ESPECIAL UFC 211: O que esperar de Joanna Jedrzejczyk vs. Jéssica “Bate Estaca” Andrade

Mais um especial do UFC 211, desta vez com o co-main event da noite, uma disputa de cinturão dos palhas femininos entre "Joanna Champion" e a brasileira Jéssica "Bate Estaca"
(Foto: UFC.com)

Amanhã a cidade de Dallas no Texas recebe o UFC 211 com um card forrado de grandes combates e com DUAS disputas de cinturão fechando o evento. E o Nocaute Na Rede traz MAIS UM especial deste evento, com o co-main event da noite: a disputa de cinturão peso-palha entre Joanna Jedrzejczyk, a “Joanna Champion”, enfrentando a brasileira “Bate Estaca” Jéssica Andrade.

Joanna está invicta na carreira e vem “varrendo” a divisão, vencendo nomes como Jessica Penne, Cláudia Gadelha (duas vezes), Karolina Kowalkiewicz, Valérie Letourneau e muitos acreditam que não há atleta na divisão que seja páreo para a polonesa. A brasileira vem de grande fase, três vitórias consecutivas e um jogo evoluindo cada dia mais, pronta para mostrar que existe SIM adversária a bater a polonesa.

O UFC 211 revelará uma nova campeã dos palhas femininos? (Foto: Sherdog)

O QUE ESPERAR DO COMBATE?

As duas são adeptas da luta em pé. Joanna já mostrou um jogo em pé impecável, bons golpes, agilidade, rapidez e contundência e já castigou muitas oponentes. Ainda não foi testada na luta de chão, mas geralmente não dava espaço para suas adversárias tentarem derrubá-la. Sua resistência, agressividade e bom condicionamento fisico também são grandes características da atleta e contribuem MUITO pela manutenção de seu cartel invicto.

Jéssica também tem um jogo em pé muito forte, oriunda do kickboxing e muay thai e vem afiando a trocação para este combate mas tem o jiu-jítsu do seu lado. A faixa roxa já venceu vários combates por finalização e sempre que pode, busca a queda e o domínio na luta de chão. Tem condicionamento físico bom, sempre agressiva e impetuosa e tem uma boa absorção de golpes.

Esta luta poderá ser realizada quase que inteiramente em pé. Ambas possuem muita força nos golpes, um excelente jogo em pé e o combate poderá ser um “teste de força” entre as duas, com a campeã em ligeira vantagem. Caso a luta vá para o chão, Jéssica tem vantagem, mas a boa movimentação da polonesa poderá frustrar tentativas da “Bate Estaca” em derrubar.



Categorias
LutasMMAMMA femininoMMA InternacionalUFC

Paulistano, São Paulino, baterista, perito em TI, fanático por lutas e viciado em games. Colunista e redator Nocaute Na Rede.
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    5 × 5 =

    RELACIONADO POR