Especial UFC 245: O que esperar de Marlon Moraes vs José Aldo

Marlon Moraes e José Aldo prometem fazer uma luta eletrizante no UFC 245
José Aldo x Marlon Moraes (Foto: Nocaute na rede)

O mundo das lutas promete parar no próximo sábado (14).  O UFC 245 presenteará os fãs de MMA com lutas muito bem casadas e três disputas de cinturão. Na luta principal da noite, Kamaru Usman, campeão dos meio-médios, faz a sua primeira defesa de cinturão contra o falastrão Colby Colvington ; pelo título dos penas, Max Holloway e Alexander Volkanovski se enfrentam no co-main event; por fim, Amanda Nunes abre o desfile dos campeões contra a holandesa Germaine De Randamie. 

Antes das três disputas de cinturão, teremos a oportunidade de acompanhar uma das lutas mais intrigantes da noite. Ex-campeão dos penas, José Aldo desce de categoria para enfrentar o nº 1 e ex-desafiante ao cinturão do peso galo, Marlon Moraes. 



Depois de perder o cinturão dos penas para Conor Mcgregor, José Aldo vem enfrentando dificuldades e passa por um momento irregular na carreira. Com um retrospecto de (3-3) nas últimas seis lutas, o lutador já não ostenta a aura de invencibilidade de outrora.

José Aldo x Renato Moicano (Foto: Jason Silva-USA TODAY Sports)

Após ensaiar uma recuperação e ganhar um novo fôlego na carreira, com as vitórias sobre Jeremy Stephens e Renato ”Moicano”, ambas por nocaute técnico, o brasileiro viu sua boa sequência ser encerrada no UFC 237, quando foi derrotado por Alexander Volkanovski por decisão unânime dos jurados.

Ao contrário de seu compatriota, Marlon Moraes vive um bom momento na carreira. Após estrear com derrota no UFC, as vitórias sobre John Dodson, Aljamain Sterling, Jimmie Rivera, e Raphael Assunção garantiram a tão sonhada disputa pelo título dos galos do UFC.

Marlon Moraes x Raphael Assunção (Foto: Reprodução/UFC)

Apesar de ter sido derrotado por Henry Cejudo e ter visto o sonho de ser campeão escapar,o brasileiro ainda ostenta a primeira colocação no ranking da categoria e continua bem perto de uma nova disputa pelo cinturão.

O combate entre os dois brasileiros promete fortes emoções. Todos esperam nada mais, nada menos que uma luta com muita trocação do início ao fim. E a julgar pelo estilo dos dois lutadores, é bem provável que isso aconteça.

Após anos lutando na elite do MMA mundial, todos sabem o que esperar quando José Aldo sobe ao octógono. Com 17 nocautes na carreira, o brasileiro se notabiliza pelos ferozes low kicks, joelhadas voadoras, ganchos pesados na linha de cintura e uma explosão fora do normal. Apesar de não estar mais no auge, ‘’o campeão do povo’’ ainda é uma força a ser reconhecida no UFC.

Nos últimos anos, Aldo se transformou em um lutador mais comedido, que controla muito bem a distância, se expõe pouco e ataca na hora certa. Porém, quando enfrenta lutadores que vão para cima e pressionam, o brasileiro costuma ser mais agressivo, nos fazendo lembrar do jovem lutador que encantou o mundo nos tempos de WEC – vide os nocautes contra Jeremy Stephens e Renato Moicano. 

José Aldo e Dedé Pederneiras (Foto: Jason Silva/USA TODAY Sports)

Se o corte de peso não afetar o ex-campeão, é provável que vejamos um Aldo melhor, mais ofensivo e contundente do que na última luta. 

Ao contrário de seu ponente, Marlon Moraes vem se mostrando extremamente agressivo em suas lutas no UFC. O brasileiro geralmente impõe o seu jogo baseado no muay thai, com muitos chutes, joelhadas e socos, sempre desferidos furiosamente e de todos os ângulos possíveis. 

A luta contra Henry Cejudo mostrou que ele ainda precisa de alguns ajustes em seu jogo. Após um início promissor, Marlon sucumbiu à pressão do americano e perdeu a chance de se sagrar campeão peso galo do UFC.

Apesar disso, ‘’magic’’ está com a confiança nas alturas e promete fazer uma luta duríssima com a lenda brasileira.

Marlon Moraes (Foto: Reprodução/MMA Junkie)

É provável que Marlon não fuja do estilo que vem lhe rendendo inúmeras vitórias e nocautes nos últimos anos. É esperado que ele pressione e não dê espaço para o ex-campeão. Ele sabe que não pode deixar seu compatriota confortável na luta e deve se aproveitar do fato de que Aldo lutará em uma categoria totalmente diferente da que está acostumado.

Aliás, a grande dúvida em relação ao embate do UFC 245 é saber como José Aldo vai reagir ao pesado processo de corte de peso que o fez sair do peso pena rumo aos galos, onde o limite é de incríveis 61,2 kg. ”Incríveis”porque todos que acompanham a carreira do brasileiro sabem que o corte de peso para atingir o limite do peso pena (65,8 kg) sempre foi difícil e debilitante. 

José Aldo (Foto: Reprodução/MMA Fighting)

Essa é uma luta importantíssima para os dois lutadores. Para Aldo, a estreia em uma nova categoria parece ser a última cartada em busca de redenção e de uma nova oportunidade por uma disputa de cinturão. A conquista de mais um título, principalmente em uma categoria diferente, cementaria seu nome entre os maiores lutadores da história e coroaria uma carreira brilhante. Já para Marlon Moraes, uma vitória sobre José Aldo consolidaria seu nome como o nº 1 da categoria e, automaticamente, garantiria a tão sonhada revanche contra Cejudo pelo cinturão peso galo do UFC.

O fato é que os fãs podem esperar uma luta emocionante, com ação do início ao fim. Ambos possuem velocidade, poder de nocaute e são extremamente explosivos. O que irá prevalecer: o kickboxing e a experiência do ex-campeão ou o muay thai e a agressividade de Marlon Moraes? Será interessante observar como os estilos dos brasileiros vão se casar.

Tudo pode acontecer!

O UFC 245 acontecerá neste sábado, dia 14, em Las Vegas, Nevada (EUA).

UFC 245

CARD PRINCIPAL (meia-noite, horário de Brasília):

Peso meio-médio : Kamaru Usman x Colby Covington

Peso pena: MaxHolloway x Alexander Volkanovski

Peso galo feminino: Amanda Nunes x Germaine de Randamie

Peso galo: Marlon Moraes x José Aldo

Peso-galo: Petr Yan x Urijah Faber

CARD PRELIMINAR (22h, horário de Brasília):

Peso meio-médio: Geoff Neal x Mike Perry

Peso galo feminino: Ketlen Vieira x Irene Aldana

Peso médio: Ian Heinisch x Omari Akhmedov

Peso meio-médio: MattBrown x BenSaunders

 

 

 



Categorias
LutasMMAMMA InternacionalUFC

Advogado, carioca e tricolor. Apaixonado pelo esporte que mais cresce no mundo. Editor chefe do Coliseu Carioca e redator do Nocaute na Rede.Contato: [email protected]
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    6 + catorze =

    RELACIONADO POR