason (14-5 MMA, 4-2 UFC), campeão do TUF Brasil 1, acabou a pouco tempo. Aproveitei para trocar uma ideia e ver o que ele aguarda para o futuro.

Rony Jason (Foto: Reprodução)

Rony Jason (Foto: Reprodução)

 



Kaue Macedo: Como ficou sua vida e o que mudou nela após ter sido vencedor do The Ultimate Fighter?

Rony Jason: Mudaram muitas coisas: visibilidade, o tratamento das outras pessoas comigo como lutador e atleta, e o lado financeiro também.

 

Kaue Macedo: O que achou do resultado da luta contra Robbie Peralta?

Rony Jason: Na luta contra o Robbie Peralta, literalmente FUI ROUBADO! Tive uma fratura exposta na mão esquerda aos 2 minutos do 1º Round, tive que lutar só com uma mão, o que limitou muito meu jogo, apesar de jogar de destro sou canhoto, aquele resultado me prejudicou muito e me tirou do top 15 do mundo.

 

Kaue Macedo: Quando você pretende voltar a competir?

Rony Jason: Hoje já estou livre para voltar a fazer o que amo, acabei de postar um vídeo em minhas redes sociais pedindo luta.

 

Kaue Macedo: Como anda os treinamentos e a preparação nesses últimos meses que esteve sem lutar?

Rony Jason: Tirei uns 2 a 3 meses para resolver coisas pessoais e ficar com minha família e filhos, pois passo muito tempo longe de todos, e os preparativos sempre estão fortes aqui em Curitiba, na evolução THAI, comanda pelo mestre Andre Dida.

 

Kaue Macedo: Com uma decisão controvérsia e uma vitória com resultado mudado pela comissão atlética, você podia muito bem estar com 6 vitórias e 1 uma derrota no UFC, com números tão bons assim, pode se considerar um dos melhores pesos penas do UFC?

Rony Jason: Com certeza, no máximo mais uma luta, se eu não tivesse sido o resultado do Robbie, estaria perto do cinturão. Na luta que a comissão anulou eu venci a luta, tive uma grave lesão no tornozelo e tive que tomar anti-inflamatórios fortes para poder lutar, tive uma sindesmose lateral, passei dois dias sem andar, treinando dentro de uma piscina, não comuniquei ao UFC senão a luta iria cair, uns com tão pouco cancela luta e eu querendo lutar sou punido. Mais esse ano entro no top 10

 

Kaue Macedo: Quais seus planos para 2016?

Rony Jason: 2016 quero fazer o máximo de luta que puder, se Deus quiser, e estar onde mereço estar.

 

Kaue Macedo: O que espera conquistar na sua carreira nos próximos anos?

Rony Jason: Espero que em 2 anos eu esteja com o cinturão, pois quem está com ele agora não representa nós do peso pena.

 

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
EntrevistasLutasMMA InternacionalUFC

Jornalista freelancer. Matérias publicadas em Nocaute na Rede, Correio Paulista, Medium, Shion Magazine, NetFighter e Pitaco Esportivo. contato: [email protected]
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    8 + cinco =

    RELACIONADO POR