Erick Silva, a volta do fenômeno brasileiro.

Oriundo de Vila Velha, no Espírito Santo, esse jovem lutador que representa a X-Gym/ Team Nogueira, já foi considerado pela mídia especializada como o fenômeno brasileiro, após uma estréia...

Oriundo de Vila Velha, no Espírito Santo, esse jovem lutador que representa a X-Gym/ Team Nogueira, já foi considerado pela mídia especializada como o fenômeno brasileiro, após uma estréia em agosto de 2011 com um nocaute arrasador em cima do também brasileiro Luiz Beição no UFC 134 Silva Vs. Okami, um ínicio promissor do campeão meio-médio do Jungle Fight no Ultimate.

O atleta capixaba em ação pelo Ultimate. ( Foto: Uol Sports )

O atleta capixaba em ação pelo Ultimate. ( Foto: Uol Sports )

Após sua estreia arrasadora o lutador capixaba voltou a lutar em janeiro de 2012, mas acabou sendo desclassificado na sua luta, Erick acertou alguns socos na nuca de Carlo Prater no UFC 142 Aldo Vs Mendes e acabou saindo com o resultado negativo do octógono.



Silva acaba acertando socos ilegais no adversário e é desclassificado. ( Foto: mmabrasil )

Silva acaba acertando socos ilegais no adversário e é desclassificado. ( Foto: mmabrasil )

Depois de um início perfeito e uma desqualificação, Erick Silva esteve entre altos e baixos no Ultimate, onde não conseguia encaixar uma sequência de duas vitórias, logo acabou sendo muito criticado pela mídia especializada que tanto o elogiava no começo de sua trajetória.

Erick Silva perde para Matt Brown no UFC Fight Night 40. ( Foto: Sky Sports )

Erick Silva perde para Matt Brown no UFC Fight Night 40. ( Foto: Sky Sports )

Após fazer o seu primeiro main event e perder, Erick focou mais ainda em seus treinamentos e parece que o aprendizado foi válido,pela primeira vez dentro da organização o atleta brasileiro conseguiu finalmente encaixar duas vitórias seguidas, usando o seu jiu-jitsu de primeira linha, o capixaba conseguiu duas grandes finalizações em cima de dois adversários de peso, Mike Rhodes e Josh Koscheck, respectivamente em dezembro de 2014 e março de 2015.

Silva finalizando Josh Koscheck com uma guilhotina. ( Foto: Sportv )

Silva finalizando Josh Koscheck com uma guilhotina. ( Foto: Sportv )

Agora a luta de Erick vai ser contra o americano Neil Magny, que substituiu em cima da hora Rick Story que se machucou e não iria se recuperar a tempo de lutar. O adversário do brasileiro vem de derrota para Demiam Maia no UFC 190 e como aceitou a luta em cima da hora pode não estar tão bem preparado quanto Erick, seu treinador na X-gym Josuel Distak mostra confiança ao falar de seu pupilo:

“Quando a luta muda em cima da hora, faz um pouco de diferença. Mas aqui é X-Gym. Se baterem na porta de madrugada, estaremos prontos para lutar.O Erick está bem amparado, bem na parte física com o (Rogério) Camões. O Erick voltou a ser o fenômeno brasileiro e, se Deus quiser, logo, logo estará entre os dez e, quem sabe, vai disputar o cinturão. O Erick acredita que será o melhor da categoria e tudo que um sonho precisa para ser realizado é que alguém acredite nele” – Disse o treinador em entrevista para o Canal Combate esta semana.

Erick Silva em ação pelo Ultimate, ( Foto: Sportv )

Erick Silva em ação pelo Ultimate, ( Foto: Sportv )

Amanhã temos a total certeza de que teremos grandes emoções no UFC Fight Night 74 que acontece no Canadá. Fique por dentro dessa e de outras notícias aqui no seu universo de lutas e amanha é Brasil no cage mais famoso do mundo.

 

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

 

Escrito por Luciano Viegas.



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC
Sem Comentários

Responder

*

*

2 − 1 =

RELACIONADO POR